Apenas por Tempo Limitado - Economize até 87 %

+ Ganhe domínio GRÁTIS por 1 ano

A oferta termina em:

00 :

08 :

04 :

34

Blog do Zyro

Todos os tópicos
Blog de e-Commerce Design Dicas para Pequenas Empresas Essenciais Ideias de Negócio Insights do Zyro Inspiração Marketing Novidades do Zyro

Conheça os 13 Tipos de Sites Mais Populares da Internet

Os principais tipos de sites que você deve conhecer

Se você tem um negócio ou um projeto digital, ter um site é extremamente necessário.

Sabendo bem dessa necessidade, preparamos este texto para mostrar todos os diferentes tipos de sites que você pode construir para sua empresa ou seus projetos pessoais.

Listamos os tipos de sites mais populares na internet – das lojas virtuais aos sites de portfólio e muito mais.

E tem mais: a cereja do bolo é que, para todos os tipos de site que vamos apresentar neste texto, incluimos também exemplos para inspirar você.

Os principais tipos de sites

Um site só vai ser útil se estiver alinhado com seus objetivos. Este é um breve resumo sobre os 13 diferentes tipos de sites mais usados na internet:

  1. Site institucional – fornece informações sobre uma empresa com o objetivo de influenciar a decisão de compra dos clientes.
  2. Loja virtual ou e-commerce – facilita transações virtuais.
  3. Blog pessoal – compartilha suas opiniões e experiências com outros usuários.
  4. Site de notícias – informa sobre os últimos acontecimentos e explica como esses eventos afetam o público.
  5. Site de portfólio – mostra exemplos das habilidades e experiências de trabalho de um profissional.
  6. Sites educacionais – Melhora o aprendizado do aluno dentro e fora da sala de aula.
  7. Intranet– permite comunicação entre usuários membros de um grupo fechado.
  8. Site de entretenimento – publica conteúdo divertido para entreter os visitantes.
  9. Fóruns – oferecem espaço para que usuários do mundo inteiro possam ter discussões relevantes.
  10. Sites para organizações sem fins lucrativos – facilitam a coleta de doações para a caridade e outras causas nobres.
  11. Wiki – constrói uma enciclopédia colaborativa sobre determinado assunto ou nicho.
  12. Informativo (com fins lucrativos)– monetize seu conhecimento e venda conteúdo informativo.
  13. Site-catálogo – jeito simples de criar uma presença online para a sua empresa.

Nota do editor 📝 – precisa de uma loja virtual, mas quer ter um blog também? Ou gostaria de ter um site educativo que também tivesse uma intranet? Integre todas as suas necessidades em apenas um site – isso provavelmente também vai ajudar você a aumentar o engajamento do público.

1. Site institucional

Exemplo de site institucional

Sites institucionais como o da universidade PUC Minas, o do restaurante Le Bife e o da ABD (Associação Brasileira de Designers de Interiores), mostram às pessoas quais são os valores da empresa e dão informações sobre serviços e produtos para clientes em potencial.

Um site institucional tem o objetivo de influenciar decisões de compra e construir a credibilidade da marca.

Para representar bem sua empresa na internet, seu site institucional deve refletir a sua marca. Um ótimo primeiro passo nessa direção é adicionar o logotipo da sua empresa no site e usar a mesma paleta de cores nas páginas.

Um site institucional deve conseguir responder às duvidas dos clientes sobre a empresa (incluindo dúvidas sobre os produtos).

Por isso você deve adicionar elementos como: descrições de produtos, tabelas de preços, avaliações feitas por clientes e informações de contato. Pense com carinho sobre o que mais seus clientes gostariam de saber sobre sua marca.

2. Loja virtual ou e-commerce

Exemplo de loja virtual

As lojas virtuais existem para permitir que os clientes façam transações online e comprem produtos e serviços pela internet.

Sites como a Amazon e o Mercado Livre são ótimos exemplos de sites de e-commerce.

Com modelos de negócio parecidos com os das lojas físicas, esse tipo de site permite que as pessoas completem todo o processo de compra sem sair da internet.

Pesquisadores preveem que, entre 2020 e 2024, o mercado do e-commerce vai crescer constantemente no Brasil, a um ritmo de 17% ao ano, mostrando que o e-commerce continua sendo uma ideia de negócio promissora.

Para melhorar o desempenho, as lojas virtuais devem incluir recursos que possibilitam transações financeiras virtuais.

Estes são alguns dos recursos necessários:

  • Navegação facilitada para o usuário
  • Sistema de busca e filtragem de produtos
  • Processos de pagamento e finalização de compra que fundionem bem

Para aumentar ainda mais o número de vendas, você pode adicionar botões de call-to-action à loja e criar campanhas de email marketing.

No que se refere ao design, esse tipo de site deve ter um visual agradável que incentive os visitantes a fazerem uma compra na plataforma. Para alcançar esse visual, o layout da sua loja virtual deve ser responsivo (ou seja, ele deve se adaptar ao tamanho da tela e ao dispositivo do visitante).

Sites de e-commerce são ótimos para empreendedores que querem expandir seus mercados e reduzir os custos de operação e produção.

As melhores plataformas de e-commerce permitem que você integre sua loja virtual às redes sociais também.

Um site de e-commerce pode levar o seu negócio para o próximo nível, permitindo que você venda produtos físicos e digitais na internet e divulgue seus serviços.

3. Blog pessoal

Exemplo de blog pessoal do Seth Godin

Os blogs pessoais são o tipo de site ideal para compartilhar opiniões e experiências na internet.

Eles são ideais para publicar sobre sua vida pessoal e sobre seus hobbies. Os blogs também ajudam você a se comunicar com pessoas que compartilham dos seus interesses e paixões.

Blogs como o WishWishWish, por exemplo, ganharam uma legião de fãs que amam ler posts com dicas de moda e viagem.

Por outro lado, profissionais como o autor americano Seth Godin mantém blogs para construir uma marca pessoal e credibilidade profissional.

Muitos blogueiros também usam esse tipo de site para vender produtos e merchandising (camisas, bonés, canecas, adesivos) relacionado a suas marcas.

Resumindo, um blog pessoal pode ser útil para todo o tipo de projeto.

Os blogs geralmente seguem uma mesma estrutura: um cabeçalho, a área para o conteúdo principal, um menu lateral e um rodapé.

Quanto mais postagens de qualidade você fizer em seu blog, maior a chance do seu site ranquear bem nos resultados de busca orgânicos. Você pode usar seu blog até como uma fonte de renda assim.

Leitura recomendada: 21 Exemplos de Blogs Fantásticos que Vão Inspirar Você

4. Site de notícias

Exemplo de site de notícias do G1

Os sites de notícia têm o objetivo de entregar informações atualizadas sobre acontecimentos mundiais para o leitor. Eles usam tanto conteúdo escrito quanto conteúdo visual para isso.

Sites como o G1, a BBC e a Folha de S. Paulo são gigantes desse nicho.

Na década passada, muitas organizações jornalísticas trocaram a mídia impressa pela digital por pressão financeira e cultural.

Se você está pensando em começar um negócio no ramo de notícias, considere tomar a mesma decisão e investir no digital.

Com um site de notícias, você vai poder publicar quantas matérias quiser por dia, sem ter que se preocupar com o custo da impressão e da distribuição do jornal.

Além disso, um site permite que você alcance leitores no mundo inteiro.

  • Diferente de outros tipos de sites, os portais de notícia geralmente usam um layout de landing page com mais de uma coluna.
  • As metas descrições dos posts são mostradas de antemão, junto de conteúdos visuais, para incentivar os leitores a clicarem no link e lerem a matéria inteira.
  • Além de produzir conteúdo de alta qualidade, um site de notícias deve oferecer ótima experiência de leitura para os usuários.

Seu site de notícias devem usar fontes que facilitem a leitura, em tamanhos proporcionais. Você também deve usar uma paleta de cores que não canse as vistas do usuário.

5. Site de portfólio

Exemplo de site de portfólio do Gary Vaynerchuk

Os sites de portfólio servem para mostrar as habilidades e experiências profissionais de pessoas que estão procurando novas oportunidades de trabalho.

Para freelancers e autônomos, um site de portfólio pode servir como um currículo visual para atrair clientes e empregadores em potencial.

Profissionais como a designer Stefanie Brueckler e o executivo Gary Vaynerchuk usam seus sites para aprimorar a credibilidade de suas marcas pessoais.

Quando você for criar um site de portfólio, é uma boa ideia incluir referências de clientes e empregadores anteriores. Assim você mostra que é bom no que faz.

Não se esqueça de inserir links para suas redes sociais: dessa forma, seus futuros clientes e recrutadores poderão conhecer melhor a sua personalidade e entrar em contato com você mais facilmente.

6. Sites educacionais

Exemplo de site educacional da Udemy

Sites educacionais (também conhecidos como sites de e-learning) servem como um portal para cursos online. O objetivo deles é melhorar a experiência de aprendizado dos alunos – tanto dentro quanto fora da sala de aula.

A Udemy e o Coursera são dois exemplos de sites educacionais líderes de mercado. E o público-alvo deles não são apenas os alunos que assistem aos cursos.

Os professores e tutores que querem compartilhar conhecimento podem usar esses tipos de sites para postar cursos e aulas virtuais de forma barata.

As aulas podem ser postadas em formato de vídeo, podcast ou game interativo. Os professores podem até criar cursos com certificado e ganhar dinheiro com isso.

Você pode criar seu próprio site educacional e focar em um ou mais assuntos. Se você escolher falar sobre mais de um assunto, é melhor dividir os cursos em categorias para facilitar o acesso. Adicionar um campo de pesquisa dentro do site também ajuda os visitantes a encontrarem aulas sobre assuntos específicos.

Falando sobre o design, os sites educativos devem ser fáceis de navegar e de ler. O objetivo é criar um espaço que facilite a aprendizagem.

7. Intranet

Exemplo de Intranet da UFRJ

As funcionalidades da intranet vai depender da empresa ou organização que a criou.

Independente do objetivo que a empresa tenha para a intranet, o site deve ser fácil de usar, conter informações úteis e oferecer um canal para que os membros da organização possam se comunicar.

A intranet é muito útil para empresas que querem facilitar e otimizar a troca de informações profissionais entre empregados.

É por isso que grandes organizações, como universidades, usam intranets para facilitar tanto o acesso a informações quanto a comunicação entre professores e alunos.

8. Sites de entretenimento

Exemplo de site de entrenerimento: Netflix

Como o nome já indica muito bem, esse tipo de site posta conteúdo com a intenção de divertir o público. O tipo de conteúdo varia muito. Podem ser filmes, memes, notícias sobre celebridades, entre muitos outros.

A Netflix é um ótimo exemplo desse tipo de site – afinal, ela lucra oferecendo conteúdo de entretenimento.

Se você é comunicativo e sabe divertir as pessoas, considere criar um site de entretenimento e soltar sua criatividade. O céu será o seu limite.

9. Fóruns

Exemplo de site de fórum: Biz Warriors

Os fóruns oferecem grupos de discussão para usuários que tenham interesses em comum. Pessoas de todo canto do mundo podem, facilmente, compartilhar ideias e participar de debates.

Os tópicos de discussão geralmente são divididos em categorias e as mensagens são arquivadas sob seus respectivos posts.

Se você quer criar um site que conecta pessoas com interesses em comum, um fórum pode ser o formato ideal para isso. Você pode se inspirar nestes fóruns que são muito populares: Reddit, BizWarriors e Quora.

Não se esqueça que seu fórum deve ser fácil de usar, para incentivar que as pessoas postem e respondam uma às outras.

10. Sites para organizações sem fins lucrativos

Exemplo de site para  organizações sem fins lucrativos: WWF Brasil

A internet ajuda muitas ONGs e organizações sem fins lucrativos a aumentarem o alcance.

Da mesma forma que acontece com as empresas, as organizações sem fins lucrativos também se beneficiam muito em ter um site e perfis nas redes sociais.

Existem organizações para todo tipo de causa, e todas elas precisam de um site que as ajude na divulgação e prospecção de doadores.

Os melhores exemplos desse tipo de site são muito ricos em informação. Eles mostram, com profundidade, porque as pessoas devem se importar com aquela causa e convencem o público a se envolver ativamente nela – assinando petições, participando de protestos ou doando dinheiro.

E, já que qualquer organização sem fins lucrativos deve conquistar a confiança das pessoas, ter um site pode ser uma ótima estratégia para mostrar confiabilidade. Garanta que seu site reflita os valores e a missão da sua ONG.

11. Wiki

Exemplo de site de wiki sobre Minecraft

As Wikis são a versão online das enciclopédias – e você pode criar uma para qualquer tipo de assunto ou nicho que imaginar.

Você provavelmente já conhece algum site desse tipo – como a Wikipedia, por exemplo.

O design desses sites são, no geral, bem simples, mas você deve caprichar no mecanismo interno de pesquisas, para facilitar que o usuário encontre a informação que procura.

Além do bom sistema de buscas, outra característica fundamental dos sites wiki é a natureza colaborativa deles. Já que as wikis são geralmente divididas em nichos (como franquias de filmes ou vídeo games), é esperado que a comunidade de fãs contribua escrevendo conteúdo para o site.

Isso facilita para você, dono do site, que não precisará ser o único produzindo conteúdo.

12. Informativo (com fins lucrativos)

Exemplo de site informativo

Esse é um daqueles tipos de sites que são híbridos, sendo tanto loja virtual quanto site institucional.

Focados em vender informação, esse tipo de site oferece conteúdo em formato de tutorial, webinar, e-book e vídeo.

Para ter sucesso com um site informativo, você deve estar disposto a investir tempo e esforço para construir uma marca sólida.

Muitos empreendedores se dedicam a construir habilidade e expertise em determinada área do conhecimento e vendem conteúdo informativo sobre ela depois. Por exemplo, um especialista em marketing digital pode criar cursos sobre SEO e email marketing.

Para atrair tráfego para seu site informativo, duas estratégias ótimas é ter um blog e investir em marketing de conteúdo.

Exemplo de site-catálogo do restaurante Arturito

Esse tipo de site teve seus dias de glória nos primeiros anos da popularização da internet.

Os sites-catálogo são, basicamente, a versão digital de um panfleto ou catálogo de divulgação de uma empresa.

Eles oferecem ao visitante um resumo sobre o negócio, uma lista dos serviços oferecidos e informações de contato.

O design desses tipos de sites é bem simples e fácil de criar.

Como base, você vai precisar de uma página inicial, uma página com informações de contato e outra para listar seus produtos ou serviços.

Não se esqueça de incluir CTAs chamativos nesses tipos de sites. Inclua o número de telefone, e endereço de email e o WhatsApp da sua empresa – se tiver, inclua também o endereço de seu escritório ou loja física.

Você precisa de um site?

Ainda não se convenceu de que criar um site pode ajudar seu negócio ou sua carreira? Estas são cinco razões mais importantes para ter um site:

Mais visibilidade

Com mais de 4,5 bilhões de pessoas acessando a internet, há boa chance de novos usuários descobrirem seu site todos os dias – e essa chance aumenta se você conseguir ranquear bem nos resultados de busca.

Ter um site não apenas turbina a sua visibilidade, como também pode aumentar o reconhecimento da sua marca sem que você precise gastar muito dinheiro no processo.

Acesso democratizado

Um site permite que seu conteúdo seja acessado 24h por dia, 7 dias por semana. As pessoas podem obter as informações que precisam quando quiserem.

Além disso, elas também podem acessar informações sobre sua empresa sem precisar encontrar você pessoalmente ou ir até a sua loja.

Todos os usuários têm a mesma oportunidade de acessar seu site e a informação que você publica, independente de onde estejam.

Construção de imagem e credibilidade

Ter um site é uma forma eficaz e de ótimo custo-benefício para estabelecer sua presença na internet e sua autoridade no mercado.

Criar uma ótima primeira impressão é de muito valor para a construção da sua marca.

Acompanhamento de tendências

Gerenciar um site requer que você produza conteúdo com informações atualizadas. Para isso, você precisa se manter a par das inovações e exigências do seu mercado.

Além de ser um benefício direto para a criação de conteúdo e crescimento do seu site, manter-se atualizado também ajuda você a alterar seu produto e seus serviços de acordo com as mudanças de mercado.

Quando conhecemos os desafios que vêm pela frente, é muito mais fácil estarmos preparados para o sucesso.

Como criar um site

Hoje em dia você não precisa saber muito de programação ou de web design para criar seu próprio site.

Usando as ferramentas certas, você precisa de apenas alguns minutos para construir e publicar diferentes tipos de sites.

Criadores de sites são uma forma popular e rápida de construir seu primeiro site. Veja o que você precisa fazer:

  1. Selecionar um template de site que combine com você e com o seu negócio.
  2. Customizar o template para incluir todas as informações que seu visitante precisa.
  3. Publicar seu site e começar a divulgá-lo em todo canto da internet.

Escrito por

Avatar do autor

Jeisy Monteiro

Jeisy é dedicada a pesquisar e escrever sobre como pequenos e médios negócios podem crescer na internet de forma sustentável. Ela publica sobre criação de sites, empreendedorismo digital, tecnologia e e-commerce no blog do Zyro. No tempo livre, coleciona cassettes.

Faça parte da conversa

Seu email não será publicado. É obrigatório preencher todos os campos.