Apenas por Tempo Limitado - Economize até 63 %

+ Ganhe domínio GRÁTIS por 1 ano

A oferta termina em:

04 :

13 :

19 :

38

Blog do Zyro

Todos os tópicos
Blog de e-Commerce Design Dicas para Pequenas Empresas Essenciais Ideias de Negócio Insights do Zyro Inspiração Marketing Novidades do Zyro

Como Abrir uma Loja Virtual de Sucesso em 10 Passos

Sabemos que você já investiu muito tempo e esforço para criar seu plano de negócios, e sempre sonhou ser seu próprio chefe.

Mas agora é hora de finalmente colocar esses planos em prática e transformar suas ideias de negócio em realidade.

Não sabe por onde começar? Sem problema. Com este texto você vai aprender:

  • Como escolher os produtos certos para vender
  • Como construir uma marca lucrativa
  • Como criar uma loja virtual de forma rápida
  • Como fazer seu negócio crescer

Se você quer começar seu próprio negócio na internet, então é hora de criar sua loja online e seguir estes 10 passos para o sucesso.

1. Encontre o produto certo

Pode ser que você tenha o site mais atrativo do mundo e as campanhas de marketing mais convincentes. Porém, se os produtos que você vende não interessarem seu público-alvo, sua empresa não vai chegar a lugar algum.

Talvez você seja talentoso o suficiente para vender geladeiras para pinguins… mas por que dificultar tanto assim a sua vida?

Cada empresa usa uma tática diferente para decidir quais produtos vender. Mesmo assim, existem algumas questões universais, que qualquer negócio pode levar em consideração quando for fazer essa decisão.

Saiba o que os clientes estão buscando

E não estamos falando de forma geral. Você deve conhecer os termos que seus clientes costumam buscar no Google.

Fazer pesquisas de palavras-chave é uma estratégia essencial para qualquer empresa que faz negócios na internet. Essa tática vai ajudar você a saber:

  • Quais produtos os clientes estão procurando
  • Quais termos pesquisados não estão sendo atendidos por outras empresas
  • Se existe demanda pelos seus produtos (e, se existir, qual é o tamanho dessa demanda)
  • Quais palavras-chave você deve incluir na sua estratégia de SEO

Resolva problemas

Esse conselho é velho e pode parecer cliché, mas, na verdade, ele é um dos melhores pontos de partida para quem quer colocar uma nova ideia de negócio em prática.

Encontrar um produto que resolva problemas reais dos seus clientes vai ajudar você a atrair público para sua loja e também a garantir a longevidade da sua empresa.

Não se esqueça: você não precisa inventar um produto do zero para resolver um problema do seu cliente. Você só precisa traduzir sua ideia de negócio para que seu público-alvo consiga entender.

O objetivo dos pequeno-empreendedores é conectar o produto ao público-alvo. Se esse público tem um problema que ainda não foi resolvido pelas empresas concorrentes, você pode fazer uma pesquisa de mercado para saber como criar um produto que atenda às necessidades dessas pessoas.

Encontre um nicho

Templates do Zyro no painel de controle

Quando lançamos uma loja virtual, estas costumam ser as duas preocupações principais: será que existem pessoas suficientes interessadas no meu produto para que minha empresa tenha lucro? Vou conseguir competir com as lojas físicas que vendem itens similares aos meus?

Encontrar um produto muito procurado pelos clientes é bom, mas, porque a demanda é alta, esse tipo de mercadoria provavelmente já é fornecida por várias empresas concorrentes.

Encontrar o equilíbrio (um produto muito procurado por clientes, mas que ainda não tenha sido saturado pelos concorrentes) é uma tarefa muito importante. Para saber como abrir uma loja virtual de sucesso, você precisa encontrar esse lugarzinho no mercado, onde os clientes ainda não foram atendidos por outras empresas. Esse lugar será o seu nicho.

Por que encontrar um nicho de mercado é importante?

Porque você precisa encontrar demanda pelos produtos da sua loja virtual e, ao mesmo tempo, encontrar pouca competição de outras empresas. Assim você vai conseguir solidificar o nome da sua nova empresa e divulgar seus produtos em um mercado que ainda não esteja saturado.

Mas encontrar um bom nicho na internet não é tarefa fácil. Aprender como abrir uma loja virtual de sucesso passa por muita pesquisa: você precisa descobrir o que os clientes estão procurando, o que os concorrentes já estão oferecendo e o quais são as oportunidades que todas as outras empresas estão deixando passar.

O processo é longo, mas é a única forma de avaliar a disponibilidade de certo produto no mercado – por isso ele é uma parte tão importante da construção do modelo de negócios da sua loja virtual.

Seu nicho pode ser um produto, ou talvez uma nova forma de divulgação. Também pode ser uma estrutura de negócios inovadora. O importante é encontrar algo que te destaque da concorrência, interesse aos clientes e (resolva um problema que eles tenham).

Seja realista quanto às limitações dos seus produtos

Saber como abrir uma loja virtual de sucesso depende de pensar de forma estratégica sobre seus recursos e limitações.

Por exemplo, digamos que você teve uma ótima ideia de negócio online. Você tem acesso aos produtos, criou um nome marcante para sua marca, e seu plano de negócios prevê que sua loja vai dar muito lucro.

Nesse cenário, pode ser que você até tenha delimitado seu público-alvo ideal. Porém isso não significa que o produto que você tem em estoque seja a mercadoria ideal para esse mercado.

Quando o plano de negócios sai da teoria e vai para a prática, muitos negócios online e empreendedores digitais descobrem rápido que alguns produtos são mais bem-sucedidos que os outros.

Estes são alguns sinais que mostram que seus produtos têm limitações (e que elas podem ser obstáculos para o sucesso da sua loja):

  • Seu produto têm restrições de venda em alguns dos estados ou países que sua loja atende.
  • Para ser estocado, seu produto precisa de muito mais espaço do que você tem disponível. Limitação de espaço é um dos principais motivos que fazem empreendedores escolherem o modelo dropshipping para suas lojas virtuais.
  • O produto precisa ser estocado em condições especiais (como refrigeradores) ou é perecível.
  • O tamanho, peso ou formato do produto encarece muito o preço do frete.
  • Para vender a mercadoria, sua loja precisa de uma licença específica ou terá que operar sob leis muito restritivas.
  • Você não vai conseguir fazer uma divulgação eficaz segundo seu plano de negócios atual.

Faça um bom planejamento

Quando for selecionar os produtos da sua loja, é necessário ter um plano sobre como vender esse tipo de mercadoria. Além disso, você precisa planejar como esses produtos vão se encaixar na estrutura geral da sua empresa e na sua ideia de negócios.

Reflita sobre estas questões:

  • Qual público seu produto está tentando atrair? Como você vai encontrar clientes para sua empresa? Você pode usar as redes sociais, fóruns virtuais ou criar conteúdo para ser encontrado em buscas orgânicas no Google.
  • Quais são oportunidades de fortalecimento da sua marca? Talvez seja hora de mudar o nome da marca para aumentar o reconhecimento da empresa no mercado.
  • Quais outros produtos podem complementar os que você já vende? Se você conseguir implementar com sucesso outros produtos ao seu plano de negócios, sua empresa vai lucrar mais.
  • Como os produtos que você escolheu vender vão influenciar o design do seu site? Por exemplo, se você costumava vender produtos físicos, mas agora decidiu vender produtos digitais, que devem ser baixados pelo cliente após a compra, talvez seja necessário contratar um desenvolvedor para fazer mudanças na sua loja virtual.
  • Como você vai divulgar os produtos? Parceria com influenciadores, email marketing e divulgação nas redes sociais devem estar no topo da sua lista caso você queira aprender a como abrir uma loja virtual de sucesso.
  • Atrair novos clientes ou focar em fidelizar os fregueses antigos? Quando se trata de estrutura de negócios, reter os clientes que você já tem é muito mais barato que atrair novos clientes. Mesmo assim, para algumas empresas que operam na internet, o plano mais eficaz ainda é tentar atrair novos fregueses através da venda de produtos muito procurados. O objetivo é vender um alto volume de produtos, tirando uma margem de lucro pequena de cada venda.
  • Com o tipo de produto que você escolheu vender, é possível fazer sua loja online crescer muito e rapidamente? As melhores empresas da internet são aquelas que, apesar de serem pequenas, têm um plano de negócio que permite muito crescimento. Isso não significa que você deve ter muitas ideias de negócio dentro de um único plano. Ao invés disso, sua empresa deve seguir uma estrutura rigorosa que, desde o início, foi projetada para expandir.

2. Identifique seu público-alvo

Você já sabe o que  vender, agora você precisa saber para quem vender.

Para aprender como abrir uma loja virtual de sucesso, é fundamental que você saiba identificar qual público está interessado em comprar seus produtos.

Encontrar o público certo para seus produtos ajuda você a fazer previsões de lucro e volume de vendas, além de permitir que você tome decisões mais bem-informadas para sua empresa. Conhecer seu público-alvo também te ajuda a escolher o nome da sua empresa, seu logo e até mesmo qual produto você vai vender.

Além disso tudo, conhecer seu público também vai mostrar quais canais de divulgação você deve para criar uma estratégia eficaz de marketing.

Para descobrir quem é seu público-alvo, siga estas etapas:

  • Analise cada aspecto da sua empresa. Faça uma lista de todas as características e vantagens do seu produto e analise também como ele pode ajudar seus clientes.
  •  Faça uma pesquisa de mercado. Pesquise quais seguimentos do mercado têm potencial para se interessar pelo seu produto. Depois, reflita sobre o tamanho desse seguimento – ele é grande o suficiente para gerar lucro para sua empresa?
  • Crie perfis dos seus clientes ideias. Muitas pequenas empresas usam perfis demográficos que listam as características típicas dos seus clientes. Esses perfis incluem faixa de idade, gênero, localização, renda média e hábitos de compra.
  • Tenha um público-alvo bem específico. Não generalize muito quando for estabelecer quem é o público da sua empresa. Tente ser o mais específico possível. Se o público específico que você escolheu não mostrar os resultados esperados, você pode fazer novas pesquisas e mudar seu foco para outro grupo.
  • Faça pesquisas sobre seus concorrentes. Se você descobriu que outras empresas oferecem produtos parecidos com os seus, observe qual público elas estão tentando atrair. Elas têm uma marca e um nome parecidos com os seus? A partir dessas informações, você pode tomar duas decisões: focar no mesmo público que seus concorrentes ou tentar atrair um grupo de pessoas totalmente diferente.
  • Peça a opinião das outras pessoas. Assim que você tiver delimitado um público-alvo que você considera ser o ideal para sua marca, ouça a opinião de pessoas de fora da sua empresa. Esteja aberto a receber críticas construtivas.

Mas não se esqueça: se necessário, você pode refinar e alterar quem é o público alvo da sua empresa, mesmo depois de ter aberto sua loja. Às vezes a prática é diferente da teoria, e você vai descobrir que é um público totalmente diferente que acaba comprando seus produtos.

Por isso, descobrir quem é seu público-alvo é um processo contínuo, que não para depois que você termina seu plano de negócios e abre sua loja. Essa é uma das lições mais importantes quando estamos aprendendo como criar uma loja virtual de sucesso.

3. Escolha uma plataforma de e-commerce

Editor do Zyro

Se você está interessado em aprender como abrir uma loja virtual de sucesso, é porque, provavelmente, quer lançar seu próprio e-commerce em breve.

A esta altura do campeonato, você já deve saber que existem várias opções de plataformas de e-commerce e construtores de sites que podem ajudar sua pequena empresa a vender na internet.

O lugar onde você vende é quase tão importante quanto o produto que você vende.

Grandes plataformas como o Wix e a Nuvemshop provavelmente já estão na sua lista de opções quando você mede as vantagens e desvantagens de cada plataforma.

Se esse for o seu caso, você está fazendo a coisa certa ao medir os prós e contras de cada opção. Para escolher a plataforma certa, você precisa pensar cuidadosamente sobre as ferramentas e recursos que você precisa, qual seu nível de experiência e conhecimento técnico, e também sobre quanto dinheiro você pode investir na criação da sua loja virtual.

Já que você está lendo este texto no blog do Zyro, não vai ficar surpreso em saber que nós recomendamos que você experimente nossa plataforma para lojas virtuais.

Modéstia à parte, estes são 5 vantagens do Zyro que você deve levar em consideração:

  • Um único painel de controle. Você não vai precisar contratar um assistente de contabilidade nem um programador. Tudo (desde o gerenciamento de estoque e de pedidos até a comunicação com clientes e cálculo de taxas de impostos) é feito automaticamente e pode ser acompanhado de um único painel de controle.
  • Omnichannel. Sincronize sua loja virtual com outras plataformas como a Amazon e o Instagram para vender seus produtos em vários lugares.
  • Velocidade. Nenhuma outra plataforma de criação de sites consegue competir com o Zyro quando o assunto é velocidade. Graças aos templates profissionais e à ferramenta de construção fácil de usar, você vai poder criar sua loja virtual em horas ao invés de dias.
  • Facilidade. Quer saber como criar uma loja virtual de sucesso mesmo sem saber nada de design ou programação? Com a ferramenta fácil de usar do Zyro, qualquer pessoa pode montar uma loja personalizada, só arrastando e soltando elementos nas páginas.
  • Preço. O Zyro permite que você comece seu empreendimento na internet pagando pouco e sem perder qualidade. As ferramentas de e-commerce oferecem ótimo custo-benefício e, para quem está começando a empreender agora, economizar nesse quesito é fundamental.

Mas faça sua pesquisa com cuidado e compare o Zyro com as outras opções do mercado. Afinal, é você quem conhece melhor as necessidades dos seus clientes, então escolha a plataforma de e-commerce que os sirva melhor.

4. Construa e fortaleça sua marca

Como criar uma marca: pontos importantes

Sua marca envolve o visual da sua empresa, o modo como ela se comunica, com quem ela se comunica, os valores que ela valoriza, o que as pessoas acham dela e um milhão de outros aspectos que formam a identidade do seu negócio.

Dito isso, construir uma marca é um processo que exige muita atenção e planejamento. O objetivo é criar uma narrativa sobre sua empresa e seus produtos que seja convincente e consiga agradar seu público-alvo.

Criar uma marca para uma empresa online é um processo muito parecido com a criação de marcas para lojas físicas. Antes de começar a criar campanhas de publicidade para divulgar a marca, você deve pensar nisto aqui:

  • Proposta de valor. Qual problema dos clientes seus produtos conseguem resolver? Quais os benefícios que suas mercadorias oferecem ao público? Por que alguém deve comprar na sua loja?
  • Nomes para a empresa, para a marca e para os produtos. Você pode dar o mesmo nome para todos eles ou um diferente para cada. De qualquer forma, os nomes devem estar adaptados ao seu público-alvo.
  • Linguagem visual. Você pode começar criando um logotipo, montando uma paleta de cores e pensando em quais fontes e imagens você deve usar na sua loja e embalagens.
  • Tom de voz. Sua marca deve ter um jeito de se comunicar com os clientes que seja fácil de reconhecer e usado em todos os canais. Tudo, do site aos textos dos anúncios, deve ter o mesmo tom de voz e estilo de escrita. Por exemplo, seu tom de voz pode ser jovial e descontraído, com uso de emojis e vocabulário fácil de entender.
  •  Consistência. O segredo para construir uma marca reconhecível é fazer com que todos os elementos acima funcionem bem juntos e sejam usados em todos os materiais e canais da sua empresa.

Mais conteúdo sobre esse assunto

Se você quer saber mais um pouco sobre como construir uma marca, leia nosso guia sobre branding para iniciantes:

5. Criando uma loja virtual cativante

Exemplo de criação de loja virtual

Criar seu primeiro site pode ser intimidados – olhar para a página em branco sem saber ao certo por onde começar não é uma sensação legal.

Por isso, indicamos o uso de uma plataforma de criação de sites ou de um sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS). Se você tiver o conhecimento técnico, outra opção é escrever o código do site do zero.

Hoje em dia o web design é mais acessível do que nunca. Você não tem desculpas para ter um site feio.

As plataformas de criação de sites vão te oferecer templates prontos, ferramentas de customização e recursos para criar uma loja virtual perfeita.

Para ter como abir uma loja virtual de sucesso, você vai precisar converter visitantes em clientes. E, para isso, a ferramenta mais importante à sua disposição é um site.

É por isso que seu site deve:

  • Ter um visual consistente com a aparência geral da sua marca.
  • Ser fácil de navegar, facilitando que os visitantes encontrem páginas e informações.
  • Conter CTAs em lugares estratégicos, incentivando os visitantes a fazer uma compra.
  • Mostrar produtos e serviços da forma mais atrativa possível.
  • Ser projetado para ter SEO aprimorado e gerar muitas conversões.

Criando uma loja virtual com o Zyro

Se você escolher criar sua loja virtual usando uma plataforma de criação de sites como o Zyro, o processo de criação será assim:

  • Criar uma conta. Crie uma conta no Zyro ou na plataforma de criação de sites escolhida.
  • Escolher um template. Encontre um template profissional que combine com sua marca.
  • Customizar seu site. Use o editor para arrastar e soltar elementos para personalizar suas páginas e adicionar conteúdos.
  • Adicionar uma loja ao site. Crie uma página de e-commerce e coloque seus produtos à venda.
  • Publicar o site. Coloque seu site no ar e comece a convidar visitantes.

Mais conteúdo sobre esse assunto

Criar um site e uma loja virtual maravilhosos é um processo mais detalhado do que temos espaço para tratar neste texto. Então aqui estão outros conteúdos que você pode achar úteis nesta fase da sua jornada:

6. Comece a divulgar sua loja e atrair visitantes

Mostrar seu produto para o mundo pela primeira vez é uma das etapas mais desafiadoras do processo de criação de um negócio online. Mas vemos que é um passo essencial quando aprendemos como abrir uma loja virtual de sucesso.

Se você criar (e divulgar de forma eficaz) sua loja virtual, os clientes encontrarão sua marca.

A melhor forma de encarar essa tarefa desafiadora é criar um plano detalhado de marketing. Seu plano deve conter:

  • O objetivo da(s) campanha(s) de divulgação. O que sua empresa está tentando alcançar? Seu objetivo pode ser gerar engajamento nas redes sociais, aumentar o reconhecimento da marca, atrair assinantes para sua newsletter ou gerar vendas. Sua campanha deve ser projetada para atingir um objetivo específico.
  • Quem é seu público-alvo. Para quem você está tentando vender? Pense no seu público de forma mais abrangente, e não apenas na faixa etária e gênero dele,
  • Quais canais de marketing você vai usar. Redes sociais, email, anúncios pagos, entre outros. Existem muitas opções, mas a que você escolher deve fazer sentido para seu produto. Por exemplo, se sua loja virtual vende relógios, é uma ideia interessante fazer parceria com influenciadores no Instagram.
  • Qual a mensagem principal que você quer promover. Não estamos falando apenas do seu slogan. Nas campanhas de marketing, você terá que planejar uma mensagem que mostre as maiores vantagens dos seus produtos e o que diferencia sua loja da concorrência.
  • Qual é a sua estratégia para transformar visitantes em clientes. Layout, visual, velocidade do site, design responsivo (que se adapta às telas de todos os tamanhos), mensagens fáceis de entender, botões de CTA: todos esses são fatores muito importantes para gerar conversões. Além do design fácil de navegar, não se esqueça que os textos devem ser convincentes.
  • Como você vai coletar dados e quais informações você quer analisar. Se você planeja coletar dados sobre seus visitantes ou clientes, vai precisar criar uma política de privacidade para sua loja. Não ter uma política de privacidade pode colocar sua empresa em problemas judiciais. Assim que você tiver os dados, vai ser hora de usar ferramentas de análise para tomar decisões de negócio (vamos falar mais sobre isso no próximo tópico deste texto).
  • Qual será sua tática para reter clientes. Você pode montar campanhas de email marketing para manter a comunicação com clientes que já fizeram compras na sua loja. Assim você consegue mostrar outros produtos que podem interessar aquele cliente, ou oferecer vantagens para quem recomendar sua loja para amigos.

Se você estiver usando uma plataforma como o Zyro, vai conseguir gerenciar a maioria das suas campanhas de marketing usando um único painel de controle.

No Zyro, ferramentas para criar anúncios nas redes sociais e no Google Ads, além de recursos para melhorar seu SEO, já vêm integradas à sua loja virtual. Isso facilita a criação e gerenciamento das suas campanhas de marketing.

Mais conteúdo sobre esse assunto

Já que nós somos obcecados por dar dicas de marketing para pequenas empresas, aqui estão alguns outros conteúdos que escrevemos sobre o assunto e que podem ser úteis para você.

7. Colete e analise dados úteis

Se você ainda não coleta dados sobre sua loja, então está tomando decisões no escuro. Talvez você seja sortudo e essas decisões acabem dando certo, mas a verdade é que a maioria das empresas que não analisam dados acabam falhando.

Sem a análise de big data, as empresas ficam de olhos e ouvidos vendados, sem saber ao certo qual caminho seguir.

A coleta e análise de dados pode ajudar você a:

  • Monitorar resultados em tempo real. Não espere até que seu estoque fique vazio ou outra área da sua empresa comece a apresentar problemas. Acompanhe seu desempenho todos os dias – ou até mesmo de hora em hora.
  • Ter uma ideia bem-informada sobre a saúde do seu negócio. Escolha quais devem ser as métricas mais importantes e acompanhe o desempenho delas frequentemente.
  • Ver o que está funcionando e o que não está. Saiba de onde seus clientes estão vindo, o que influencia nas decisões de compra deles e em que área sua empresa precisa mudar.
  • Otimizar a experiência do usuário e sua estratégia de marketing. Fazer alterações na loja e acompanhar como essas mudanças impactam seus resultados vai ajudar sua empresa a crescer de forma sustentável.
  • Convencer investidores a colocarem dinheiro na sua ideia. Se seu objetivo é atrair investidores para sua empresa, você vai precisar de dados para mostrar seu potencial.

Se você está criando sua loja virtual com uma plataforma como o Zyro, já vai ter algumas ferramentas de coleta e análise de dados à sua disposição.

Na verdade, todos os planos eCommerce do Zyro dão acesso a relatórios atualizados em tempo real e a ferramentas como o Google Analytics, o Google Tag Manager, o Facebook pixel e o Pinterest Tag – entre outras.

O Google Analytics é sua porta de entrada para um mundo de dados e informações que vão ajudar você a otimizar sua loja online. E você não precisa se preocupar com a parte técnica, porque o Google Analytics é muito fácil de usar.

O Zyro já vem com um plugin do Google Analytics instalado, então tudo que você vai precisar fazer é entrar na sua conta do Google e conectar sua loja virtual a ela.

Depois desse processo, o painel de controle do Google Analytics vai se completar automaticamente com dados sobre seus visitantes e como eles encontraram seu site.

Você pode usar a ferramenta para estudar o comportamento do seu público, compreender a geração de receita da sua empresa, e medir a eficácia das suas campanhas de marketing.

Principais métricas para medir

No Google Analytics, estas são 5 das mais importantes métricas para quem tem uma loja virtual:

MétricaO que éComo medirPorque medir
ConversõesQuando o visitante completa a ação que você pretendia que ele tomasse no seu site (geralmente, essa ação é finalizar uma compra).Observe se existem padrões no número de conversões. Elas costumam aumentar/diminuir em determinadas datas ou fontes de tráfego? Para combater os dias de baixo volume de conversões, tente enviar newsletters aos clientes.Observe o número de visitantes da sua loja, o número de transações e o número de pessoas que colocam itens no carrinho mas acabam não finalizando a compra. Isso vai te mostrar quais etapas do funil de vendas precisam de mais otimização.
TráfegoÉ número de usuários que visitam seu site e como eles chegaram até você.Confira as seções “Usuários” Sessões” e “Visualizações de Página” do Google Analytics. Essas são as métricas padrão para analisar como o tráfico está se comportando.Analisar seu tráfego vai ajudar você a determinar quais canais de marketing têm maior impacto e quais devem ser removidos da sua estratégia de divulgação.
Taxa de rejeiçãoÉ o percentual de visitantes que sai do seu site após apenas visualizar a página rapidamente.Essa métrica é coletada automaticamente pelo Google Analytics.Se os visitantes estiverem rejeitando o site em uma parte específica do funil de vendas, considere otimizar a etapa. Se uma fonte de tráfego estiver rejeitando o site mais que as outras, você pode ajustar sua mensagem ou estratégia de marketing usada no canal de onde vêm esses visitantes. Uma taxa alta de rejeição também pode revelar que seu site está usando palavras-chave que não tem muita relação com seus produtos, ou que seus meta títulos ou meta descrições não são relevantes.
Receita por fonte de tráfegoÉ a demonstração de quanto dinheiro cada fonte de tráfego gerou para o seu siteFerramentas de SEO e tutoriaisEssa métrica vai mostrar se suas campanhas de marketing devem ser interrompidas ou se precisam de otimização para conseguir gerar mais receita. Se o tráfego vindo das pesquisas no Google gerar bastante receita para o seu site, isso geralmente é uma indicação de que seu SEO é forte – e que vale a pena investir tempo para otimizá-lo ainda mais.
Visitantes retornantesSão os visitantes que navegam pelas suas páginas, saem do seu site e voltam depois para navegar mais.Essa métrica é coletada automaticamente pelo Google Analytics.Compare essa métrica com o dado de “Novos Usuários” para entender se seus visitantes são fãs leais interessados de verdade na sua marca. Ter muitos visitantes retornantes geralmente significa que sua marca e sua estratégia de email marketing são potentes. Se seu número de novos usuários for muito maior do que o de usuários retornantes, pode significar que seu SEO é bom mas que a estratégia de retenção de usuários precisa melhorar.

Assim que você já estiver bem familiarizado com essa parte mais básica, vai ser hora de acompanhar métricas mais completas também.

Por exemplo, a métrica do custo de aquisição de clientes (ou seja, o valor médio gasto para adquirir um novo cliente) e a métrica conhecida como customer lifetime value, ou CLV (a receita média que um cliente gera para sua empresa durante todas as interações com sua loja).

Mesmo com essas métricas avançadas, existe um limite para as melhorias que o Google Analytics consegue oferecer, sozinho, para sua empresa. A ferramenta é apenas uma plataforma que coleta e exibe dados brutos.

Se você quer otimizar sua loja de verdade, vai precisar usar os dados fornecidos pelo Analytics para fazer alterações no site.

Você pode escolher usar outras ferramentas de coleta de dados também. O importante é diversificar suas fontes de informação para poder acompanhar melhor o desempenho da empresa.

8. Otimize sua comunicação e seu site

A esta altura do processo, você já está aplicando muitos dos seus conhecimentos sobre como abrir uma loja virtual de sucesso e seu e-commerce já está fazendo as primeiras vendas. É hora de pegar aqueles dados que você anda coletando e usá-los a favor do seu negócio.

Continue fazendo o que traz bons resultados. Pare de fazer o que não está funcionando bem.

Mesmo que seu objetivo com a loja seja gerar renda passiva (e não criar uma fonte principal de renda), você ainda vai precisar dedicar algumas horas para fazer melhorias no site no começo da sua jornada.

Vale a pena reparar que, a não ser que o lançamento da sua loja online tenha sido um desastre total, todas as alterações que você vai precisar fazer são pequenas. E todas elas devem ser feitas com base em dados concretos.

Testar e otimizar (principalmente se você estiver fazendo testes A/B) vai te ajudar a:

  • Descobrir quem é se público de verdade
  • Saber quais canais de marketing trazem mais resultados
  • Identificar quais tipos de mensagem são melhor recebidos pelo seu público-alvo
  • Remover obstáculos e dificuldades que fazem os visitantes desistirem de comprar na sua loja

Quando fazemos testes A/B, estamos testando duas ideias e vendo qual delas traz melhores resultados na prática.

Ou seja, criamos duas versões da mesma página do nosso site. Depois, mostramos a versão A para 50% dos visitantes e a versão B para o restante.

As duas versões não precisam ser radicalmente diferentes uma da outra. Fazendo uma pequena alteração na versão B, já podemos medir se a mudança traz resultados melhores ou não.

Por exemplo, digamos que os dados estão te mostrando que um número muito baixo de visitantes acaba fornecendo os endereços de email no seu site. Então seu objetivo é fazer esse número aumentar.

Para isso, você decide criar uma nova versão do formulário de contato. A nova versão pede que os visitantes preencham menos campos.

Fazer um teste A/B com as duas versões do formulário é uma ótima forma de tomar decisões baseadas em dados concretos.

Teste com eficácia

Para fazer testes A/B com eficácia, você precisa estar ciente destes detalhes:

  • Teste um elemento de cada vez. Se você testar o impacto de várias mudanças ao mesmo tempo, não saberá qual das alterações foi de fato responsável pelo aumento/diminuição das conversões.
  • Use uma quantidade suficiente de dados. É recomendado que o teste seja feito com, pelo menos, 25000 usuários para que os dados sejam considerados confiáveis. Claro, você pode escolher fazer o teste com bem menos pessoas, mas terá que avaliar por si mesmo se os resultados são suficientes.
  • Faça um planejamento de todos os testes que serão feitos. Os testes A/B permitem que você otimize seu site aos poucos, uma pequena alteração por vez. Voltando para o exemplo do teste de formulários, assim que você descobrir qual versão gera mais conversões (a com menos campos para preencher ou a com mais campos para preencher), vai poder implementar testes A/B para testar mudanças nas cores e localização do formulário também.
  • Continue testando. Testes A/B são baratos e fáceis de criar. Use os dados gerados nesses testes para identificar pontos fracos no design do seu site e continuar otimizando sua loja.

Mas não se esqueça: o design do site não é a única área da sua loja que deve ser otimizada. Você também deve melhorar a velocidade de carregamento (isso pode ser feito diminuindo a quantidade de conteúdo das páginas).

Além disso, você também vai precisar fazer otimização para mecanismos de busca (SEO) criando novos conteúdos que usam palavras-chave estratégicas.

São esses tipos de otimização que vão transformar sua pequena empresa em um negócio de sucesso.

9. Lojas virtuais precisam fazer os clientes voltarem para comprar mais

Gráfico sobre o custo de adquirir novos clientes

Uma lição importante quando aprendemos como abrir uma loja virtual de sucesso: é bem mais barato atrair novamente nossos clientes antigos do que converter novos clientes.

Por isso, fazer os fregueses voltem para comprar mais deve ser seu objetivo principal.

Existem várias estratégias para atrair clientes antigos de volta. Estas são algumas delas:

  • Pedir informações de contato dos clientes. Não se esqueça de solicitar o endereço de email dos clientes e pedir permissão para enviar mensagens de marketing. Campanhas por email são uma ótima forma de trazer o cliente de volta para o seu site.
  • Manter os clientes engajados. Entre em contato regularmente com os clientes antigos (claro, tomando cuidado para não ser inconveniente). Convide esses fregueses a interagirem com você nas redes sociais e ofereça incentivos para os seguidores engajados.
  • Lançar novos produtos com frequência. Dê um bom motivo para os clientes voltarem ao seu site: ofereça novidades. Os novos produtos não precisam ser mercadorias 100% inéditas, você pode criar versões atualizadas dos melhores itens da sua loja.
  • Oferecer produtos adicionais. Você tem um produto principal, que é o carro-chefe da sua loja, mas também quer lucrar vendendo itens adicionais? Coloque à venda produtos mais baratos e relacionados à mercadoria principal, e os ofereça aos clientes quando eles estiverem finalizando a compra.
  • Venda de assinaturas. Se seus produtos ou serviços podem ser vendidos na forma de uma assinatura mensal, essa pode ser a tática mais eficiente para fazer os clientes continuarem comprando e gerando renda contínua para sua empresa.

10. Crescimento sustentável para lojas online

Até agora, nossa lista te mostrou como abrir uma loja virtual de sucesso do zero. Mas saiba que o trabalho não acaba quando sua loja já estiver no ar e fazendo vendas, porque aí começa sua estratégia de crescimento.

Crescer é bom. Mas crescer rápido demais pode ser contraprodutivo.

Se você seguiu os conselhos que demos até agora neste texto, graças à análise de dados e otimização contínua, sua empresa já vai estar em uma posição que permite crescimento saudável e orgânico.

Apesar disso, se você quer acelerar um pouquinho o processo de crescimento da sua loja online, estas são algumas táticas que podem ser implementadas:

  • Aumentar a variedade de produtos da sua loja. Assim que você souber o que os clientes querem comprar, vai poder adicionar novas mercadorias ao seu estoque para incentivar que os fregueses façam compras maiores.
  • Vender em novas plataformas. Ter uma loja virtual própria é um ótimo lugar para começar sua jornada de empreendedor digital, mas que tal vender também na Amazon, no Instagram e em outras plataformas?
  • Aumentar o investimento em marketing. Aumentando o orçamento que a sua empresa gasta em campanhas de divulgação, sua loja vai poder alcançar mais clientes em potencial.
  • Conseguir financiamento externo. Trazer novos investidores pode abir novas oportunidades de expansão (incluindo as três estratégias acima).

A maioria das etapas que você conheceu neste guia podem ser infinitamente mais simples com a ajuda de uma boa plataforma de construção de sites e lojas virtuais.

Sabendo disso, recomendamos que você experimente o Zyro para ver, na prática, se nossas ferramentas atendem às necessidades da sua empresa.

Veja como acelerar seu crescimento

Escrevemos vários conteúdos que você pode ler para selecionar o tipo certo de produto para sua loja virtual. Conheça estes outros posts do blog do Zyro para aprender mais:

Escrito por

Avatar do autor

Jeisy Monteiro

Jeisy é dedicada a pesquisar e escrever sobre como pequenos e médios negócios podem crescer na internet de forma sustentável. Ela publica sobre criação de sites, empreendedorismo digital, tecnologia e e-commerce no blog do Zyro. No tempo livre, coleciona cassettes.

Faça parte da conversa

Seu email não será publicado. É obrigatório preencher todos os campos.