Apenas por Tempo Limitado - Economize até 69 %

04

dias

:

13

horas

:

45

minutos

:

09

segundos

Blog do Zyro

Todos os tópicos
Blog de e-Commerce Design Dicas para Pequenas Empresas Essenciais Ideias de Negócio Insights do Zyro Inspiração Marketing Novidades do Zyro

O Que Faz Um Site Ser Bom: 13 Pontos-Chave

13 dicas de o que um bom site deve ter

Atualmente existe mais de 1.5 bilhão de sites no mundo, e esse número está em contante crescimento

Consequentemente, faz sentido que seja difícil se destacar da concorrência nesse cenário. Ainda assim, é possível aprender como criar um site de sucesso aplicando boas práticas que fazem seu site ser distinto dos demais. 

Neste artigo vamos explorar os motivos pelos quais é essencial que hoje em dia seu negócio tenha um site, e vamos descobrir o que um site deve ter para ser bom, quais fatores e quais partes de um site contribuem para que ele seja próspero e potente. 

1. Hierarquia de páginas

Design simples e hierarquia de páginas são duas partes de um site essenciais para seu sucesso. Mecanismos de busca e visitantes amam sites que são fáceis de usar. 

Essas páginas são chamadas de parent e child (pais e filhos), e a forma com que se organizam na estrutura do site é chamada de hierarquia. 

Visitar um site que tem um design confuso pode levar à frustração e decepção. Você deve sempre ter como objetivo criar um site intuitivo, que pode ser navegado sem precisar pensar muito. 

Uma estrutura desorganizada vai aumentar muito sua taxa de rejeição, afetando sua marca negativamente. A taxa de rejeição é a porcentagem de pessoas que saem do seu site depois de abrir apenas uma página.

2. Navegação simples

O que um bom site deve ter? Uma navegação que não seja complicada. 

O menu, os botões CTA, o campo de pesquisa e as barras laterais, superiores e inferiores devem ser facilmente encontradas e devem ser relevantes para o conteúdo a qual se referem. 

A maioria dos sites possui botões de menu nas seções do topo ou no fim da página. Seguir uma estrutura comum e previsível vai ajudar muito na experiência do seu usuário, além de te indicar o que um site deve ter para ser bom. 

Para começar, faça uma lista de sites que você gosta. Navegue por eles e pense nas características que estão presentes em todos os seus sites preferidos. Analise quais desses recursos você acha intuitivos e facilitadores.

As soluções mais comuns são um menu responsivo e multi-level e conteúdo bem estruturado com estilo simples e com imagens – é muito melhor do que uma única página só com textos.

Foque sempre na navegação: seu visitante não deve precisar pensar duas vezes quando acessar seu site. Não os faça ter que adivinhar o que vai acontecer caso cliquem em um ícone do menu. 

3. Visual chamativo

Não leva muito tempo para que os visitantes criem uma opinião sobre um site, então ter um design atraente é uma das prioridades quando pensamos em como criar um bom site. 

Analisar bem a paleta de cores, o tom de comunicação e a aparência geral das suas páginas, é essencial criar um site de sucesso.

Se você não pode ou não está disposto a pagar um designer profissional, fazer a escolha do tema certo é uma decisão muito importante. 

A maioria dos construtores de sites possui uma vasta biblioteca de temas e modelos, então você precisa conhecer bem seu nicho ou público alvo, e saber quais são as necessidades do seu site e dos seus clientes, para assim conseguir escolher o melhor design para suas páginas e que seja apropriado para o seu negócio. 

Começar já escolhendo o template certo significa que você terá menos problemas ao longo da jornada, assim poupando tempo de resolução de problemas e evitando maiores frustrações. 

4. Conteúdos originais

É seguro dizer que conteúdo de alta qualidade é responsável por pelo menos metade de o que um bom site deve ter. 

Esteja preparado para publicar conteúdos frescos e originais regularmente, assim você conseguirá impulsionar sua estratégia SEO e ficar melhor posicionado no ranqueamento das páginas de respostas dos mecanismos de pesquisa (SERP), como o Google.  

Ficar melhor posicionado nas SERPs (páginas de resultados dos mecanismos de pesquisa) significa aumentar suas chances de ser visto pelo público geral e de ser descoberto por potenciais clientes. Assim, também ajuda seu site a se manter relevante no mercado. 

Uma dica bastante útil para ter conteúdos de alta qualidade é possuir uma seção de blog no seu site e contratar redatores profissionais, ou editores e criadores de conteúdo que possuam conhecimento em SEO, que poderão te oferecer conteúdos únicos. 

5. Compatibilidade com dispositivos móveis

É muito importante que você faça seu site ser adaptável a qualquer dispositivo e navegador. 

Lembre-se que, na média, um site demora 87% mais para carregar em um celular. Você já fechou uma janela porque o site demorou muito para carregar? Se você já fez isso, há grandes chances de que as pessoas visitando o seu site também o façam. 

Já que mais da metade dos usuários da internet navegam em telas de dispositivos móveis, não otimizar seu site para telas menores pode resultar em perda de 50% da sua receita potencial. 

Possuir um site que seja responsivo e compatível com celulares, torna ainda mais fácil o seu trabalho de divulgação, já que te permite utilizar estratégias de marketing específicas para dispositivos móveis, como notificações push e mensagens de texto. 

6. Velocidade de carregamento

Se você já acessou um site super lento, já sabe o quão frustrante é. 

A realidade é que 40% dos visitantes  basicamente abandona uma página se ela leva mais do que 3 segundos para carregar. Ou seja, lentidão significa perda de receita. 

Optar por um tema otimizado, comprimir imagens, corrigir links quebrados – esses são apenas alguns dos fatores que fazem seu site carregar mais rápido. 

A lentidão também afeta seu SEO de forma bem negativa. Recorra às melhores práticas de aceleramento e otimização, e utilize de plataformas e ferramentas, como o Google PageSpeed Insights, para monitorar o desempenho de velocidade do seu site. 

7. Segurança robusta 

Uma das prioridades para um bom site é a segurança. Um alto nível de segurança protege não só o conteúdo do seu site, mas também a privacidade dos seus visitantes. 

Isso é especialmente importante se você tem um site que lida com informações sensíveis dos usuários, como número de cartão de crédito e dados pessoais dos clientes de uma loja virtual. 

Então quando pensar em o que um bom site deve ter, tenha sempre em mente a segurança, e tome as medidas de proteção corretas para seu site ficar seguro, como manter seu software atualizado para evitar hackers, e gerar backups regulares dos seus arquivos em caso de perda de dados. 

A escolha do provedor de hospedagem também tem um papel muito relevante com relação à segurança do seu site. Sempre escolha uma hospedagem segura e com boa reputação. 

Outra medida primordial para garantir a proteção do seu site é a instalação do SSL – um certificado digital que criptografa sua conexão de internet e protege todos os dados e informações transferidos pelo seu site. 

8. Nome de domínio ideal

A principal dica é optar por um nome de domínio curto, único e memorável. 

O domínio perfeito deve passar com sucesso pelo Teste do Bar. Isso quer dizer que seu nome de domínio deve ser facilmente compreendido quando você falar ele para um amigo que está do outro lado da mesa de um bar. Por isso evite nomes longos, que possuam palavras difíceis ou que sejam complicados de soletrar. 

Também evite utilizar hifens e números, assim seu site vai se parecer mais profissional e você poderá utilizá-lo por anos e anos. 

Se você está no processo de escolha de domínio, considere utilizar o verificador de domínios do Zyro, assim poderá checar a disponibilidade e os preços dos domínios que te interessam.

9. SEO Off-page

A importância do SEO (Search Engine Optimization – otimização dos mecanismos de busca) para o ranqueamento de um site nas páginas de resultados de pesquisas (SERPs) é bem conhecida pela maioria dos donos de sites e negócios online. 

Boas práticas de SEO resultam em mais tráfego, aumentando o valor do seu site. Em resumo, uma boa estratégia SEO resulta em um bom site.

Para utilizar SEO off-page você deve focar no entendimento do que são essas práticas externas de otimização e como empregá-las fora de seu site. 

Um dos melhores exemplos é o chamado back-linking – que melhora a reputação da sua marca e permite que os mecanismos de busca reconheçam que seu site é de qualidade. 

10. SEO On-page

As estratégias de SEO on-page, também conhecidas como SEO local, são práticas de otimização das páginas do seu site em si. 

Isso inclui pesquisas e utilização de palavras-chave, otimização de conteúdo, meta-descrições, URLs amigáveis, textos alternativos em imagens, entre outras. 

Os rastreadores de rede (crawling bots) são atraídos por sites com boa estrutura, facilitando a indexação do seu conteúdo nos mecanismos de busca. 

Então mantenha a estruturação das suas páginas bem organizada e garanta que cada uma delas tem um propósito único e verdadeiro no seu site. 

11.  Hospedagem de confiança

Ter uma hospedagem com boa reputação está diretamente ligado ao nível de segurança do seu site e à facilidade ou complexidade de manutenção dele. 

Já que a hospedagem é “a base” de um site, escolha a sua com cuidado, optando por um provedor que tenha alta porcentagem de uptime, que ofereça protocolos de segurança robustos e relevantes, e que possua um canal de comunicação para suporte ao vivo que esteja sempre disponível para te ajudar a solucionar qualquer problema a qualquer hora do dia. 

No Zyro, uma hospedagem cloud gratuita está inclusa em todos os planos, permitindo que os usuários publiquem um site sem precisar comprar um plano de hospedagem separado. 

12. Links para as redes sociais

Para construir uma marca de sucesso, você deve considerar utilizar seu domínio como seu nome nas redes sociais sempre que possível. 

Você deve basear seu design digital em uma identidade visual da marca. Assim seu site e suas redes sociais serão coesos, e por terem um design coerente, vão transmitir a mesma ideia e o mesmo tom aos seus visitantes, melhorando a experiência deles quando acessarem seu perfil no Instagram, por exemplo.  

Se você tem uma loja virtual, considere integrar as mídias sociais no seu site também. Adicionar o feed do Instagram e o bate papo do Facebook no seu site facilita a experiência de possíveis clientes que desejam tirar dúvidas ou conhecer melhor sua marca.

13. Avaliações e depoimentos

Nada gera tanta confiança quanto depoimentos sinceros de consumidores. 

Reunir avaliações honestas e reais dos seus clientes é mais fácil do que você imagina. Ofereça um pequeno benefício ou brinde, como frete grátis ou desconto nas próximas compras, e antes que você se dê conta, já terá diversos feedbacks valiosos na sua página. 

No caso de lojas virtuais, a maioria das plataformas permite que os consumidores façam avaliações na própria página do produto em questão. Isso simplifica o processo de compra para possíveis novos clientes.

Escrito por

Avatar do autor

Bruna

Bruna é determinada em tornar o conhecimento sobre tecnologia acessível para todas as pessoas. Dá dicas para pequenos negócios, e escreve sobre estratégias de crescimento empresarial, hospedagens de sites e registro de domínios. Tem experiência com atendimento ao cliente, otimização de processos, organização de eventos e redação acadêmica. No tempo livre, gosta de estudar sociologia e assistir séries.

Faça parte da conversa

Seu email não será publicado. É obrigatório preencher todos os campos.