Apenas por Tempo Limitado - Economize até 69 %

06

:

dias

11

:

horas

40

:

minutos

54

segundos

Blog do Zyro

Todos os tópicos
Blog de e-Commerce Design Dicas para Pequenas Empresas Essenciais Ideias de Negócio Insights do Zyro Inspiração Marketing Novidades do Zyro

As Melhores Estratégias para Fazer seu Negócio Crescer

Sim, é verdade que todo negócio é único.

Também é verdade que não existe uma única maneira de fazer sua empresa crescer.

Mas então será que este texto ainda vai poder ajudar você a expandir seu negócio? A resposta é sim, com certeza.

Regras engessadas e vendidas como soluções fáceis não costumam dar muito certo na prática.

Como dono de um pequeno negócio buscando novas formas de aumentar sua base de clientes e ter crescimento empresarial, o sucesso da sua empresa é baseado inteiramente no perfil, produto e serviços dela. 

É exatamente por esse motivo que você precisa descartar os tradicionais livros de regras, e começar a pensar numa estratégia de crescimento diferenciada para alcançar seu sucesso. 

Este artigo é ideal se você:

  • Tem um pequeno negócio e está pronto para dar o próximo passo. 
  • Está buscando formas de como fazer seu negócio crescer online. 
  • Precisa encontrar maneiras de diversificar suas fontes de renda conquistando novos mercados.

Mas antes disso tudo, é necessário saber: você está pronto para passar pelo estágio de crescimento empresarial acelerado?

Sinais de que está na hora de expandir o seu negócio 

Todo empreendedor sabe que crescer é necessário para qualquer empresa que queira ter sucesso no longo prazo. A clientela que você tem agora não é suficiente para continuar estimulando a circulação de caixa.

Mesmo assim, crescer rápido demais no início da empresa também é ruim. Para negócios novatos, expandir muito rapidamente pode prejudicar a saúde da empresa e até colocá-la em risco.

Você sabe que sua empresa está pronta para alavancar seu modelo de crescimento quando:

  • Sua empresa tem pelo menos 3 anos de lucros contínuos.
  • Seu negócio já cresce anualmente.
  • Você tem uma base de clientes fiéis, que segue expandindo.
  • O nicho de mercado da sua empresa está se expandindo.
  • Seu plano de negócios já está alcançando objetivos.
  • Você tem uma relação estável com seus fornecedores.
  • Sua empresa tem um fluxo de caixa saudável e estável.
  • Você tem algumas dificuldades para acompanhar a demanda de novos clientes. 
  • Você já pesquisou um modelo de negócio que seja viável pra sua empresa.
  • Você está cansado da vida de ser dono de uma pequena empresa.

Se isso tudo soa como o caso atual do seu negócio, então você provavelmente está pronto para dar o próximo passo e atrair novos clientes.

Essas são nossas 12 melhores ideias de como fazer seu negócio crescer:

1. Faça sua clientela ficar mais engajada

Pessoas ao redor de uma mesa de madeira conversando

Garantir o engajamento dos clientes está no topo da lista porque é sua melhor opção no que diz respeito à construção de relações de confiança e lealdade com os consumidores. 

No mundo dos negócios, ser capaz de reter seus clientes atuais é sempre mais eficiente (no custo X benefício), do que adquirir novos clientes. 

Expandir custa caro e, enquanto você está criando sua empresa, não vale a pena arriscar perder os clientes que você já tem para investir todos os seus esforços e recursos em atrair novos fregueses.

Antes de trabalhar para deixar os clientes mais engajados, você precisa saber estas duas coisas:

  • Quem são seus clientes
  • Quais as necessidades desses clientes

Não importa se você tem uma microempresa ou uma multinacional gigante. Seu objetivo principal deve ser satisfazer as necessidades do público alvo atual. Pensar em atrair novos públicos é secundário.

Pergunte a opinião de seus clientes atuais através dos seus canais de atendimento ao cliente, e permita que as experiências deles guiem suas estratégias de crescimento.

Lembre-se: mesmo que o feedback de seus consumidores seja importante, sua empresa também deve prestar atenção no mercado e nos concorrentes.

Sua empresa só vai conseguir entender completamente as necessidades dos clientes fazendo s duas coisas: engajando a clientela e fazendo análise de mercado.

2. Dê destaque às qualidades únicas dos seus produtos 

As qualidades únicas dos seus produtos são aquelas características que os clientes amam. São elas que fazem a clientela preferir a sua loja ao invés das concorrentes.

Para identificar quais são essas qualidades únicas dos seus produtos, você precisa pensar sobre as mercadorias e serviços que seua empresa oferece.

Existem 3 categorias de qualidades:

  • Preço. Seu produto ou serviço é mais acessível do que os da concorrência. 
  • Produto. Seu negócio oferece produtos de alta qualidade, maior do que outras pequenas empresas do seu nicho. 
  • Serviço. Sua empresa oferece um excepcional atendimento ao cliente, suporte pós-venda, garantias e informações técnicas que se destacam dos competidores. 

Para dar destaque de verdade às suas características únicas, você precisa integrar esse diferencial em todos os aspectos do seu plano de negócios. 

Isso significa que você deve construir a identidade da sua empresa, seus valores e suas estratégias de marketing ao redor dessa característica.

3. Aumente sua presença online

Gráficos impressos em papel e colocados em cima de uma mesa de madeira

Expandir a presença da sua empresa na internet é a melhor forma de encontrar clientes em potencial.

Para realmente alavancar o potencial de crescimento da sua pequena empresa, você precisa maximizar sua presença online. 

Geralmente isso pode ser feito de três maneiras:

  • Marketing. Use e-mail marketing, marketing de conteúdo e anúncios pagos para atingir novos clientes em potencial. 
  • SEO. Otimize seu site para aproveitar as oportunidades que o tráfego orgânico de pesquisas oferece. 
  • Redes Sociais. Tenha uma presença definida na plataforma de mídia social que seu público mais usa e prefere.

Email marketing é uma ótima opção ótima, porque custa pouco e pode trazer bons resultados.

De acordo com a empresa Hostpapa, para cada dólar gasto em campanhas de email marketing, o retorno pode ser de até 38 dólares. Essa é uma das táticas mais baratas para adquirir novos clientes. E não é só isso: o email marketing também ajuda você a fazer os clientes antigos retornarem.

Seu foco deve ser expandir sua lista de contatos com leads de alta qualidade (ou seja, emails de pessoas que provavelmente vão se interessar pela sua marca). Para adquirir esse tipo de contato, você pode oferecer conteúdos para download ou promoções especiais em troca do email dos visitantes do seu site.

Como pequena empresa que está buscando crescer, anúncios pagos podem se tornar uma despesa cara demais que extrapola o orçamento. Talvez seja melhor investir em marketing de conteúdo e SEO.

Criar um blog para sua empresa e aplicar as melhores práticas de SEO é uma forma efetiva de melhorar o posicionamento das suas páginas nos resultados de pesquisa – e, quanto melhor seu posicionamento, mais clientes vão conhecer seu site.

Considere contratar um redator ou um copywriter para implementar essa estratégia. Você também pode investir seu próprio tempo para criar sua tática de SEO sozinho.

4. Desenvolva seus produtos e serviços atuais

O senso comum nos diz que expandir uma empresa prestadora de serviços é muito mais difícil que expandir uma empresa que vende produtos.

Mas, na verdade, a mesma estratégia de expansão pode ser usada tanto para produtos quanto para serviços.

A melhor forma de fazer uma empresa prestadora de serviços crescer é pensar nela da mesma forma que você pensaria em uma empresa que vende produtos. No ponto de vista do cliente, isso quer dizer 3 coisas:

  • Defina sua abordagem e as necessidades essenciais do seu público-alvo. 
  • Não se esqueça de identificar e codificar as etapas da linha de produção da sua empresa.
  • Delimite bem as tarefas de cada pessoa da sua equipe. 

Depois disso, é essencial definir a linha da sua marca, sendo uma que clarifique qual o problema que você está resolvendo para seus clientes, e que oponha esse problema aos benefícios do seu produto ou serviço. 

Por fim, mostre às pessoas os resultados reais de seus produtos, e garanta que o problema delas tenha sido resolvido.

Sapatos novos na caixa sobre fundo branco

Adicionar mais produtos ao catálogo da sua empresa é uma ótima maneira de aumentar as vendas e oferecer novas opções para seus clientes. 

Faça uso do seu departamento de atendimento ao cliente e da comunicação em suas plataformas online para descobrir quais produtos seus consumidores realmente precisam. 

Lembre-se que a diversificação do catálogo só é útil para o crescimento da empresa quando estes novos produtos de fato melhoram a experiência do cliente.

Se eles não melhorarem a experiência do cliente, adicionar novos produtos será apenas um erro que vai custar muito caro aos cofres do seu negócio.

6. Adapte-se aos tempos modernos 

Você já deve ter ouvido a frase “quem não se adapta fica para trás” em conversas sobre negócios.

Adaptabilidade é a chave para sobrevivência em tempos de mercados tão voláteis e incertos. Mais importante ainda, é aproveitar as oportunidades de fazer dinheiro rápido.

Para resumir a história, a taxa de sobrevivência das microempresas empresas é baixa. Pouco mais da metade delas se mantém em operação após dois anos.

Para diminuir as chances disso acontecer com seu negócio, sua empresa deve ser flexível, e sua equipe (caso você tenha) deve estar sempre atualizada frente às novas tendências e tecnologias.

Dedique parte de sua semana de trabalho para aprender sobre as transformações do seu setor e, se necessário, invista dinheiro em eventos de networking e conferências, para assim ficar à par das novidades. 

7. Participe de eventos de networking

Conferências, feiras profissionais e convenções são os locais perfeitos para criar conexões com outros profissionais da indústria e apresentar seu negócio para potenciais clientes e fortes mercados consumidores.

Apresentar sua empresa nesses eventos não vai fazer seu número de vendas saltar de um dia para o outro, e sim gerar parcerias de longo prazo que poderão estimular a expansão do seu negócio.

Ao invés de ficar sempre falando sobre o seu negócio em uma conferência, separe um tempo para também ouvir e aprender com outras pessoas quando elas falam sobre as suas próprias experiências.

Depois da conferência, tenha certeza de solidificar suas novas conexões profissionais em plataformas e redes sociais, como o LinkedIn.

8. Aumente sua presença nas redes sociais

Pessoa segurando celular com apps de redes sociais aparecendo na tela

Otimizar a presença na internet pode ser o diferencial entre crescimento e estagnação para uma pequena empresa. 

Este é um dos modos mais eficientes de atrair novas pessoas para seu negócio, aumentar o tráfego e construir autoridade sem ter que investir grandes quantidades de dinheiro em anúncios. 

Lembre-se de encontrar a plataforma ou rede social certa pro seu negócio, e priorize conteúdos de vídeo sempre que possível.

Encontrando a rede social certa para sua empresa

  • Facebook. É a maior rede social do mundo e pode ajudar você a alcançar novos públicos.
  • Twitter. O Twitter abre espaço para comunicações mais imediatas. É uma ótima plataforma para atender clientes e responder dúvidas ou reclamações, além de manter você atualizado quanto às atualidades no Brasil e no Mundo.
  • Instagram. O Instagram é perfeito para campanhas de marketing que envolvam parcerias com influenciadores, por exemplo. Sendo uma plataforma muito focada no visual, ela permite que sua empresa mostre o lado mais bonito e inspirador dos seus produtos. O Instagram também tem ferramentas de marketing potentes, sendo uma das redes sociais mais eficazes para divulgar marcas e mercadorias.
  • LinkedIn. Uma plataforma para promover produtos/serviços B2B e B2C, o Linkedin é ótimo para criar uma rede de contatos profissionais e conquistar a confiança de futuros funcionários e clientes na sua área de mercado.

Criando conteúdo

Em termos bem práticos, sua estratégia de postagens nas redes sociais deve seguir um calendário de publicação, com datas agendadas para cada tipo de conteúdo.

A primeira coisa a se fazer é definir quem é seu público e pensar sobre os tipos de conteúdos que interessariam às pessoas que seguem o perfil da sua empresa.

O próximo passo é publicar conteúdo com regularidade. Sempre dê prioridade aos conteúdos em vídeo, depois para as imagens e, em terceiro lugar na lista de prioridades, os textos. Vídeos e imagens costumam ser bem mais eficazes.

9. Use ao seu favor o conteúdo postado pelos seus seguidores

Exemplo postagem no Instagram

Mais de 86% das empresas utilizam o conteúdo gerado pelos seus próprios usuários em suas estratégias de marketing.

Por quê? Bem, além do fato de que o conteúdo criado e compartilhado pelos consumidores recebe muito mais engajamento, ele também vale mais a pena no custo X benefício.

Se você criar uma marca forte o suficiente com a qual os usuários gostem de interagir, muitas vezes as pessoas irão começar a falar da sua marca na internet de forma orgânica.

Uma tática que sua empresa pode usar para incentivar os clientes a postarem mais conteúdos sobre a marca é criar competições e concursos.

Estas são algumas ideias que você pode implementar:

  • Criar um concurso para escolher a melhor hashtag
  • Organize um sorteio e peça que os participantes compartilhem memes, avaliações ou fotos relacionados à sua empresa
  • Faça perguntas aos seguidores
  • Crie postagens relacionadas as épocas do ano e feriados
  • Personalize plataformas, embalagens e produtos para que eles se alinhem ao visual da sua marca

10. Peça indicações

Indicações funcionam porque os consumidores tendem a confiar em dicas dadas por outros clientes ou por especialistas, mais do que eles confiam em anúncios pagos ou outros tipos de campanhas de marketing. 

Existem muitas formas de conseguir essas referências, mas o mais comum é encontrar especialistas, blogueiros, ou influenciadores do seu nicho de mercado que estejam dispostos a indicar sua empresa para os seguidores deles.

Para construir uma rede de parceiros dispostos a indicar sua empresa, você pode seguir estas etapas:

  • Aperfeiçoe seu pitch. Pitch é um pequeno discurso sobre as vantagens e diferenciais da sua empresa, com a intenção de convencer investidores, parceiros e clientes. Os melhores pitches são os simples. Fala já de primeira qual é sua intenção e dê um pequeno resumo sobre sua empresa, seu sucesso e seus produtos. Faça uma pesquisa antes de enviar os pitches para os contatos, e nunca envie uma mensagem padrão para todos eles. Adapte o pitch de acordo com o contato que está recebendo a mensagem.
  • Cultive seus relacionamentos profissionais. Para se tornarem laços eficazes que vão trazer resultados para sua empresa, os contatos precisam ser mantidos e cultivados. Mantenha a conversa e atualize os parceiros sobre as mudanças na sua empresa.
  • Entregue qualidade excepcional. Não se esqueça de que, quando alguém indica sua empresa, a reputação da pessoa também é colocada em xeque. Se seu produto não tiver boa qualidade, a pessoa provavelmente não vai indicar sua marca mais.

11. Reduza os riscos

Homem de terno sentado no sofá e lendo documentos

Pode parecer óbvio, mas estratégias de redução de riscos e estímulo de crescimento andam de mãos dadas. 

Riscos são todas aquelas coisas que ameaçam sua empresa ou que podem causar algum bloqueio monetário inesperado que você não consiga superar. 

Estes riscos assumem diversas formas, e algumas das formas mais comuns de reduzi-los são:

  • Tenha um seguro 
  • Reduza empréstimos 
  • Proteja seus dados 
  • Procure aconselhamento legal 
  • Contrate profissionais especializados 
  • Diversifique seus produtos

12. Acompanhe e ajuste a sua estratégia de crescimento

Dados, análises e testes são algumas das ferramentas mais poderosas que estão à sua disposição para estimular um crescimento sustentável, inteligente e estratégico. 

Enquanto plataformas analíticas podem parecer assustadoras no início, é importante entender que sem dados você estará tentando otimizar seu site cegamente. 

Dados permitem que você faça as perguntas corretas e encontre as respostas corretas também. Felizmente, há muitas maneiras de coletar tais dados.

O Google Analytics, por exemplo, analisa o comportamento dos visitantes dentro do seu site e acompanha métricas muito importantes, como a taxa de rejeição, o abandono de site, o tempo médio de sessão e o tempo gasto em cada página.

O Google Search Console lida com o tráfego recebido e mostra como os visitantes encontraram seu site. Por exemplo, se seu site não estiver recebendo muito tráfego vindo dos buscadores como o Google, pode ser uma indicação de que você precisa melhorar seu SEO, incluindo seus metadados e tags.

Por fim, é importante testar tudo que for possível. Testes A/B permitem que você compare duas versões diferentes de um elemento, para descobrir qual delas performa melhor com seus usuários.

Escrito por

Avatar do autor

Bruna

Bruna é determinada em tornar o conhecimento sobre tecnologia acessível para todas as pessoas. Dá dicas para pequenos negócios, e escreve sobre estratégias de crescimento empresarial, hospedagens de sites e registro de domínios. Tem experiência com atendimento ao cliente, otimização de processos, organização de eventos e redação acadêmica. No tempo livre, gosta de estudar sociologia e assistir séries.

Faça parte da conversa

Seu email não será publicado. É obrigatório preencher todos os campos.