Oferta da Cyber Week: Até 86 % OFF

03

:

08

:

48

:

30

Blog do Zyro

Todos os tópicos
Blog de e-Commerce Design Dicas para Pequenas Empresas Essenciais Ideias de Negócio Insights do Zyro Inspiração Marketing Novidades do Zyro

Como Abrir Uma Loja Virtual de Roupas: Guia Completo para Iniciantes

Cabide sobre fundo laranja

O valor movimentado pelas lojas virtuais explodiu. Só em 2020, o mercado do e-commerce faturou 87 bilhões de reais no Brasil — um crescimento de 41% em apenas um ano.

E, no ranking dos nichos que cresceram mais, o setor da Moda conquistou um lugar no Top 3. O mercado virtual de roupas, calçados e acessórios lucrou 15% a mais em 2020.

E as boas notícias não acabam por aí: as previsões indicam que tanto o e-commerce quanto o setor da Moda vão continuar crescendo nos próximos anos. Além disso, criar e gerenciar uma loja virtual de roupas é mais fácil do que nunca.

Se você quer aproveitar todo esse potencial e embolsar uma fatia desse lucro gigantesco, chegou ao lugar certo. Neste guia, vamos explicar todo que você precisa para criar sua loja virtual, começar a vender roupas na internet e fazer sua marca crescer.

Como descobrir quais produtos são mais lucrativos?

Para aprender como abrir uma loja virtual de roupas, o primeiro passo é descobrir quais produtos vão gerar mais lucro para você.

Para aumentar o lucro da sua loja, você pode escolher entre duas estratégias. Você pode optar por vender produtos que estão em alta e atraem muitos clientes, ou focar em um nicho menos concorrido e servir a um público mais específico.

Opção 1: Vender produtos que estão em alta e enfrentar muita concorrência

O mercado da Moda sempre tem novas tendências que ficam em alta por alguns meses e atraem milhares de clientes. Os vendedores que conseguem suprir essa demanda têm garantia de lucrar com a venda dessas peças.

Estas são algumas das vantagens e desvantagens desse modelo de negócios:

  • Muita demanda. Essa é a maior vantagem dessa estratégia. Você terá milhares de clientes em potencial.
  • Concorrência feroz. Os produtos que mais chamam a atenção dos clientes também atraem muita concorrência — afinal, todo mundo quer uma parte dessa clientela fã de tendências. Para se destacar nesse mercado, vai ser necessário caprichar na estratégia de marketing e oferecer preços competitivos.
  • Margem de lucro menor. Com tantos concorrentes tentando atrair o mesmo público, você terá que oferecer preços iguais ou menores que o das outras lojas. Para lucrar muito com esse modelo de negócios, seu foco deve estar na quantidade de peças vendidas.
  • Abundância de fornecedores. Como se trata de um produto que está em alta, os fabricantes também estarão de olho na demanda e será muito fácil encontrar peças prontas para a venda. Você não precisará se preocupar com a produção e personalização das roupas.
  • Produtos genéricos e público alvo muito amplo. Como vimos, o segredo está em vender grandes quantidades da mesma peça por preços baixos. Por isso, sua loja virtual de roupas terá que atrair o maior número de clientes possível, não podendo focar em um público específico. Isso dificulta o marketing, já que você não poderá segmentar o público dos seus anúncios nem entrar em detalhes sobre os hábitos de consumo deles.
  • Toda tendência é passageira. Para lucrar vendendo produtos que estão na moda, você deve adotar a tendência assim que ela começa a fazer sucesso. Se, por algum motivo, você demorar para incluir os produtos na sua loja virtual de roupas, terá perdido o pico da demanda e corre o risco de ficar com várias peças empacadas no estoque — afinal, quem vai querer comprar algo que já saiu de moda?

Camisetas coloridas pensuradas em cabides

Opção 2: Focar em um nicho menos saturado e atrair um público menor

À primeira vista, pode parecer uma má ideia apostar em um mercado que tenha menos demanda. Mas esse modelo de negócios focado em oferecer peças de roupa mais originais, que, apesar de serem vendidas em menores quantidades, oferecem maior margem de lucro.

Por exemplo, você pode focar no nicho da Moda Sustentável. Como esse mercado tem menos concorrência e seu público estará disposto a pagar mais pelas peças — e esses dois fatores aumentam a lucratividade da sua loja virtual de roupas.

Estes são alguns dos pontos fortes e fracos dessa estratégia:

  • Conhecer melhor o público alvo. Como você estará apostando em um nicho específico (moda sustentável ou roupas plus size, por exemplo), terá um público alvo menor e bem mais segmentado. Com isso, será possível fazer pesquisas de mercado bem detalhadas, que vão ajudar você a criar produtos e campanhas de marketing mais precisos.
  • Você terá que criar ou personalizar seus próprios produtos. Com um nicho menor, os grandes fornecedores não estarão interessados em produzir uma pequena quantidade de peças para a sua loja. Além disso, uma das vantagens para os clientes é justamente a originalidade das roupas. Portanto, você terá que investir no seu próprio processo de criação, o que pode exigir um maior investimento inicial.
  • Concorrência menor. A chave dessa estratégia é escolher um nicho de mercado que não esteja saturado. Assim, você encontrará demanda que ainda não foi suprida pelas outras lojas.
  • Margem de lucro maior. Nesse modelo de negócio, o foco é vender uma quantidade menor peças, mas ter uma margem de lucro maior. Como o mercado não estará saturado e você não precisará competir com centenas de concorrentes, é muito mais fácil vender por preços maiores.
  • Ciclo de tendências mais lento. Como a aposta não é vender as roupas que estão em alta no momento, mas satisfazer outras necessidades do seu público, você não precisará se preocupar em trocar o estoque várias vezes ao ano, porque as roupas da sua loja não sairão de moda tão rápido assim.

Faça sua pesquisa de mercado

Quando você tiver escolhido qual das duas estratégias acima será usada no seu negócio, o próximo passo para aprender como abrir uma loja virtual de roupas é fazer uma pesquisa de mercado.

Só assim você vai saber, de fato, quais produtos devem ir para as prateleiras do seu e-commerce.

Se você escolheu o primeiro modelo de negócios, a pesquisa de mercado vai mostrar quais tendências e peças de roupa estão no topo da lista de desejo da maioria das pessoas.

Se você escolheu o segundo, a pesquisa é fundamental para escolher um nicho que não esteja saturado e ofereça potencial de lucro para a sua loja.

Exemplo de pesquisa feita no Google Trends
Exemplo de pesquisa de mercado feita no Google Trends. Pesquisamos o termo “roupa para cachorro” e percebemos muito aumento da demanda nos meses de inverno.

Estas são algumas fontes de informação muito ricas, que vão ajudar você a encontrar dados úteis para a sua pesquisa de mercado:

  • Google Trends. A maioria das pessoas usa o Google para encontrar roupas nas lojas virtuais. O Google Trends é uma ferramenta que vai mostrar quais termos estão sendo mais buscados no momento. Você poderá fazer uma busca mais geral ou filtrar sua análise para encontrar dados sobre um nicho específico.
  • Redes sociais. A moda é um dos assuntos mais discutidos nas redes sociais. Por isso essas plataformas são um recurso fundamental para que você conheça quais são os interesses, tendências e necessidades atuais do seu público alvo. Siga as hashtags relacionadas ao tipo de roupa que você quer vender e leia avaliações que os clientes publicaram sobre seus concorrentes.
  • Rankings de produtos mais vendidos nos marketplaces. Não podemos negar que os marketplaces, como a Amazon e o Mercado Livre, são grandes plataformas para o comércio de roupas. Se você quer aprender como começar a vender roupas na sua própria loja virtual, vale a pena conferir o ranking de produtos mais vendidos nesses sites para saber quais itens têm maior demanda.
  • Influenciadores. Para saber o que o público quer, uma ótima estratégia é observar o que os influenciadores fashion estão vestindo e divulgando. Acompanhe as postagens e comentários dos perfis relacionados ao seu nicho (por exemplo, se você quer vender roupas infantis, siga os influenciadores que falam sobre maternidade e têm o público composto por mulheres com filhos).

Escolhendo o nicho da sua loja virtual de roupas

Se você não for focar nas tendências do momento, será necessário encontrar um nicho para a sua loja de roupas.

Nessa etapa, você já terá terminado sua pesquisa de mercado e, por isso, já saberá quais produtos são mais buscados, desejados e comentados pelo público.

O mercado virtual de moda oferece infinitas possibilidades, portanto sempre existirá um segmento interessante para investir. Estes são alguns exemplos de nicho que fazem sucesso na internet:

  • Roupas plus size
  • Moda evangélica
  • Roupas fitness para a prática de esportes
  • Modeladores e peças de shapewear
  • Lingerie
  • Roupas para pets
  • Roupas infantis
  • Moda sustentável
  • Trajes para cosplay
  • Vestidos e ternos para festas e ventos formais
  • Roupas para gestantes
  • Peças de segunda-mão

Onde encontrar as roupas para vender ou revender?

Quando você tiver decidido qual será nicho de mercado vai atender, já saberá bem quais peças quer incluir na sua loja virtual de roupas. E então será hora de passar para a próxima etapa: encontrar os fornecedores que vão ajudar você a preencher sua vitrine online.

Estes são alguns dos fornecedores que você pode escolher dependendo do tipo de roupa que será vendida na sua loja virtual:

Duas calças jeans em cima de uma embalagem

Revenda de produtos

Se você quer comprar as peças prontas, fazer um estoque de produtos e se preocupar apenas com o gerenciamento da loja e entrega dos pedidos, a melhor opção é a revenda de roupas.

A revenda é recomendada para lojas que seguem tendências ou atendem a nichos mais populares.

Estes são alguns fornecedores que oferecem seus serviços online:

  • Feira da Madrugada: Um marketplace tradicional para atacadistas, a Feira da Madrugada oferece descontos para quem compra grandes quantidades, além de vender kits com várias peças e oferecer bom custo-benefício na taxa de frete. Seleção de produtos muito variada, pode atender a lojistas de vários nichos.
  • Hadaza: Marca de roupas focada no nicho de moda evangélica feminina, que já faz bastante sucesso nas redes sociais. Ao escolher esse fornecedor, você terá que concorrer com a loja oficial da própria marca, então leve esse quesito em consideração.
  • Soulojista: Esse fornecedor faz parte do grupo Loghaus e só vende no atacado. A vantagem é que você não terá que concorrer com o próprio fornecedor pela atenção dos clientes, a desvantagem é que você terá que ter um CNPJ e não poderá visualizar preços no site, sendo obrigado a entrar em contato com a plataforma para negociar.

Fabricação própria ou personalização

Se seu objetivo é criar peças de roupa exclusivas e únicas, que os clientes só vão poder encontrar na sua loja virtual, o processo para encontrar fornecedores é um pouco diferente e vai depender do tipo de peça que você quer vender.

  • Atacado de tecidos. Se você sabe costurar ou estampar roupas, vai poder fabricar suas próprias peças. Nesse cenário, a margem de lucro é maior porque os produtos serão artesanais e exclusivos, o que é um grande diferencial para certos públicos. A Kite e a Casa Boa Vista são fornecedoras de tecidos no atacado, onde você pode comprar as matérias-primas para suas peças.
  • Personalização de camisetas com estampas exclusivas. Se sua loja virtual de roupas vai vender camisetas estampadas (como camisas com referências a séries e filmes, por exemplo), mas você não quer personalizar as peças artesanalmente, é possível contratar um fornecedor de print on demand que vai imprima as estampas por você. A Dimona, por exemplo, oferece várias técnicas de estamparia, já fornece as camisetas no pacote e produz pedidos a partir de 30 unidades.

Fazer dropshipping e vender sem estoque

Há outra opção de revenda de produtos, muito indicada para empreendedores de primeira viagem que estão aprendendo agora como começar a vender roupas na internet.

Com o dropshipping, o lojista não precisa manter nenhuma peça de roupa no estoque. Os pedidos feitos pelos clientes na loja virtual são encaminhados diretamente para o fornecedor, que produz, embala e envia a peça diretamente para o freguês.

Nesse esquema, seu trabalho será criar uma loja virtual bonita, divulgar os produtos e entrar em contato com os clientes quando for necessário.

A margem de lucro é bem menor, porque o fornecedor fica com uma boa fatia do valor da venda, mas é um bom modelo de negócios para quem não quer assumir riscos muito grandes.

Com o dropshipping, você poderá trabalhar com fornecedores nacionais e internacionais.

Pessoa comprando na internet e segurando um cartão de crédito

Passo a passo: Como criar sua loja virtual de roupas

Agora você já sabe quais produtos vender e onde encontrar fornecedores. O próximo passo é montar a sua loja virtual 100% personalizada, cada detalhe escolhido cuidadosamente para atrair seu público alvo e gerar muitas vendas.

Anos atrás, só designers e programadores sabiam como abrir uma loja virtual de roupas, porque era necessário muito conhecimento técnico para criar um site de e-commerce.

Felizmente, hoje temos plataformas de criação de website como o Zyro, que permitem que qualquer pessoa monte uma loja virtual personalizada em questão de horas — e sem precisar investir muito dinheiro para isso.

Para provar como o processo é fácil e intuitivo, vamos mostrar agora o passo a passo da criação de uma loja virtual de roupas com o Zyro. Em apenas cinco etapas, você estará vendendo peças no seu site, na Amazon e nas redes sociais.

1º passo: Escolha o template da sua loja virtual

Uma das vantagens dos construtores de site são os templates disponíveis. Templates são modelos de layout que você pode usar como a base do seu design, economizando muito tempo e esforço no processo de criação.

Dica 💡: A maioria dos clientes faz compras na internet usando o celular. Por isso, é essencial que você use um template responsivo, que carregue rápido e se adapte automaticamente às telas menores. Se sua loja virtual não for responsiva, você perderá muitos clientes.

A primeira coisa que você deve fazer é criar sua conta no Zyro.

Feito o login, vá para a sua área se sites e clique em Criar Novo Site, no canto superior. Depois, clique em Escolha um Template.

Escolha Loja virtual e conheça as opções de templates profissionais

Escolher template de loja virtual

Dica 💡: O Zyro tem vários templates próprios para e-commerce. Alguns deles foram pensados especialmente para lojas virtuais de roupas, como o Tixly, o Feyer, o Anders, o Augustine e o Sham.

Para esta demonstração, vamos escolher o Tixly, com seu layout minimalista que deixa os produtos ficarem no centro das atenções.

Passe o mouse sobre seu template favorito e clique em Começar a Criar:

Selecionar o template escolhido

Prontinho — agora já é hora de personalizar sua loja virtual de roupas.

2º passo: Personalize o layout para que ele combine com sua marca

Para atrair o público alvo certo, sua loja deve ser personalizada de acordo com os gostos e necessidades desse público.

Estes são alguns elementos que você precisa escolher cuidadosamente, de acordo com o seu público alvo:

  • Paleta de cores da loja. Por exemplo, se sua loja vende roupas infantis, talvez seja apropriado usar uma paleta multicolorida e alegre no seu site de vendas. Por outro lado, se seu público alvo são os minimalistas, escolha tons neutros.
  • Logotipo. O logo deve refletir os valores e o propósito da sua marca. Você pode usar o Criador de Logos do Zyro para montar uma logomarca personalizada.
  • Tom de voz. O estilo das suas mensagens também deve combinar com seu público alvo. Se você vende roupas irreverentes, como camisetas com estampas de temática nerd, inclua emojis e referências a filmes e séries nos seus textos.
  • Métodos de pagamento. Escolha métodos que façam seu público se sentir confortável e confiante ao comprar na sua loja.

Dica 💡: O próprio nome da loja também é uma escolha muito estratégica, afinal ele pode atrair ou repelir os clientes em potencial. Para ganhar ideias e inspiração, você pode usar o Gerador de Nomes de Empresa do Zyro.

Para personalizar a paleta de cores, vá para o menu lateral esquerdo e clique em Estilo do Site e, na aba Cores, selecione e personalize os tons da sua loja virtual de roupas.

Para editar os textos, clique duas vezes sobre uma caixa de texto. Para adicionar um novo título ou parágrafo, clique em Adicionar Elemento no menu lateral e arraste o elemento Texto para qualquer lugar da página.

Adicionar textos ao site

Agora, vamos editar o menu navegação, que vai ajudar os clientes a conhecerem a loja com mais facilidade.

Dica 💡: O cabeçalho é muito importante, porque é a primeira coisa que os visitantes verão ao entrarem na sua loja. Capriche nos textos, imagens e botões dessa seção.

Clique sobre o menu e escolha Editar Navegação. Uma barra de opções se abrirá do lado esquerdo da página, onde você vai poder editar o nome, a ordem e as configurações de cada página. Adicione quantas páginas quiser.

Editar menu navegação

Passe o mouse novamente sobre o menu clique em Mudar Logo. Importe o logotipo que você criou usando o Criador de Logos do Zyro ou outra ferramenta de design.

Agora, vamos editar os botões. O objetivo é criar botões chamativos e convidativos, que convençam os clientes a conhecer a loja e finalizar a compra.

Vá para o menu lateral e clique em Adicionar Elemento. Arraste o elemento Botão para onde quiser dentro da página. Para editar o estilo e o texto do botão, clique sobre ele e escolha Editar Botão.

Dica 💡: As imagens são cruciais para o sucesso da sua loja. Os clientes precisam conhecer os detalhes das roupas que você vende, então capriche nas fotografias dos produtos.

Primeiro vamos mudar as imagens do plano de fundo, clicando no fundo do template e escolhendo Mudar plano de fundo na parte superior

Mudar o plano de fundo

Depois vamos adicionar algumas imagens dos nossos produtos ao site, para despertar o interesse dos visitantes. No menu lateral, escolha Adicionar Elemento e arraste a opção Imagem para a página.

Clique sobre as imagens para importar fotos do seu computador.

adicionar e mudar imagens

Dica 💡: Não se esqueça de dedicar uma seção no fim de cada página para suas informações de contato e o link para as redes sociais da sua loja virtual de roupas.

Faça assim: No fim da página, clique no sinal de adição ou em Adicionar Seção e escolha Ícones de Rede Social e Formulário de Contato. Clique sobre esses elementos para personalizar e arraste e solte para mudá-los de lugar.

editar seção de contatos

3º passo: Escolha um plano e-commerce e conecte o seu domínio

Para adicionar produtos à sua loja, você vai precisar assinar um plano do Zyro. Os planos para lojas virtuais oferecem domínios gratuitos custam a partir de R$15 para quem deseja adicionar até 10 produtos à loja, e R$39 para expandir o catálogo e colocar até 100 itens à venda.

Para escolher, vá até o menu lateral esquerdo e clique no ícone de carrinho:

Criar uma loja virtual

Clique em Abrir Gerenciador de Loja e depois em Escolher Plano. Selecione o plano que melhor atender às necessidades da sua loja virtual de roupas e faça o pagamento normalmente.

4º passo: Adicione seus produtos à loja

Colocar seus produtos à venda também é um processo muito intuitivo. 

Tudo que você precisa fazer é abrir o Gerenciador de Loja, ir à seção Catálogo, que fica no menu lateral esquerdo.

Por lá, você vai poder adicionar seus produtos, informar quantas peças têm no estoque e determinar o preço de cada mercadoria.

5º passo: Venda nas redes sociais e na Amazon

Os produtos da sua loja virtual de roupas também podem ser colocados à venda em outras plataformas e redes sociais.

Para facilitar sua vida, o Zyro sincroniza automaticamente seu estoque à Socolinha do Instagram, ao Facebook Lojas e à Amazon. Assim, quando você receber um pedido em qualquer um desses canais, uma notificação será mostrada diretamente no painel de controle da sua loja no Zyro.

Para vender nesses marketplaces, você deverá assinar o plano eCommerce, ir até o Gerenciador de Lojas e clicar em Todos os canais de venda, no menu lateral esquerdo.

Como gerenciar a sua loja virtual de roupas

Agora que você já sabe como abrir uma loja virtual de roupas, vamos listar algumas estratégias que você pode usar para divulgar seu e-commerce, aumentar as vendas e fazer seu negócio crescer.

Apareça nos resultados do Google

De todos os pedidos feitos nas lojas virtuais de roupas em 2020, 15% começaram com uma pesquisa na internet.

Não perca a oportunidade de fazer o seu site aparecer nos resultados de busca quando um cliente em potencial procurar produtos como os seus.

Para que seu site apareça entre os primeiros resultados do Google, você deve otimizar o conteúdo das suas páginas aplicando técnicas de SEO. Estas são algumas táticas fundamentais:

  • Incluir palavras-chave nas descrições dos seus produtos. Faça uma pesquisa de palavras-chave usando ferramentas como o Übersuggest e o SEMrush. O objetivo é saber exatamente quais termos o público pesquisa no Google quando quer comprar um produto como o seu. Inclua a palavra-chave na descrição do produto, no título da página e na URL.
  • Garantir que as páginas da sua loja virtual carreguem rápido. Se o site demora mais que três segundos para carregar, 53% dos visitantes vão fechar a sua página. Os sites criados com o Zyro são projetados para carregarem muito rápido em qualquer dispositivo. Para garantir que essa rapidez seja mantida, não use arquivos de imagem grandes demais na loja — use o Redimensionador de Imagens para diminuir o tamanho das fotos sem perder qualidade.

Garanta a segurança dos dados dos clientes

Para gerar vendas no seu e-commerce você deve conquistar a confiança do público. Para mostrar que sua loja virtual é confiável, você deve ter um certificado SSL que proteja os dados dos clientes por meio da criptografia de dados.

Além de prejudicar muito o seu SEO, se seu site não tiver um certificado SSL, toda vez que os visitantes entrarem na sua loja, a própria barra do navegador vai mostrar uma mensagem indicando que seu site é inseguro — ótima estratégia para quem quer afastar clientes.

Se você escolher criar seu site com o Zyro, vai poder ficar tranquilo. Todos os planos já vêm com certificados SSL inclusos.

Foque na divulgação e no marketing

Existem milhares de lojas de roupa na internet. Para fazer o seu e-commerce se destacar da concorrência, você terá que investir no marketing digital e na divulgação da sua empresa nas redes sociais.

Veja algumas dicas de divulgação:

  • Escolha as redes sociais que seu público alvo mais usa. Escolha apenas os canais mais relevantes para gerar mais resultados. Lojas de roupa costumam fazer sucesso em redes sociais mais focadas no visual, como o Instagram e o Pinterest. Porém, o perfil do seu público é o fator mais importante — por exemplo, se seu público é muito jovem e feminino, considere usar o TikTok para divulgar seu e-commerce.
  • Crie um calendário de publicações. As postagens devem ser atrativas e frequentes para que as pessoas queiram seguir a sua marca nas redes sociais. Para garantir a consistência dos posts e sempre publicar conteúdos interessantes no feed, faça um calendário listando os melhores dias e horários para publicar e quais conteúdos serão postados em cada data.
  • Faça sorteios e incentive o engajamento. Outra estratégia para engajar os seguidores e aumentar a visibilidade da sua marca é criar sorteios e concursos culturais. Prepare prêmios interessantes e peça que os participantes marquem amigos na publicação. Não se esqueça de deixar bem claro desde o início quais são as regras do sorteio.
  • Publique anúncios pagos. É inegável que os anúncios pagos ajudam a aumentar muito a visibilidade da sua empresa na internet. Você pode pagar para inserir um anúncio nos resultados de busca do Google e nas redes sociais. Quanto mais informações você souber sobre seu público alvo, melhor segmentado será seu anúncio e maiores as chances de geração de vendas.

Capriche no envio dos produtos

Pequenos negócios conseguem oferecer uma experiência muito mais personalizada para os clientes — e o público sabe que isso é um grande diferencial.

Para encantar o cliente e garantir que ele volte para comprar mais vezes, crie com carinho suas embalagens.

Cada vez mais, empreendedores usam papéis coloridos, caixas personalizadas, embalagens aromatizadas, bilhetes redigidos à mão e brindes surpresa para aprimorar o momento da chegada do pedido à casa do cliente.

Dica 💡: O estilo da embalagem deve combinar com seu público alvo. Por exemplo, se sua loja virtual vende produtos eco-friendly e o seu público preza pela redução do uso do plástico, experimente criar uma embalagem minimalista e feita de materiais biodegradáveis.

Oferecer bom atendimento é fundamental

Para garantir que os clientes tenham uma boa experiência, os canais de comunicação da sua empresa devem ser eficientes. Isso significa que o público deve conseguir entrar em contato com você de forma simples e receber uma resposta o mais rápido possível.

Dúvidas e reclamações que demoram a ser atendidas acabam aumentando a taxa de devolução de produtos da sua loja, piorando a reputação do seu negócio e fazendo você perder clientes.

Além disso, uma queixa não respondida pode virar uma reclamação pública ou uma avaliação negativa para a sua loja.

Para evitar esses prejuízos, estas são algumas práticas que você pode implementar:

  • Responda às mensagens enviadas pelas redes sociais. Seja nos comentários ou no inbox, esteja atento às notificações.
  • Abra uma página no Reclame Aqui. Responda às queixas com atenção e tente resolver o problema do cliente o mais rápido possível. Lembre-se de que todo atendimento contribui para a sua nota na plataforma e que os futuros clientes vão usar essas avaliações para comparar sua loja à concorrência.
  • Integre o WhatsApp à sua loja virtual. 80% dos brasileiros conectados à internet usam o WhatsApp para entrar em contato com empresas. Saia na frente da concorrência e facilite ainda mais essa comunicação colocando o botão do WhatsApp nas páginas do seu site.
  • Coloque seu e-mail e telefone de contato no rodapé das páginas. Essa é uma estratégia simples para garantir que essas infrações estejam sempre em um local fácil de encontrar.

Tire a sua ideia do papel e abra a sua própria loja virtual de roupas

Agora você já sabe como abrir uma loja virtual de roupas de forma estratégica e otimizada, o que garante que seus clientes terão o melhor atendimento e que seu negócio tenha espaço para crescer.

O setor da moda é um dos mais promissores do mercado de e-commerce, mas também é muito competitivo. Para ter sucesso, você terá que escolher um nicho e tomar todas as decisões — da escolha dos produtos ao design do site — pensando no seu público alvo.

Pensamento estratégico, ótimo atendimento ao cliente e uma loja virtual otimizada vão garantir sucesso e longevidade para a sua empresa.

Escrito por

Avatar do autor

Jeisy Monteiro

Jeisy é dedicada a pesquisar e escrever sobre como pequenos e médios negócios podem crescer na internet de forma sustentável. Ela publica sobre criação de sites, empreendedorismo digital, tecnologia e e-commerce no blog do Zyro. No tempo livre, coleciona cassettes.

Faça parte da conversa

Seu email não será publicado. É obrigatório preencher todos os campos.

Pronto para criar seu site?