Oferta da Cyber Week: Até 86 % OFF

03

:

08

:

45

:

57

Blog do Zyro

Todos os tópicos
Blog de e-Commerce Design Dicas para Pequenas Empresas Essenciais Ideias de Negócio Insights do Zyro Inspiração Marketing Novidades do Zyro

Pesando os Prós e Contras: Vantagens e Desvantagens do e-Commerce

Placa de trânsito com a palavra e-Commerce

O comércio eletrônico nunca foi tão popular como hoje. Por isso, lançar sua loja virtual é uma das melhores formas de expandir sua marca atualmente.

Existem muitas vantagens em criar uma loja virtual ao invés de abrir uma loja física, já que a internet permite que você encontre clientes em toda parte do Brasil — ou do mundo.

Dito isso, antes que você comece a criar uma loja online, vai ser necessário considerar todas as vantagens e desvantagens do e-commerce.

Pesando os prós e contras, você vai poder antecipar os riscos e aproveitar melhor as oportunidades que o comércio eletrônico pode oferecer para o seu negócio.

As 10 maiores vantagens de uma loja virtual

São muitas as vantagens de uma loja virtual. Abaixo, vou apresentar algumas das mais importantes para que você conheça as oportunidades que estão disponíveis para quem vende na internet.

1. Custo operacional mais baixo do que o das lojas físicas

Quando precisamos listar as vantagens e desvantagens do e-commerce, há alguns benefícios mais importantes que outros.

Por exemplo, os custos baixos são uma das vantagens mais valiosas das lojas virtuais.

Uma loja virtual não vai exigir que você gaste pagando aluguel de espaços comerciais nem contas de luz e água extras. Você ainda vai precisar investir em alguns serviços, como a contratação de um plano de hospedagem de site e um nome de domínio, mas o custo total vai ser bem mais baixo do que o de uma loja física.

Se você escolher criar sua loja com uma plataforma como o Zyro, contratando o plano eCommerce Básico, vender seus produtos na internet ficou mais fácil ainda. No plano Premium você ganha um domínio grátis por 1 ano!

O Zyro é uma ótima plataforma para iniciantes, além de incluir hospedagem e subdomínio em todos os planos. Assim você vai poder criar, customizar e publicar seu site no mesmo dia.

2. Margem de lucro alta na venda de produtos digitais

Vender produtos digitais pode ser um negócio muito lucrativo, já que os custos de produção não vão aumentar mesmo se você vender milhares de cópias por mês.

Uma das vantagens de uma loja virtual própria é que você não terá que pagar taxas de transação sobre todas as vendas que fizer — ou seja: mais lucro para você.

3. Potencial de alcançar clientes no mundo inteiro

Assim que sua loja virtual já estiver funcionando a todo vapor, ela estará disponível para que qualquer pessoa do mundo conheça seus produtos. Tudo que seus clientes vão precisar é de conectar o computador (ou o celular) à internet e pegar o cartão de crédito na bolsa.

Tanto para quem vende produtos físicos quanto para lojas de produtos digitais, sempre existe a possibilidade de atrair clientes que moram em outros países ou continentes.

E, felizmente, hoje em dia é muito mais fácil comprar em sites internacionais, por causa dos métodos de pagamento confiáveis e os vários serviços de frete que existem no mercado.

Sem complicação alguma, você vai poder aceitar pagamentos em moedas internacionais e enviar pedidos para qualquer parte do mundo.

4. Sua empresa funcionará 24h por dia

Quando estamos pesando as vantagens e desvantagens do e-commerce, um dos benefícios que não podem faltar na lista é a possibilidade de fazer vendas 24h por dia, possibilitando que as pessoas comprem a qualquer momento, não importa onde estejam.

Mesmo que você não possa processar o pedido imediatamente, seus clientes vão poder navegar pela sua loja e fazer a compra.

5. As pessoas investem cada vez mais dinheiro em compras na internet

No Brasil, as vendas do e-commerce aumentaram mais de 57% no primeiro trimestre de 2021.. Além disso, o valor total gasto por essas pessoas também está subindo.

Como você pode perceber, há muitas oportunidades de gerar vendas na internet. Sua empresa pode estar desperdiçando potencial de crescimento se não investir no e-commerce.

Criar uma loja virtual pode ser sua oportunidade de ganhar mais clientes ao invés de perder seus fregueses para a concorrência. Além disso, a possibilidade de criar anúncios na internet resultou no aumento acelerado das vendas de muitas empresas.

6. Otimizar uma loja virtual é descomplicado

Expandir a operação da sua empresa é fácil para quem usa um construtor de sites para gerenciar a loja virtual. Dessa forma você vai poder escalar seu e-commerce sozinho, mesmo sem saber programação ou design.

Se seu número de visitas aumentar muito, a maioria dos construtores de site vai permitir que você faça o upgrade do seu plano e tenha acesso a mais recursos técnicos para conseguir receber todos os novos visitantes.

Por exemplo, no Zyro, que é um dos construtores de site mais baratos do mercado, o plano eCommerce Básico custa apenas R$15 por mês. Quando a empresa crescer, vai ser muito fácil fazer o upgrade para o plano eCommerce, que oferece suporte para tráfego ilimitado e custa apenas R$39 mensais.

Além disso, usar um construtor de sites também facilita muito a personalização do visual do site. Você vai poder escolher um template profissional e customizá-lo quando quiser.

Você também terá a opção de exibir no seu site as avaliações positivas dos clientes. Isso vai ajudar os novos visitantes a verem como seus produtos e serviços são de ótima qualidade.

7. É bem mais fácil expandir um negócio virtual do que um negócio físico

Em termos de vantagens e desvantagens do e-commerce, temos que admitir que as lojas virtuais são campeãs em aumentar seu potencial de crescimento.

Diferente das lojas físicas, as lojas online não têm limitação de espaço. Você vai poder adicionar quantos produtos quiser sem se preocupar que as mercadorias não vão caber nas prateleiras.

Outra das vantagens de uma loja virtual é a possibilidade de alcançar mais clientes sem precisar contratar mais funcionários. Por exemplo, para vender para pessoas em outros países, você só vai precisar criar uma versão do seu site em outro idioma e oferecer opções de frete atrativas. Todo o processo de marketing, vendas e envio poderá ser feito por você mesmo, direto da sua casa ou escritório.

Além disso, o dinheiro que você economiza na contratação poderá ser investido em outras áreas mais importantes do negócio, como no aumento do estoque de produtos ou na otimização do site.

8. Ótimo custo-benefício na contratação de freelancers

Se você quer otimizar seu site, mas não tem muito conhecimento em web design, saiba que o mercado está repleto de agências e freelancers talentosos que podem ajudar você nessa missão.

Eles podem ajudar com a criação de imagens para suas campanhas de divulgação, revisão dos textos do seu site, entre muitas outras tarefas.

Os custos vão depender muito do serviço contratado e do nível de experiência do freelancer, então você poderá fazer sua escolha com base no orçamento que sua empresa tem disponível.

9. Recursos avançados de marketing disponíveis por preços baixos

Hoje, ferramentas e recursos para marketing digital estão disponíveis por preços acessíveis, além de serem fáceis de implementar. Por isso, operar uma loja virtual sozinho é mais fácil do que nunca.

Um dos melhores exemplos disso são os recursos para criação de anúncios na internet.

Das redes sociais ao Google Adwords, você vai poder gerenciar os anúncios da sua loja sozinho, sem precisar da ajuda de uma agência de publicidade.

Você vai poder divulgar sua loja nas páginas de resultado de pesquisa, no Facebook, no Instagram e em muitas outras plataformas. Isso vai ajudar você a atrair o seu público alvo e a alcançar milhares de pessoas.

10. Facilidade de adaptação a mudanças na demanda

Assim como em qualquer outro tipo de negócio, entre as vantagens e desvantagens do e-commerce está a necessidade de acompanhar o mercado de perto e continuar se adaptando às novas demandas dos clientes.

Felizmente, fazer pesquisa de mercado para uma loja virtual é uma tarefa relativamente fácil e rápida.

Um dos métodos mais populares de acompanhar seu mercado é fazendo pesquisas de palavras-chave. Esse tipo de análise ajuda você a conhecer melhor as tendências atuais da sua área, oferecendo insights sobre as necessidades e desejos do seu público.

Outra forma de conhecer as novas tendências do mercado é acompanhando as redes sociais. Ao prestar atenção nas discussões e conteúdos que você encontra nessas plataformas, você provavelmente vai encontrar novas ideias para sua loja.

Você também pode monitorar o tráfego do seu site e usar ferramentas de análise de dados para acompanhar o desempenho dos seus anúncios. Isso vai ajudar você a tomar decisões melhores e continuar aprimorando o seu negócio.

As 4 maiores desvantagens do e-commerce

Claro — todos os modelos de negócio têm seus pontos negativos também. E, como nós estamos aqui para discutir as vantagens e as desvantagens do e-commerce, agora vamos falar dos pontos fracos das lojas virtuais.

Eu acredito que o e-commerce é a melhor opção para fazer sua empresa crescer. Porém, quero apresentar os problemas que sua loja talvez possa encontrar no futuro, para que você esteja preparado para esse tipo de situação.

1. Você vai precisar de uma estratégia eficiente para o envio das mercadorias

Enviar as mercadorias para os clientes é uma das partes essenciais para qualquer e-commerce que venda produtos físicos.

Mas, para ter sucesso no envio e oferecer um ótimo serviço para o cliente, você vai precisar levar estes elementos em conta:

  • Preço do frete. Você vai precisar escolher entre cobrar uma taxa fixa de entrega (independente do endereço do cliente), usar frete variável dependendo do CEP do comprador, ou tabelar os preços.
  • Embalagens. Você pode usar a embalagem padrão fornecida pela empresa de transporte, ou criar um pacote personalizado com o logo e as cores da sua marca.
  • Escolha da transportadora. A transportadora que você escolher vai impactar muito nos preços, prazos e na forma como você gerenciar suas entregas.
  • Entregas internacionais. Você terá que preparar todos os documentos necessários e deixar bem claro na sua loja quem deverá arcar com as taxas de importação (o cliente ou a sua marca).
  • Política de devolução. No Brasil, a lei determina que o cliente pode devolver produtos comprados na internet em até 7 dias, mesmo sem apresentar motivo. Todas as regras de devolução deverão ser mencionadas no seu site de forma bem clara.

Implementar a estratégia de envio errada pode prejudicar muito o seu negócio. Por exemplo, preços de frete muito altos podem fazer você perder clientes — mas, por outro lado, oferecer descontos no valor da entrega pode diminuir muito sua margem de lucro, prejudicando o crescimento da sua empresa da mesma forma.

Se você quer evitar esse tipo de problema, calcule com atenção absolutamente todos os custos que influenciam no preço do seu frete. Além disso, seja muito transparente ao informar os clientes sobre o procedimento de entrega das suas mercadorias.

2. Proteção contra fraudes, sistemas de segurança e ótimo uptime são essenciais

Uma das etapas mais difícil da criação de uma empresa online é a escolha do provedor de hospedagem. Você deverá selecionar um provedor que mantenha seu site seguro e garanta que suas páginas estejam sempre disponíveis para os visitantes.

Para isso, escolha uma plataforma de criação de website que ofereça um ótimo serviço de hospedagem. Do contrário, seus clientes vão avaliar mal a sua loja devido à má experiência que tiveram no site. O Zyro, com o outros construtores de site, garante 99.99% de uptime e certificado SSL gratuito em todos os planos eCommerce.

3. Mais clientes vão solicitar a devolução dos produtos

Listando as vantagens e desvantagens do e-commerce, devemos falar sobre o volume de devoluções que as lojas virtuais costumam receber. Já que os clientes não podem experimentar a mercadoria antes de comprar, você deverá se preparar para receber alguns pedidos de volta.

Para garantir uma experiência de compra excelente para sua clientela e se manter de acordo com o Código de Proteção ao Consumidor, sua loja precisa informar o público sobre a política de devolução. Explique todas as regras com clareza e liste em detalhes as condições e procedimentos para que o cliente envie o produto de volta para você.

4. Mercado muito competitivo

Existem milhares de lojas virtuais na internet, e por isso pode ser difícil para uma nova empresa se destacar da concorrência.

Mesmo assim, não deixe que a competitividade desse mercado desencoraje o lançamento do seu empreendimento.

Foque em oferecer, desde o primeiro dia, produtos de alta qualidade e um atendimento excelente ao cliente. Essas qualidades somadas ao plano de marketing correto podem fazer ganhar tração mais rapidamente.

Escrito por

Avatar do autor

Jeisy Monteiro

Jeisy é dedicada a pesquisar e escrever sobre como pequenos e médios negócios podem crescer na internet de forma sustentável. Ela publica sobre criação de sites, empreendedorismo digital, tecnologia e e-commerce no blog do Zyro. No tempo livre, coleciona cassettes.

Faça parte da conversa

Seu email não será publicado. É obrigatório preencher todos os campos.

Pronto para criar seu site?