Oferta da Cyber Week: Até 86 % OFF

03

:

09

:

37

:

34

Blog do Zyro

Todos os tópicos
Blog de e-Commerce Design Dicas para Pequenas Empresas Essenciais Ideias de Negócio Insights do Zyro Inspiração Marketing Novidades do Zyro

8 Problemas Que Você Deve Evitar em Seu Site (e Como Resolvê-los)

O mundo do web design pode ser confuso e complicado para quem não tem experiência na área. Um 404 error em uma landing page pode fazer muitos novatos entrarem em desespero.

Mas você sabia que os problemas mais comuns enfrentados pelos sites podem ser resolvidos com facilidade mesmo por quem não é web designer?

Evite que seu SEO seja prejudicado — aplique estas 8 soluções na sua página para fazer seu site voltar a funcionar a todo vapor.

1. Design ultrapassado prejudicando o seu SEO

Infelizmente, se seu site ainda tem o visual e as funcionalidades das páginas dos anos 1990, além de prejudicar a experiência dos visitantes, você também estará colocando em risco o seu SEO.

Um design não-otimizado faz com que seu site seja penalizado pelos mecanismos de busca como o Google. Se os visitantes não têm facilidade de encontrar as informações que precisam, eles vão acabar saindo do seu site muito rapidamente — e, quanto maior essa taxa de rejeição for, mais prejudicado ficará seu SEO.

Existem muitos recursos que podem ajudar você a aprender como criar um design atualizado e otimizado para o seu site. Além disso, usando as ferramentas certas (como o criador de sites Zyro, você pode reformar suas páginas de forma bem simples.

O Zyro é muito fácil de usar e oferece templates que seguem as tendências mais atuais do web design.

E, já que você vai poder personalizar todas as características do seu site, vai ser possível criar lojas virtuais, portfólios e sites de empresa incríveis sem complicação alguma.

2. Experiência confusa para os visitantes do site

Esse problema também é causado quando seu site tem um design ruim.

A experiência do usuário (também conhecido como UX) influencia muito na quantidade de tempo que os visitantes decidem permanecer no seu site. Se suas páginas forem difíceis de navegar ou se forem necessárias muitas etapas para completar uma ação, o usuário vai se sentir confuso e fechar o site.

Se seu objetivo é ter um negócio online, pedir que o cliente passe por várias etapas desnecessárias durante o processo de compra vai fazer sua empresa perder muitas vendas.

Felizmente, existem muitas práticas e princípios do design que podem ajudar você a otimizar o UX do seu site. Estas dicas são um bom começo:

  • Adicione botões de CTA em locais bem visíveis das suas landing pages e use textos que vão direto ao ponto (“comprar agora”, “inscrever”, “aproveitar promoção” são alguns exemplos).
  • Adicione um menu de navegação no topo do seu site para ajudar os visitantes a encontrar todas as informações necessárias.
  • Fixe seu menu de navegação no topo da página para que ele seja visível mesmo quando o visitante rolar a página para baixo.
  • Use seu senso crítico ao avaliar as páginas do seu site: será que todas elas precisam existir separadamente? Ou você pode combinar algumas?
  • Use navegação estrutural (também chamada de navegação breadcrumb) em suas páginas.

3. Resolução baixa nas suas mídias

Quem sente falta das mídias em baixa resolução e as fotos pequenas que eram comuns nos sites do início dos anos 2000? Pouca gente ou ninguém, certo? E podemos dizer que, em pleno 2021, esse tipo de elemento não deve ter lugar nas suas páginas.

Imagens de baixa qualidade fazem com que sua marca pareça menos profissional e menos confiável — e isso vale tanto para as empresas quanto para quem está criando uma marca pessoal na internet.

Estas são algumas dicas que podem ajudar você a consertar o problema das mídias de baixa resolução:

  • Sempre use templates otimizados. Assim, você vai economizar tempo a longo prazo, porque não vai precisar consertar as páginas com muita frequência.
  • Mude o tamanho das suas imagens. Comprimir suas imagens pode fazer com que elas percam muita qualidade — para evitar esse problema, use ferramentas de redimensionamento que mudem o tamanho, mas mantenham a resolução.
  • Experimente as ferramentas de melhoramento de imagem. Elas vão ajudar você a melhorar a resolução de fotos antigas para que elas estejam mais apropriadas para um site moderno.
  • Use um criador de logos para fazer seu logotipo personalizado. Além de serem mais baratos (ou gratuitos), essas ferramentas criam designs que já são otimizados para uso na internet — ou seja, seu logo já virá com boa resolução.

4. Conteúdos de baixa qualidade

Se você não está investindo muita atenção ao conteúdo do seu site (ou se seu site nem tem conteúdo), vai ser bem mais difícil para os clientes encontrarem sua página.

Ter um blog pode ajudar você a resolver esse problema: você vai poder criar conteúdos, construir a imagem da sua marca no mercado digital e, no geral, poder converter mais visitantes em clientes.

Ter um blog pode ser uma ótima tática para incluir na sua estratégia de marketing. Ele permite que você crie conteúdos mais longos e bem informativos sobre assuntos relevantes no seu nicho de mercado.

5. Pouca atenção ao SEO

Você já ficou curioso para saber o porquê do seu site não aparecer nos resultados de pesquisa no Google, apesar do design das suas páginas ser ótimo?

Se você não otimizou seu site para os mecanismos de busca, não importa se o design das páginas for espetacular — ele não vai aparecer no topo dos resultados do Google.

Existem várias estratégias de SEO que vão fazer o algorítimo trabalhar a favor do seu site. No mínimo, estas são algumas otimizações que não podem faltar:

  • Use palavras-chave em locais estratégicos das suas páginas
  • Use boa formatação e bons cabeçalhos
  • No seu blog, escreva textos que incluam palavras-chave relevantes para seu nicho de mercado
  • Garanta que as meta tags tenham o tamanho correto em todas as páginas
  • Não se esqueça de otimizar seu site para dispositivos móveis
  • Inclua links (internos e externos) para páginas e sites relevantes
  • Tenha um certificado SSL
  • Nunca copie conteúdos de outros sites nem publique conteúdo duplicado.
  • Monitore links quebrados usando ferramentas como o Google Search Console

6. Falta de otimização para dispositivos móveis

Criar um site que não seja otimizado para telas de celular e tablet é uma das piores táticas que você pode escolher.

Afinal, no Brasil mais da metade dos usuários acessam a internet apenas pelo celular. Não ignore todos esses clientes em potencial por falta de otimização mobile nas suas páginas.

O ideal é que a responsividade (a habilidade de se adaptar automaticamente às telas menores) já esteja na base do seu layout — especialmente se você estiver usando um template.

7. Hospedagem de baixa qualidade

Mesmo que o orçamento do seu site seja pequeno, o ideal é que você não escolha hospedá-lo usando soluções gratuitas, de baixa qualidade. Plataformas de construção de sites (diferente da maioria das páginas criadas com o WordPress) oferecem ótimos serviços de hospedagem como parte do pacote.

Por exemplo, com o Zyro, além do seu site você também leva largura de banda ilimitada, armazenamento ilimitado, uptime garantido e muito mais — tudo por um preço mensal fixo.

Alguns planos anuais também incluem um domínio personalizado grátis e, por uma pequena taxa adicional , também é possível usar esse domínio para criar um e-mail profissional.

8. Não poder criar uma loja virtual

É possível vender na internet sem ter um site (o Mercado Livre está aí para isso), mas, se você quer levar à sério seu empreendimento no mundo do comércio eletrônico, considere criar sua própria loja.

Ter uma loja virtual própria tem várias vantagens que não podemos encontrar na maioria dos marketplaces. Estas são algumas delas:

  • Mais opções de pagamento para os clientes. Você vai poder integrar mais métodos de pagamento, aumentando as opções dos seus fregueses — o que os incentiva a finalizar a compra e diminui a taxa de carrinhos abandonados.
  • Chat em tempo real (tanto para você quanto para os clientes). Responder os clientes rapidamente é indispensável para qualquer loja virtual hoje em dia. Usar uma plataforma de site profissional garante que você terá ferramentas de chat para fazer o melhor atendimento possível.
  • Vender sem pagar comissão. Uma das principais características dos marketplaces é que eles ficam com uma porcentagem do valor que você vender. Às vezes, o vendedor acaba embolsando apenas 50%. Tendo sua loja própria e usando a plataforma correta de criação de sites, você nunca mais terá que se preocupar em pagar comissão alguma.
  • Loja 100% personalizável. Criar uma marca consistente para a sua loja ajuda a conquistar a confiança dos clientes e facilita o crescimento do seu negócio.
  • Gerenciar pedidos, estoque e relacionamento com clientes — tudo em um só lugar. Se você tiver sua própria loja, o controle sobre todo o processo de venda poderá ser feito por um painel de controle único e intuitivo.

Livre seu site desses problemas

Como você pôde ver, manter seu site funcionando a todo vapor, sem erros, é relativamente fácil.

Não se esqueça de atualizar e revisar seu site com frequência, além de otimizar suas páginas para que elas funcionem bem tanto nas telas de computador quanto nas de celular.

Consertar links quebrados no seu site e garantir que todas as informações estejam corretas e atualizadas vai ajudar você a conquistar a confiança dos visitantes e transformá-los em clientes.

Escrito por

Avatar do autor

Jeisy Monteiro

Jeisy é dedicada a pesquisar e escrever sobre como pequenos e médios negócios podem crescer na internet de forma sustentável. Ela publica sobre criação de sites, empreendedorismo digital, tecnologia e e-commerce no blog do Zyro. No tempo livre, coleciona cassettes.

Faça parte da conversa

Seu email não será publicado. É obrigatório preencher todos os campos.

Pronto para criar seu site?