Apenas por Tempo Limitado - Economize até 69 %

04

dias

:

14

horas

:

12

minutos

:

11

segundos

Blog do Zyro

Todos os tópicos
Blog de e-Commerce Design Dicas para Pequenas Empresas Essenciais Ideias de Negócio Insights do Zyro Inspiração Marketing Novidades do Zyro

O que um bom site deve ter? Um Guia Completo

Criação de site digital

Atualmente há mais de 1.5 bilhão de sites no mundo, e esse número está em contante crescimento. Então faz sentido que seja difícil se destacar da concorrência nesse cenário. Ao se perguntar o que um bom site deve ter, é possível aprender como criar um site de sucesso aplicando boas práticas que fazem seu site ser distinto dos demais. 

Neste artigo vamos explorar os motivos pelos quais é essencial que hoje em dia seu negócio tenha um site, e vamos descobrir o que um site deve ter para ser bom, quais fatores e quais partes de um site contribuem para que ele tenha sucesso. 

15 características de um ótimo site – o que um bom site deve ter

É difícil se manter relevante com centenas de competidores no mundo da internet. Sabendo o que um bom site deve ter, é possível fazer o seu realmente se destacar. Ele precisa:

  • Ter uma clara hierarquia de páginas 
  • Manter a navegação simplificada
  • Apresentar uma aparência chamativa
  • Compartilhar conteúdos originais 
  • Otimizar suas páginas para dispositivos móveis
  • Prestar atenção ao tempo de carregamento do site
  • Ter uma segurança robusta
  • Optar por um bom nome de domínio 
  • Otimizar estratégias de SEO on-page
  • Trabalhar estratégias de SEO off-page
  • Usar uma hospedagem confiável
  • Manter suas informações de contato atualizadas 
  • Criar redirecionamentos para suas redes sociais
  • Construir seu site de acordo com seu nicho
  • Incluir avaliações e depoimentos de seus clientes 

Graças aos construtores de sites e aos provedores de hospedagem, que permitem acessibilidade e velocidade, o processo para criar um bom site hoje em dia se tornou mais facilitado.

Pedras arredondadas empilhadas em uma praia

1. Hierarquia de páginas

Design simples e hierarquia de páginas são duas partes de um site com muita relevância para seu sucesso. Os mecanismos de busca e os visitantes amam sites que são fáceis de usar. 

Nota do Editor – A hierarquia de páginas é um conceito organizacional que se refere à estrutura e ordenação das páginas de um site – a página inicial pode ir se dividindo em subpáginas – e estas subpáginas, por sua vez, podem se dividir em outras mais.

Essas páginas são chamadas de parent e child (pais e filhos), e a forma com que se organizam na estrutura do site é chamada de hierarquia. 

Visitar um site que tem um design confuso pode levar à frustração e decepção. Você deve sempre ter como objetivo criar um site intuitivo, que pode ser navegado sem precisar que se pense muito. 

Uma estrutura desorganizada vai aumentar muito sua taxa de rejeição, afetando sua marca negativamente. A taxa de rejeição é a porcentagem de pessoas que saem do seu site depois de abrir apenas uma página.

Tenha seus clientes sempre em mente e garanta que isso não vá ocorrer em seu site. 

2. Navegação simples

O que um bom site deve ter? Uma navegação que não seja complicada. 

O menu, os botões CTA, o campo de pesquisa e as barras laterais, superiores e inferiores devem ser facilmente encontradas e devem ser relevantes para o conteúdo a qual se referem. 

A maioria dos sites possui botões de menu nas seções do topo ou no fim da página. Seguir uma estrutura comum e previsível vai ajudar muito na experiência do seu usuário, além de te indicar o que um site deve ter para ser bom. 

Para começar, faça uma lista de sites que você gosta. Navegue por eles e pense nas características que estão presentes em todos os seus sites preferidos. Analise quais desses recursos você acha intuitivos e facilitadores.

Não há nada vergonhoso em se inspirar nas ideias de outros sites, desde que você não esteja inteiramente copiando alguém. Emprestar ideias é ideal para descobrir o que um bom site deve ter. 

As soluções mais comuns são menu responsivo e multi-level e conteúdo bem estruturado com estilo simples e com imagens – é muito melhor do que uma única página só com textos.

Foque sempre na navegação: seu visitante não deve precisar pensar duas vezes quando acessar seu site. Não os faça ter que adivinhar o que vai acontecer caso cliquem em um ícone do menu. 

Landing page do  site Fernell - pessoas conversando em escritório

3. Visual chamativo

Não leva muito tempo para que os visitantes criem uma opinião sobre um site, então ter um design atraente é uma das prioridades quando pensamos em como criar um bom site. 

Analisar bem a paleta de cores, o tom de comunicação e a aparência geral das suas páginas, é essencial criar um site de sucesso. 

Se você não pode ou não está disposto a pagar um designer profissional, fazer a escolha do tema certo é uma decisão muito importante. 

A maioria dos construtores de sites possui uma vasta biblioteca de temas e modelos, então você precisa conhecer bem seu nicho ou público alvo, e saber quais são as necessidades do seu site e dos seus clientes, para assim conseguir escolher o melhor design para suas páginas e que seja apropriado para o seu negócio. 

Começar já escolhendo o template certo significa que você terá menos problemas ao longo da jornada, assim poupando tempo de resolução de problemas e evitando maiores frustrações. 

Ademais, um site cujo tema é simples e otimizado ajuda a diminuir a taxa de rejeição, além de acelerar a velocidade de carregamento das suas páginas. 

Além de escolher um tema que seja bonito e com um design minimalista, você precisa garantir que os elementos dele não irão distrair seus clientes, levando-os a prestar atenção em outros fatores que não o conteúdo do seu site em si.

Se as postagens do seu blog são seu principal produto, optar por um modelo de site feito para portfólios de fotografias pode não ser a escolha ideal para atingir seu público e fazê-lo focar no que está escrito.

4. Conteúdos originais

É seguro dizer que conteúdo de alta qualidade é responsável por pelo menos metade de o que um bom site deve ter. 

Esteja preparado para publicar conteúdos frescos e originais regularmente, assim você conseguirá impulsionar sua estratégia SEO e ficar melhor posicionado no ranqueamento das páginas de respostas dos mecanismos de pesquisa (SERP), como o Google.  

Ficar melhor posicionado nas SERPs (páginas de resultados dos mecanismos de pesquisa) significa aumentar suas chances de ser visto pelo público geral e de ser descoberto por potenciais clientes. Assim, também ajuda seu site a se manter relevante no mercado. 

Sites bons focam nas necessidades dos visitantes, então tenha certeza de que seu conteúdo é relevante para seus clientes e possui as informações que eles buscam. 

Pode parecer entediante, e você pode ficar tentado a pegar um atalho e copiar conteúdos de outros sites… mas plágio não só é ilegal, como também prejudica bastante sua reputação e as estratégias de SEO do seu site. 

Uma dica bastante útil para ter conteúdos de alta qualidade é possuir uma seção de blog no seu site e contratar redatores profissionais, ou editores e criadores de conteúdo que possuam conhecimento em SEO, que poderão te oferecer conteúdos únicos. 

5. Compatibilidade com dispositivos móveis

Homem segurando um celular sobre uma mesa com xícara de café

Sem dúvida, quando alguém se pergunta o que um bom site deve ter, a responsividade é um fator-chave. É muito importante que você faça seu site ser adaptável a qualquer dispositivo e navegador. 

Lembre-se que, na média, um site demora 87% mais para carregar em um celular. Você já fechou uma janela porque o site demorou muito para carregar? Se você já fez isso, há grandes chances de que as pessoas visitando o seu site também o façam. 

Já que mais da metade dos usuários da internet navegam em telas de dispositivos móveis, não otimizar seu site para telas menores pode resultar em perda de 50% da sua receita potencial. 

Utilize ferramentas como o Google Analytics para verificar o quanto do tráfego que chega ao seu site vem de dispositivos móveis. 

Conhecer mais sobre seu público alvo, e sobre as preferências dele, também te ajuda a oferecer experiências de navegação muito mais fluidas e agradáveis aos visitantes.

Além do mais, possuir um site que seja responsivo e compatível com celulares, torna ainda mais fácil o seu trabalho de divulgação, já que te permite utilizar estratégias de marketing específicas para dispositivos móveis, como notificações push e mensagens de texto. 

6. Velocidade de carregamento

Se você já acessou um site super lento, já sabe o quão frustrante é. 

A realidade é que 40% dos visitantes  basicamente abandona uma página se ela leva mais do que 3 segundos para carregar. Ou seja, lentidão significa perda de receita. 

Felizmente, há diversas medidas que você pode tomar para evitar que isso aconteça com seu site. 

Optar por um tema otimizado, comprimir imagens, corrigir links quebrados – esses são apenas alguns dos fatores que fazem seu site carregar mais rápido. 

A lentidão também afeta seu SEO de forma bem negativa. Recorra às melhores práticas de aceleração e otimização, e utilize de plataformas e ferramentas, como o Google PageSpeed Insights, para monitorar o desempenho de velocidade do seu site. 

Dica: manter seu site em um provedor de hospedagem seguro, e usar um construtor de sites confiável, também são ótimas formas de combater problemas de velocidade. Verifique se eles oferecem bons elementos de aceleração para o carregamento do seu site, garantindo que ele está em boas mãos. 

7. Segurança robusta 

Cadeado pendurado em corrente, trancando portão

Uma das prioridades para um bom site é a segurança. Um alto nível de segurança protege não só o conteúdo do seu site, mas também a privacidade dos seus visitantes. 

Isso é especialmente importante se você tem um site que lida com informações sensíveis dos usuários, como número de cartão de crédito e dados pessoais dos clientes de uma loja virtual. 

Apenas na primeira metade de 2019 foram reportadas mais de 3 mil brechas de segurança expondo 4,1 bilhões de registros. Comparado com o ano anterior, 2018, as falhas de segurança tiveram um aumento de 54%. 

Então quando pensar em o que um bom site deve ter, tenha sempre em mente a segurança, e tome as medidas de proteção corretas para seu site ficar seguro, como manter seu software atualizado para evitar hackers, e gerar backups regulares dos seus arquivos em caso de perda de dados. 

A escolha do provedor de hospedagem também tem um papel muito relevante com relação à segurança do seu site. Sempre escolha uma hospedagem segura e com boa reputação. 

Outra medida primordial para garantir a proteção do seu site é a instalação do SSL – um certificado digital que criptografa sua conexão de internet e protege todos os dados e informações transferidos pelo seu site. 

Possuir aquele cadeado verde visível na barra de endereço ao lado da URL do seu site gera confiança nos visitantes e também te ajuda com relação ao ranqueamento e SEO. 

8. Nome de domínio ideal

Antes de criar um site, um dos passos mais importantes é escolher o nome de domínio certo para a sua marca. 

Parece algo banal, mas se feito da forma errada, pode se tornar um grande problema no futuro, já que o nome de domínio influencia diretamente no reconhecimento do seu negócio. 

Digamos que sua empresa trabalha com lixo eletrônico e reciclagem de metais. Por mais que seja tentador escolher um domínio que indique o que é sua marca, como www.lixoeletronico.com.br, pense melhor sobre o que isso pode significar para os usuários da internet num geral. Esse domínio vai refletir seu negócio da melhor forma possível?

Quando for escolher um nome para sua marca, ou um domínio para seu site, busque seguir as melhores práticas sobre o assunto. 

A principal dica é optar por um nome de domínio curto, único e memorável. 

O domínio perfeito deve passar com sucesso pelo Teste do Bar. Isso quer dizer que seu nome de domínio deve ser facilmente compreendido quando você falar ele para um amigo que está do outro lado da mesa de um bar. Por isso evite nomes longos, que possuam palavras difíceis ou que sejam complicados de soletrar. 

Também evite utilizar hifens e números, assim seu site vai se parecer mais profissional e você poderá utilizá-lo por anos e anos. 

Reserve um bom tempo para pensar num nome de domínio que vá facilitar o crescimento da sua marca no futuro. 

Se você está no processo de escolha de domínio, considere utilizar o verificador de domínios do Zyro, assim poderá checar a disponibilidade e os preços dos domínios que te interessam.

Depois de decidir seu domínio, os próximos passos para o sucesso se tornarão um pouco mais fácies. 

9. SEO Off-page

Gráficos e números na tela de um computador

A importância do SEO (Search Engine Optimization – otimização dos mecanismos de busca) para o ranqueamento de um site nas páginas de resultados de pesquisas (SERPs) é bem conhecida pela maioria dos donos de sites e negócios online. 

Boas práticas de SEO resultam em mais tráfego, aumentando o valor do seu site. Em resumo, uma boa estratégia SEO resulta em um bom site.

Para utilizar SEO off-page você deve focar no entendimento do que são essas práticas externas de otimização e como empregá-las fora de seu site. 

Um dos melhores exemplos é o chamado back-linking – que melhora a reputação da sua marca e permite que os mecanismos de busca reconheçam que seu site é de qualidade. 

Você pode aumentar a porcentagem de backlink com publicações de convidados ou com conteúdos interessantes que as pessoas vão querer compartilhar através de links em suas próprias contas e sites. 

Nota do Editor – Pense em como o conteúdo do seu site responde às pesquisas específicas que as pessoas podem fazer no Google. Se você possui uma loja virtual de calçados, quem sabe você pode passar a escrever artigos aprofundados em, por exemplo, características específicas de botas para cada estação ou clima.

Você também pode considerar o marketing de afiliados como estratégia de impulsionamento do seu SEO off-page. Fazer parcerias com afiliados que criam rankings e listas dos melhores produtos disponíveis no mercado (para um nicho em particular) pode ser uma ótima maneira de estimular o crescimento do seu site. 

10. SEO On-page

As estratégias de SEO on-page, também conhecidas como SEO local, são práticas de otimização das páginas do seu site em si. 

Isso inclui pesquisas e utilização de palavras-chave, otimização de conteúdo, meta-descrições, URLs amigáveis, textos alternativos em imagens, entre outras. 

Hoje em dia muitos sites utilizam ferramentas e serviços que auxiliam na maximização do SEO local. 

E quanto mais clara e organizada for a estrutura do seu site, melhores as chances de otimizar o SEO on-page. Os rastreadores de rede (crawling bots) são atraídos por sites com boa estrutura, facilitando a indexação do seu conteúdo nos mecanismos de busca. 

Então mantenha a estrutura das suas páginas bem organizada e garanta que cada uma delas tem um propósito único e verdadeiro no seu site. 

11. Hospedagem de confiança

Escolher o provedor de hospedagem correto é essencial para poder criar e manter um site eficiente e totalmente funcional.

Uma hospedagem com boa reputação está diretamente ligada ao nível de segurança do seu site e à facilidade ou complexidade de manutenção dele. 

Já que a hospedagem é “a base” de um site, escolha a sua com cuidado, optando por um provedor que tenha alta porcentagem de uptime, que ofereça protocolos de segurança robustos e relevantes, e que possua um canal de comunicação para suporte ao vivo que esteja sempre disponível para te ajudar a solucionar qualquer problema a qualquer hora do dia. 

No Zyro, a hospedagem cloud gratuita está inclusa em todos os planos, permitindo que os usuários publiquem um site sem precisar comprar um plano de hospedagem separado. 

Parte de o que um bom site deve ter está muito relacionada com o quão fácil é o seu gerenciamento pelo proprietário. 

É por isso que, especialmente se você é iniciante nesse assuno, recomendamos muito optar por uma plataforma ampla que reúna todos os aspectos do processo, desde a hospedagem até a construção do site. 

12. Informações de contato atualizadas

Se seus dados não estão atualizados no seu site, ele perde muito propósito e utilidade, podendo gerar desconfiança nos visitantes e possíveis clientes. 

Especialmente em casos de lojas virtuais e sites institucionais, não exibir informações corretas sobre o número de telefone, e-mail e endereço, faz a marca toda parecer suspeita.

Bons temas e modelos de site já facilitam consideravelmente essa atividade, reservando um espaço específico para os dados de contato no rodapé de todas as páginas do site. 

Incluir uma página específica de Contato também é uma ótima escolha, pois vai bem com o design da maioria dos sites e torna as informações ainda mais visíveis. Ter uma página que detalha sua localização e informa como as pessoas podem entrar em contato com sua empresa torna mais fácil e intuitiva a tarefa dos visitantes que desejam se comunicar com sua marca.

monitor de computador exibindo homem usando binóculos com o símbolo do facebook sobre as lentes

13. Links para as redes sociais

Sua presença online é mais do que apenas seu site. 

Mais um elemento para a lista que o que um bom site deve ter é a ligação com as contas da marca em diversas redes sociais. Mas deve-se sempre prestar atenção aos detalhes!

Para construir uma marca de sucesso, você deve considerar utilizar seu domínio como seu nome nas redes sociais sempre que possível. 

Você deve basear seu design digital em uma identidade visual da marca. Assim seu site e suas redes sociais serão coesos, e por terem um design coerente, vão transmitir a mesma ideia e o mesmo tom aos seus visitantes, melhorando a experiência deles quando, por exemplo, acessarem seu perfil no Instagram a partir do seu site.

Se você tem uma loja virtual, considere integrar as mídias sociais no seu site também. Adicionar o feed do Instagram e o bate papo do Facebook no seu site facilita a experiência de possíveis clientes que desejam tirar dúvidas ou conhecer melhor sua marca.

14. Adequação ao nicho

Outro fator indicativo de o que um site deve ter para ser bom é a sua funcionalidade. Não importa qual o nicho do seu negócio, é importante que seu site sirva a um propósito. 

Caso você esteja criando um site para loja virtual, ele deve ter uma integração com plataformas de pagamento, uma página de carrinho, e medidas de segurança apropriadas para realização de pagamentos seguros. 

Por outro lado, se você utiliza o site principalmente para a criação de conteúdos para seu blog, então você precisa de uma plataforma com um excelente editor de texto e com múltiplas opções de publicação. 

Já os sites institucionais precisam se comunicar bem com os visitantes, exibindo os serviços disponíveis, avaliações, depoimentos e informações de contato facilmente encontráveis pelos potenciais clientes. 

Comece pensando nas funções e recursos principais que seu site precisa, então passe para a construção da sua obra-prima ao redor disso. 

imagem digitalizada de homem analisando avaliações de produtos sobre um computador

15. Avaliações e depoimentos

Nada gera tanta confiança quanto depoimentos sinceros de consumidores. 

Reunir avaliações honestas e reais dos seus clientes é mais fácil do que você imagina. Ofereça um pequeno benefício ou brinde, como frete grátis ou desconto nas próximas compras, e antes que você se dê conta, já terá diversos feedbacks valiosos em sua página. 

Publique esses feedbacks com orgulho nas suas landing pages, e interprete  as críticas como construtivas, como dicas de melhoria para sua empresa. 

Dependendo do seu negócio e do tipo de serviços que você oferece, é interessante dedicar uma página inteira exclusivamente para estudos de caso e histórias de sucesso dos seus clientes. 

No caso de lojas virtuais, a maioria das plataformas permite que os consumidores façam avaliações na própria página do produto em questão. Isso simplifica o processo de compra para possíveis novos clientes. 

Dica – Não se esqueça de incentivar os consumidores a fazerem avaliações e feedbacks dos seus produtos através das redes sociais.

Por que é importante ter um site?

Ilha em formato de ponto de interrogação

Ter um site para o seu negócio (ainda que seja individual) traz muitas vantagens, como o potencial de atrair um público maior, facilidade de engajamento, mais oportunidades para marketing e vendas, e maior reconhecimento da sua marca. 

Relatórios indicam que menos de dois terços dos pequenos negócios possuem sites. Essa fração pode parecer gigante, mas quando inserida no contexto de que 89% das decisões de compra são feitas baseadas em mecanismos de pesquisa online, a estatística parece até pequena. 

Se você é dono de uma loja que vende produtos ou serviços, não ter um site pode limitar muito as suas chances de vender e expandir sua empresa. 

Independente de qual tipo de negócio você possui, hoje em dia, ter um site para te representar e representar sua marca é primordial, e pode te beneficiar de muitas formas. 

Ter um site para sua marca faz sentido por diversos motivos:

  • Estabelecer uma presença online – um site aumenta a visibilidade da sua marca, aumentando também suas chances de competir no mercado. Então basta adicionar à isso uma estratégia inteligente de gestão de redes sociais, e você estará pronto para dominar o mundo.
  • Vale a pena financeiramente – criar e manter um site é uma tarefa acessível nos dias de hoje, especialmente quando colocamos na conta as oportunidades positivas que você ganha financeiramente, ou quando comparamos com o custo de manutenção de um espaço físico. 
  • Alcançar mais pessoas através de anúncios – anunciar seus produtos e serviços online coloca sua marca cara a cara com um público muito mais amplo. Além do mais, você pode se beneficiar com os dados que essas propagandas geram, facilitando seu processo de tomada de decisão com relação ao marketing. 
  • Acessibilidade ao eliminar barreiras geográficas – um site permite que seu negócio seja acessado globalmente, independente de fusos horários ou fronteiras. 
  • Construção de uma comunidade – um site oferece oportunidades de comunicação, seja através de fóruns, bate-papos, quadro de mensagens, depoimentos e avaliações. Isso tudo gera confiança entre os consumidores para com a sua marca. 
  • Abertura de novas portas – ter um site oferece inúmeras novas oportunidades, como parcerias, patrocínios, ofertas de emprego e possibilidades de marketing digital. 
  • Incentivo à sua criatividade – construir um site te permite escrever conteúdos, publicar imagens e criar designs. Então caso você seja uma pessoa criativa, pode dar um senso de direção e utilidade às suas paixões, compartilhando-as com o mundo.

Escrito por

Avatar do autor

Bruna

Bruna é determinada em tornar o conhecimento sobre tecnologia acessível para todas as pessoas. Dá dicas para pequenos negócios, e escreve sobre estratégias de crescimento empresarial, hospedagens de sites e registro de domínios. Tem experiência com atendimento ao cliente, otimização de processos, organização de eventos e redação acadêmica. No tempo livre, gosta de estudar sociologia e assistir séries.

Faça parte da conversa

Seu email não será publicado. É obrigatório preencher todos os campos.