Apenas por Tempo Limitado - Economize até 87 %

+ Ganhe domínio GRÁTIS por 1 ano

A oferta termina em:

00 :

05 :

06 :

58

31 Dados Incríveis Sobre Inteligência Artificial (2021)

Dados incríveis sobre inteligência artificial

Você já recorreu à Alexa ou à Siri para saber quantos graus faziam lá fora ou como preparar uma torta de limão?

Gostamos de pensar que a inteligência artificial (IA) vive em um mundo separado, onde robôs abrem portas e servem café.

Mas a verdade é que a IA está ao nosso redor – e, enquanto você lê este texto, mais e mais empresas estão incorporando essa tecnologia.

Do machine learning (ML) e big data ao processamento de linguagem natural (NLP), vamos listar 31 dados incríveis que mostram como a inteligência artificial vai mudar muitos aspectos do nosso dia a dia nos próximos anos.

Os 10 dados e curiosidades mais importantes

Em questão de poucos anos, o uso da inteligência artificial aumentou massivamente. Tecnologias que no passado eram muito caras e raras, hoje são comuns.

De acordo com o cientista de dados do Zyro, Matas Mingela:

“Ainda estamos no início do desenvolvimento da IA, parecido com o que a internet era há 20 anos – mas já é evidente que a inteligência artificial consegue fazer muitas coisas de forma muito melhor e mais rápida que os humanos, desde avaliar imagens médicas até dirigir carros.”

Você sabia que:

  1. Só no varejo, o impacto da IA e dos sistemas neurais artificiais vale entre 400 e 800  bilhões de dólares.
  2. Mais de 40% dos consumidores acreditam que a inteligência artificial melhora suas vidas de alguma forma.
  3. O mercado da IA tem previsão de valer 190 bilhões de dólares até 2025, com o investimento global em sistemas de inteligência artificial alcançando 57 bilhões de dólares já em 2021.
  4. Mais de 35% das empresas estão, de alguma forma, usando IA.
  5. Quase 85% das empresas consideram o investimento em IA uma prioridade estratégica.
  6. Quase 90% dos negócios que já implementaram IA disseram que querem usar inteligência artificial para prever vendas.
  7. Até 2024, é estimado que vão existir mais de 8,4 bilhões de dispositivos com assistentes de voz – como a Alexa. É o dobro do que temos em 2021.
  8. Mais de 80% dos executivos da área acreditam que a inteligência artificial vai transformar o marketing B2B.
  9. O mercado de processamento de linguagem natural (NLP) tem previsão de valer mais de 40 bilhões de dólares em 2025.
  10. Previsões apontam que o mercado de IA vai ser responsável por criar 9% de todos os novos postos de emprego nos Estados Unidos até 2025.
Mão de robô branco

O mercado da IA e seu impacto nos negócios

Pensava que a inteligência artificial era um nicho obscuro de mercado e que apenas executivos e profissionais de TI se interessavam por ela?

Pensou errado. Os benefícios da IA não são aproveitados apenas pelos diretores das grandes empresas. Para provar isso, vamos apresentar alguns dados o uso da inteligência artificial agora.

1. Só no varejo, o impacto da IA e dos sistemas neurais artificiais vale entre 400 e 800  bilhões de dólares.

Não devemos subestimar o poder do mercado da inteligência artificial: no geral, se prevê que ele terá enorme impacto econômico (na casa dos trilhões de dólares) na maioria das áreas e indústrias.

2. Mais de 40% dos consumidores acreditam que a inteligência artificial melhora suas vidas de alguma forma.

Essas melhorias podem ser, por exemplo, respostas mais rápidas e melhor atendimento ao consumidor graças aos chatbots. Os consumidores acreditam que a IA facilita suas vidas.

3. O mercado da IA tem previsão de valer 190 bilhões de dólares até 2025.

O mercado da IA inclui várias soluções, como o NPL, a automação robótica de processos e o machine learning.

Por isso não surpreende que as possibilidades da inteligência artificial sejam ilimitadas.

4. Apenas 20% das empresas e diretores de TI não acreditam que a IA aumenta a produtividade.

Quando falamos de tecnologias de IA, a enorme maioria dos profissionais concorda que a inteligência artificial e o machine learning podem ser implementados para aumentar a produtividade.

Pessoa abraçando robô

Implementação da inteligência artificial

A inteligência artificial é cada vez mais usada como parte de operações de negócio.

Os dados sobre machine learning que vamos apresentar agora provam que a IA está se tornando parte essencial do mundo corporativo.

1. Mais de 35% das empresas estão, de alguma forma, usando IA.

Há apenas alguns anos, menos de 10% das empresas usava tecnologias com inteligência artificial. Hoje, o número está crescendo muito rapidamente.

2. Quase 85% das empresas consideram o investimento em IA uma prioridade estratégica.

A maioria dos executivos diz que investimentos em IA estão alinhados com as estratégias gerais de suas empresas – como aumentar a produtividade do negócio.

Grande parte das empresas esperam poder usar a inteligência artificial para automatizar tarefas repetitivas. Dessa forma, estarão aumentando a produtividade geral dos funcionários.

3. Quase 90% dos negócios que já implementaram IA disseram que querem usar inteligência artificial para prever vendas.

As organizações estão vendo o impacto que a inteligência artificial pode ter na previsão de vendas e análise de dados. Por exemplo, é possível usar IA para analisar as tendências no volume de vendas do ano interior.

4. Quase 95% dos executivos dizem que a AI tem impacto positivo em seus mercados.

E esse posicionamento frente à implementação da IA nos negócios mudou bastante: em 2018, apenas 70% dos empresários acreditavam que a inteligência artificial tinha impacto positivo em seus mercados.

Agora, praticamente todos eles concordam que a IA veio para ficar.

5. Mais de um terço dos consumidores acredita que a IA vai aprimorar o atendimento que as empresas oferecem aos clientes.

Apenas pouco mais de 25% dos consumidores acreditam que soluções de machine learning e IA atingem o mesmo nível de qualidade do atendimento humano. Porém, a maioria acredita que a inteligência artificial tem, sim, lugar no atendimento ao cliente.

6. Pouco mais de 70% dos consumidores não acham ruim que as empresas usem AI, contanto que a estratégia de IA facilite suas vidas.

Em 2021, a experiência do consumidor é o centro da atenção das empresas – e, enquanto as empresas que usam IA ainda se importarem com os clientes, todo mundo sai ganhando.

7. Quase metade dos millenials estariam dispostos a pagar para usar canais híbridos (com humanos e IA) de atendimento ao cliente.

Os millenials – a geração tech – geralmente está mais disposta a experimentar soluções inovadoras, sejam em forma de redes sociais ou bots de atendimento ao cliente.

Robô BB8 em um estacionamento

O futuro da IA

Nos próximos cinco anos, o mundo corporativo espera ver uma mudança ainda mais acentuada em direção às estratégias de inteligência artificial.

Para provar essa informação, aqui vão os dados:

1. O mercado da IA tem previsão de valer 190 bilhões de dólares até 2025. Mundialmente, o gasto com sistemas de IA vai alcançar 57 bilhões de dólares já em 2021.

Usar inteligência artificial não é mais privilégio das startups de tecnologia.

Com a IA se tornando cada vez mais comum, o crescimento anual desse mercado tem previsão de crescimento exponencial.

2. Cerca de 80% dos executivos da área acreditam que a inteligência artificial vai transformar o marketing B2.

As empresas que vendem serviços e produtos para outras empresas (B2B) esperam que a IA aumente o volume da geração de leads e preveja o valor dos produtos mesmo em um mercado instável.

3. Previsões apontam que o mercado de IA vai ser responsável por criar 9% de todos os novos postos de emprego nos Estados Unidos até 2025.

A inteligência artificial geralmente leva a fama de destruidora de empregos.

Mas a verdade é que, com mais automação e mais dados, novos empregos surjam (como monitoradores de robôs, curadores de conteúdo, cientistas de dados e especialistas em automação, por exemplo).

Alto-falante Amazon Echo visto de cima

Assistentes por voz

Os dispositivos de assistentes de voz – como a Siri e a Alexa –, estão aqui para ficar. A tecnologia de IA vão ficar cada vez melhores e mais inteligentes com a interação com clientes.

Aqui estão os dados que vão mostrar o porquê:

1. Até 2024, é estimado que vão existir mais de 8,4 bilhões de dispositivos com assistentes de voz. É o dobro do que temos em 2021.

Os memes sobre a Alexa não entender direito o que dizemos podem ser muito engraçados, mas previsões mostram que, em apenas alguns anos, podem existir mais assistentes de voz que humanos no planeta.

2. Mais de 95% dos usuários de dispositivos móveis usam assistentes por voz com IA.

Não é de se surpreender que a maioria dos consumidores diz ter pelo menos experimentado assistentes por voz. Praticamente todo mundo que usa a internet conhece a frase “Ok, Google”.

3. Quase metade (40%) das pessoas fazem pesquisas por voz pelo menos uma vez por dia em seus dispositivos móveis.

Com esse tipo de dado fica claro que, quanto melhor forem as habilidades da IA, mais pessoas vão usar esse tipo de tecnologia.

Fazer pesquisas por voz é cada vez mais comum, especialmente com o aumento dos alto-falantes inteligentes como a Alexa e o Google Home.

4. Um terço dos jovens – e pouco mais da metade dos adultos – usam os alto-falantes inteligentes para se divertir.

Entre os estadunidenses que têm um alto-falante inteligente em casa, pedir que o dispositivo toque alguma música é de longe a atividade mais solicitada para as IAs.

5. O mercado de assistentes por voz é dominado pelo Google e a Apple, que juntos comandam 70% do mercado.

Porém, a Amazon está se esforçando para alcançar o topo, já tendo 25% de participação no mercado. Por outro lado, a Cortana, da Microsoft, está por trás de 19% do mercado total.

6. Quase 60% das pessoas usam alto-falantes inteligentes para checar a previsão do tempo, enquanto 5% delas usam os assistentes por voz para tarefas mais complexas, como comprar produtos.

A experiência do usuário é a essência do mercado de assistentes por voz com IA. É evidente que a maioria das pessoas ainda não permite que a Alexa faça compras.

Robôs de brinquedo enfileirados, fundo branco

Processamento de linguagem natural (NLP)

O NLP é um campo da Inteligência Artificial que ajuda computadores a aprender, interpretar e manipular linguagens humanas.

E, de acordo com os dados que vamos apresentar agora, os sistemas NLP estão mais presentes no nosso cotidiano do que pensamos.

1. Estima-se que o mercado de sistemas NLP estará avaliado em mais de 40 bilhões em 2025.

O  mercado de NLP vem crescendo rapidamente. Espera-se que, em 2025, ele esteja 14 vezes maior do que estava em 2017. Isso que eu chamo de transformação digital.

2. O mercado de alto-falantes inteligentes, segmento da IA que faz muito uso de NLP, deverá valer 19 bilhões de dólares em 2027.

O que começou com a Siri, assistente da Apple, agora já é um mercado multimilionário. A Alexa da Amazon e o Google Home são os dispositivos que usam NLP mais conhecidos pelo público, e já movimentam bilhões.

3. No mundo, existem mais de 1.100 empresas dedicadas aos sistemas de NLP.

Entre startups e empresas públicas, o NLP está sendo desenvolvido no mercado de softwares para sere utilizado em todo tipo de produto: de ferramentas para aumentar a produtividade até sistemas de análise de dados.

4. Atualmente, proficiência em NLP é uma das habilidades mais procuradas pelos empregadores.

Machine learning e deep learning também entram nessa lista. Podemos dizer que conhecimento sobre IA é muito vantajoso na procura por um emprego.

Menina de mãos dadas com robô

Machine learning

Robôs também sonham. A aprendizagem de máquina é essencial para o conceito de inteligência artificial.

E com certeza as empresas de tecnologia estão dispostas a trabalhar muito para conquistar uma fatia desse mercado. Podemos perceber isso com estes dados:

1. O Programa de Machine Learning do Google já tem quase 90% de precisão.

Sabemos que o Google vem, nos últimos anos, se esforçando muito para desenvolver sua IA. Mesmo assim, esse dado não deixa de ser impressionante.

2. A Netflix economizou 1 bilhão de dólares em 2017 graças ao machine learning.

A Netflix é um ótimo exemplo de como a IA pode ser utilizada para economizar muito dinheiro.

A empresa alterou seu algorítimo para que ele aprendesse a sugerir filmes e séries de forma mais rápida para os usuários, e assim economizando muito no processo.

3. 20% dos executivos de melhor desempenho dizem usar machine learning.

Aprenda com o topo da pirâmide corporativa: executivos relatam que usam a IA para economizar tanto tempo quanto dinheiro na tomada de decisões e avaliação do mercado.

4. Em ambientes controlados, machine learning é melhor que os humanos em fazer leitura labial

As empresas de tecnologia ainda não disponibilizaram os robôs leitores de lábios para uso geral, mas, em ambientes controlados, a IA já está ganhando de nós nessa habilidade.

Código verde com fundo preto

Big data

Quando falamos sobre big data, estamos nos referindo a quantidades enormes de dados: informações sobre buscas na internet, compras, etc.

Tecnologias de inteligência artificial são especialmente úteis quando precisamos combinar quantidades tão grandes de dados. Devido ao tamanho dos conjuntos de dados, armazenar e coletar todas essas informações não é possível via métodos convencionais.

1. Diariamente, o Google processa mais de 3,5 bilhões de pesquisas – e 15% delas são inéditas.

Ninguém fica surpreso quando mencionamos o Google em uma discussão sobre big data. A gigante da internet, que domina 80% do mercado de mecanismos de busca, recebe muitas novas pesquisas todos os dias.

2. Para 95% das empresas, não conseguir gerenciar dados estruturados causa problemas para seus negócios.

Atualmente se coleta mais dados que nunca, e esses dados são de vários tipos e formatos diferentes. A maioria das empresas concorda que, para gerenciar todos esses tipos diferentes de dados de forma eficiente, é necessário muito tempo e dinheiro.

3. Quase 90% de todos os dados gerados atualmente são não-estruturados.

Já que os usuários usam tantos canais de comunicação com as empresas (apenas um usuário pode entrar em contato por chat do Facebook, formulários de contato, chamadas de telefone, e email), coletar e acessar dados estruturados sobre os clientes é muito difícil.

Escrito por

Avatar do autor

Jeisy Monteiro

Jeisy é dedicada a pesquisar e escrever sobre como pequenos e médios negócios podem crescer na internet de forma sustentável. Ela publica sobre criação de sites, empreendedorismo digital, tecnologia e e-commerce no blog do Zyro. No tempo livre, coleciona cassettes.

Faça parte da conversa

Seu email não será publicado. É obrigatório preencher todos os campos.