Apenas por Tempo Limitado - Poupe até 87 %

+ domínio GRÁTIS por 1 ano

A promoção acaba em:

02 :

14 :

42 :

24

blog Zyro

Todos os tópicos
eCommerce Essenciais Ideias para Negócios Inspiração Marketing

Como Gerar Tráfego para o Seu Site: 18 Maneiras Inteligentes

Carros na estrada durante o pôr do sol

Criar um site atrativo não é suficiente se se quiser rentabilizá-lo. É preciso ser pró-ativo para conduzir o tráfego pronto para conversão para o seu site.

O tráfego, em termos de sites, é a sua base para o crescimento.

Aumentar o tráfego para o seu site melhora o reconhecimento da sua marca e dos seus produtos e, claro, também irá conduzir a um aumento nas vendas.

Um aumento de visitantes faz também com que tenha mais opções para ganhar dinheiro. Por exemplo, pode vender espaço publicitário e implementar links de afiliação.

Não se preocupe se não souber por onde começar. Neste artigo, irá aprender técnicas chave e soluções comprovadas de como gerar tráfego para o seu site.

Que tipos de tráfego existem?

Antes de entrarmos especificamente na mecânica de como gerar tráfego para o seu site, vamos abordar rapidamente os tipos de tráfego existentes.

O tráfego orgânico vem “naturalmente” quando as pessoas encontram o seu site noutras plataformas. Grandes marcas, como a Apple e a Nike, recebem muito tráfego orgânico devido à sua quota de mercado e popularidade.

O tráfego pago, por outro lado, provém de publicidade paga em motores de pesquisa, redes sociais ou outros anúncios. Assim, uma das melhores formas de atrair mais tráfego, em geral, é classificar-se numa posição alta nos SERPs (siglas para páginas de resultados dos motores de pesquisa em inglês).

O primeiro resultado orgânico de uma pesquisa Google irá obter 31.7% de todos os cliques, enquanto quase 80% das pessoas que fazem uma pesquisa irão ignorar os anúncios pagos.

É importante saber que apenas 0.78% das pessoas que utilizam o Google clicam num link a partir da segunda página. É por isso que aprender como transformar o tráfego de pesquisa em tráfego do site é importante para todos os proprietários de sites.

O trabalho necessário para subir nas classificações pode ser longo e difícil mas para o proprietário de um negócio, os benefícios de classificações mais elevadas não devem ser ignorados.

18 maneiras de obter mais tráfego para o seu site

Existem várias técnicas e métodos para gerar tráfego para o seu site. Não se podem utilizar todas – seria simplesmente demasiado para uma única pessoa lidar com elas.

Contudo, se tiver uma equipa, pode expandir os seus esforços de condução de tráfego e escolher quais os métodos que funcionam melhor para o seu público-alvo.

Estudo as seguintes 18 formas de como gerar tráfego para o seu site e torne-se num verdadeiro mestre do tráfego na web.

1. Crie conteúdo de qualidade

Pessoa a escrever em blog no portátil

Uma estratégia de conteúdo forte é uma parte essencial de qualquer site que queira obter mais tráfego.

Não só o conteúdo de qualidade do blog irá conduzir o tráfego para o seu site como também irá encorajar os seus visitantes a voltarem.

O marketing de conteúdo é a primeira parte do funil de vendas. Ajuda a construir o reconhecimento da marca e a confiança entre o seu negócio e os seus potenciais clientes.

Ao criar posts relevantes para o seu nicho, poderá também construir autoridade no seu mercado.

Há alguns passos a ter em mente antes de começar a criar os seus posts.

  1. Adapte o conteúdo ao seu nicho de especialização. Mas não se esqueça também das necessidades dos tipos de pessoas que está a visar. Forneça informação relevante e factualmente correta. O seu objetivo é informar e mostrar o seu domínio no campo abordado.
  2. Certifique-se de que o conteúdo do seu blog está bem escrito. Siga um estilo consistente, crie uma estrutura lógica para todos os posts e artigos do seu blog e assegure-se de que não existem erros gramaticais. É provável que os seus visitantes abandonem o seu site se o conteúdo for difícil ou mesmo impossível de compreender. Utilize ferramentas como o Grammarly ou a aplicação Hemingway para certificar-se que a gramática não é um problema.
  3. Não se esqueça do lado visual. Ilustrações, imagens, GIFs – o conteúdo visual é extremamente importante quando se trata do envolvimento do leitor. Não faça o leitor enfrentar uma parede de texto sem nada ‘divertido’ para ver.

2. Cuide do SEO na página

Livro aberto sobre fundo branco

O SEO está estreitamente ligado ao marketing de conteúdos. Prestar atenção ao SEO irá ajudá-lo a conduzir o tráfego para o seu site porque torna o seu negócio mais fácil de encontrar através dos motores de pesquisa.

SEO na página envolve a otimização do conteúdo do seu blog, layout e arquitetura de links do seu site para melhorar as classificações nos motores de pesquisa.

Uma boa estratégia de SEO na página inclui a criação de conteúdo de qualidade com palavras-chave relevantes. Isto é feito através de uma pesquisa SEO adequada, encontrando as palavras-chave que o seu público provavelmente irá usar e criando conteúdo à sua volta.

Digamos que está a vender t-shirts feitas de algodão orgânico na sua loja online.

Não faria sentido para si criar conteúdo em torno de palavras-chave como as melhores formas de perder peso, que nada têm a ver com os seus produtos. Palavras-chave  como “melhores t-shirts de algodão orgânico” irão funcionar muito melhor.

Assegure-se de que o seu SEO na página é feito corretamente:

  • Adicione meta títulos e meta descrições em todas as suas páginas
  • Inclua texto alternativo nas suas imagens
  • Crie títulos SEO apropriados para o seu conteúdo, incluindo palavras-chave

Poderá sentir-se tentado a ‘encher’ o seu conteúdo com palavras-chave.

Isso já não funciona e pode até ser penalizado, porque os motores de pesquisa têm algoritmos inteligentes que irão reconhecer estratégias de SEO preguiçosas na página.

3. Não se esqueça do SEO fora da página

Detalhes de uma corrente sobre fundo verde

SEO fora da página implica ganhar uma melhor classificação trabalhando em tudo o resto exceto no seu site, daí o nome.

Por exemplo, ter outros sites ligados ao seu (backlinks), criar conteúdo gerador de leads ou escrever um ou dois guest posts são tudo possíveis abordagens.

Quanto mais a sua página for mencionada ou mais links tiver a apontar para a sua página, mais elevada será a sua autoridade.

Se criar conteúdo para o seu blog que seja único e altamente informativo, é provável que outras pessoas o considerem um recurso útil para o qual queiram fazer um link de referência.

Talvez seja um perito em cães que  partilha os seus conhecimentos através do seu blog. Talvez tenha um artigo aprofundado sobre a nova pesquisa que surgiu sobre como os donos de cães podem treinar melhor os seus cães.

Quanto mais pessoas criarem links de volta para o seu artigo original sobre treino de cães, melhor os motores de pesquisa irão considerar o seu conteúdo para responder a perguntas como “como treinar o meu cão” ou talvez “tendências de treino de cães”.

Em suma, o objetivo do SEO fora da página é conseguir que o resto da internet crie links para o seu conteúdo original.

Utilize estas ferramentas para conduzir o tráfego para o seu site

Google Analytics – rastreia, reporta e mede o tráfego no seu site

Ahrefs – realiza pesquisas com palavras-chave, ajuda-o a encontrar a sua classificação e a classificação dos seus concorrentes

SEMrush – descobre quem está a criar links para o seu site e segue a classificação do seu site

Ubersuggest – encontra palavras-chave e sugestões de conteúdo 

4. Aprender SEO técnico

Pessoa a concertar um computador

Uma maneira excelente de conduzir mais tráfego para o seu site é tirando partido do que as pessoas chamam de SEO técnico.

Este tipo de SEO centra-se principalmente na forma como os motores de pesquisa são capazes de percorrer o seu site (vulgo crawling) e indexar todas as suas páginas.

Uma forma de melhorar o seu SEO técnico é criar um mapa do seu site. Isto é feito facilmente através de ferramentas gratuitas como o Google Search Console.

Deve também verificar se existem links quebrados ou redirecionamentos quebrados e corrigi-los antes que o Google os detete.

Os links defeituosos não são apenas mal recebidos pelos motores de pesquisa como também tornam o seu site menos atrativo para os utilizadores e faz com estes sejam menos prováveis de voltar.

E se não conseguir que as pessoas regressem ao seu site, também não verá quaisquer melhorias no tráfego do seu site.

5. Tire partido do SEO local

Placa neon em restaurante americano

O SEO local é um dos aspetos mais negligenciados da otimização para motores de pesquisa.

Refere-se aos detalhes que os motores de pesquisa têm sobre as suas atividades comerciais na sua área geográfica.

Digamos que é cabeleireiro e usa o seu site para fazer reservas e para mostrar os melhores penteados que criou até agora. É provável que também alugue um espaço no seu salão ou que faça visitas domiciliárias.

Se o seu negócio é hiper-local, concentre-se em impulsionar o seu SEO local.

Obtenha mais tráfego ao certificar-se de que os detalhes do seu negócio estão corretamente listados no Google e estão sempre atualizados.

Não há nada pior do que verificar o horário de abertura de um negócio e ir até ao local só para descobrir que agora fecha 1 hora mais cedo.

E não se esqueça de verificar também se tudo está a ser exibido corretamente no Google Maps.

6. Faça com que o seu web design seja responsivo

Múltiplos aparelhos eletrónicos com diferentes tamanhos

Ter um web design responsivo está conectado com o seu SEO e a sua classificação SERP e, portanto, com a quantidade de tráfego de pesquisa que o seu site poderá estar a receber.

O Google promove o design móvel-primeiro. Isto significa que utiliza primeiro as versões móveis de sites para a sua classificação e indexação primária em vez das versões desktop.

O facto de não ter um site responsivo irá prejudicar a sua classificação de pesquisa e tornará mais difícil obter tráfego para o seu site a partir dos motores de pesquisa.

Outras características do seu site que irão afetar a sua classificação de pesquisa incluem:

  • Utilização do site. Os visitantes do seu site não irão permanecer no seu site se tiverem dificuldades em navegar pelo mesmo.
  • Tempo de carregamento da página. O Google considera o tempo de carregamento da sua página e pode penalizar o seu site se este for demasiado lento.
  • Taxa de rejeição. Isto é quando um visitante aterra numa página e sai numa questão de segundos. Taxas de rejeição elevadas podem baixar a classificação do seu site nos motores de pesquisa.
  • Conteúdo duplicado. O Google penaliza o seu site se encontrar conteúdo duplicado que pareça suspeito; está a tentar enganar o Google para aumentar a sua classificação? É importante ligar qualquer conteúdo duplicado legítimo, como uma versão móvel do seu site, de volta ao seu site principal para evitar penalizações.
  • Segurança do site. Muitas vezes referido como SSL, é isto que verifica o seu site como legítimo e protege os dados dos seus visitantes.

Se pretende construir um site responsivo, procure plataformas que oferecem templates de sites responsivos.

Quanto mais fácil for personalizar o template, melhor. Quer poder visualizar o seu site em todos os dispositivos. Desta forma, irá evitar quaisquer contratempos estranhos como, por exemplo, ter o texto do seu blog a bloquear uma imagem.

7. Realizar campanhas de marketing por email

ecrã com a página do gmail

Utilize emails para informar as pessoas sobre promoções, novas funcionalidades ou atualizações de conteúdos. É uma ótima maneira de conduzir tráfego para o seu site.

Ao construir uma lista de emails forte e elaborar uma estratégia de marketing por email adequada, pode aumentar tanto o tráfego para o seu site como as suas taxas de conversão.

No entanto, os utilizadores devem consentir em receber as suas newsletters por isso não ’empreste’ ou compre emails.

Assim que tiver uma lista extensa de emails, escolha um serviço de email marketing para o ajudar com a sua estratégia de marketing.

Poderá acompanhar a campanha, elaborar newsletters e realizar testes A/B. Considere utilizar uma destas ferramentas:

  • ActiveCampaign. Esta é uma plataforma que o ajuda a criar uma campanha de email marketing sofisticada e automatizada que lhe irá poupar tempo e o irá ajudar a gerar receitas para a sua empresa.
  • Constant Contact. Uma das empresas de email marketing originais, a Constant Contact é uma boa opção se estiver à procura de uma ferramenta fácil de usar.
  • SendinBlue. Este software pode ser utilizado para emails transacionais como senhas esquecidas ou para enviar faturas e recibos.
  • Hubspot. Precisa de ajuda com a sua agenda de email marketing, criação de blogs e análise e acompanhamento de campanhas? O Hubspot está aqui para si.
  • Drip. Este software oferece muitas ferramentas mas é especializado no agendamento de múltiplos emails a serem enviados aos subscritores durante uma campanha.

É crucial que adapte as suas campanhas de email marketing às necessidades do seu público.

Dê um passo em frente, segmentando a campanha por demografia. Desta forma, poderá adaptar as suas newsletters em função dos interesses das pessoas.

8. Anuncie nas redes sociais

Sinal de coração sobre um fundo preto

De acordo com The Next Web, mais de 3.48 mil milhões de pessoas estavam a utilizar as redes sociais em 2019.

Com este tipo de alcance, o marketing nas redes sociais tem um enorme potencial para gerar tráfego, leads e aumentar a exposição da marca, o que acaba por melhorar as conversões.

Ao elaborar uma estratégia de marketing nas redes sociais certifique-se que:

  • Conhece o seu público-alvo de dentro para fora e cria cuidadosamente um plano de acordo com as suas necessidades
  • Estabelece objetivos mensuráveis
  • Escolhe os canais certos
  • Cria um calendário para o seu conteúdo

Tenha em mente que diferentes plataformas nas redes sociais requerem estratégias diferentes. Por isso, assegure-se de fazer uma pesquisa exaustiva.

Uma campanha de sucesso redes sociais irá ajudá-lo a aumentar o reconhecimento da marca e pode aumentar significativamente o tráfego do site.

Por exemplo, a #ShowUs da Dove é um grande exemplo de uma campanha de sucesso nas redes sociais.

As mulheres do projeto Dove

Eles utilizaram 4 plataformas (Facebook, Twitter, Instagram e YouTube) para lançar o projeto #ShowUs, onde pediram à sua audiência para enviar fotos de si próprios e mostrar o que achavam é a beleza para eles.

Outro excelente exemplo é a campanha da Starbucks Unicorn Frappuccino.

Unicorn Frappacino da Starbucks com rapariga de cabelo colorido

A Starbucks utilizou o Instagram para ajudar a lançar a sua campanha anual Frappuccino Happy Hour com uma criação infame cor-de-rosa e roxa. O seu hashtag gerou com sucesso quase 155.000 posts no Instagram durante esse tempo.

Outra forma de aumentar o tráfego do site através das redes sociais é através da simples utilização de botões de partilha social.

Com um botão de partilha, basta apenas um clique para os seus seguidores partilharem o seu conteúdo ou compras no seu Facebook, Instagram e outras plataformas.

9. Dê uma plataforma aos guest bloggers

Tapete com boas vindas em francês

O guest blogging é quando contribui com conteúdo para outro site ou quando convida outro blogger a publicar um blog post no seu site.

Os guest posts são geralmente escritos para sites dentro do mesmo nicho.

Ter guest posts tem a ver com o aproveitamento dos peritos da sua indústria e dos seus seguidores. Ser um guest blogger é promover a sua marca junto de um público já estabelecido. Ambas as técnicas são excelentes para a promoção cruzada.

Há mais benefícios do que apenas chegar a diferentes audiências.

Quando partilha os seus conhecimentos através de um post de guest blog, pode estabelecer-se como uma autoridade ou perito na sua área.

Isto tem um efeito em onda ao melhorar a autoridade do domínio do seu site, aumentando assim a sua posição de pesquisa e, eventualmente, o seu volume de tráfego.

Convidar um escritor convidado pode trazer novas ideias e conteúdos ao seu público. Se está a cair numa rotina, um guest post é uma ótima forma de manter os seus leitores envolvidos e felizes.

10. Ofertas

Placa com giveaway escrito e céu azul

Uma forma simples e divertida de conduzir o tráfego para o seu site é através de concursos e ofertas.

Esta é uma ótima maneira de dar ao seu site um aumento rápido no tráfego e recompensar os seus seguidores. Mas, antes de fazer um post ou anunciar as suas ofertas, deve ter uma estratégia implementada.

Terá de decidir o que oferecer e qual a plataforma a utilizar para a promoção.

Estabeleça regras claras para que o seu concurso seja profissional e justo. Publique conteúdo no seu site e coloque-o nas redes sociais, adicione-o às suas campanhas de email marketing e por aí adiante.

Existem várias ferramentas para o ajudar com o concurso. Um dos mais populares é o Rafflecopter – faz com que a criação de ofertas e a sua promoção seja rápida e simples.

11. Atualizar conteúdo antigo

Mulher idosa a olhar pela janela

Sabia que ainda pode atrair tráfego direcionado para o site com conteúdos de blogs mais antigos? Pode fazê-lo adicionando informação atualizada e fazendo melhorias de SEO na página do seu conteúdo.

Esteja mais atento com os conteúdos mais recentes do seu blog. Com o seu algoritmo Freshness, o Google dá prioridade aos sites que atualizam regularmente o seu conteúdo.

Por exemplo, uma pessoa que procura ‘filme Disney horários’ está provavelmente à procura de informação atualizada sobre as horas dos filmes na sua área. Assim, devem obter uma lista de horários para os últimos filmes da Disney e não a informação da semana passada.

Além disso, revisitar conteúdos mais antigos é uma oportunidade de verificar se os seus links ainda estão a funcionar.

Quase 90% dos clientes online têm menos probabilidades de regressar a um site quando tiveram uma má experiência, pelo que ter um site com ligações quebradas ou desatualizadas pode enviar aos seus visitantes a mensagem errada e prejudicar o seu SEO.

Mas não o faça sozinho. Pode usar ferramentas para o ajudar a encontrar e corrigir ligações quebradas no seu site.

Com o Google Search Console, pode verificar se o seu site tem algum erro de indexação de pesquisa. O Screaming Frog é uma ferramenta gratuita que pode verificar se tem links quebrados.

12. Experimente os anúncios pagos

Mesa branca com blocos com as palavras pay per click

Deve considerar investir em anúncios pagos se estiver à procura de uma forma rápida de conseguir mais tráfego para o seu site.

Pode comprar espaço publicitário na maioria dos sites e motores de pesquisa, incluindo as redes sociais e sites de notícias.

Além disso, a maioria dos motores de pesquisa mostram anúncios pagos no topo das páginas de resultados de pesquisa antes dos próprios resultados da pesquisa.

A utilização de tráfego dos motores de pesquisa e de palavras-chave relevantes pode conduzir rapidamente tráfego mensal constante e de alta qualidade para o seu site.

É uma estratégia particularmente útil se estiver a começar e o seu site ainda não estiver no topo da lista dos motores de pesquisa.

Comece por analisar as tendências de pesquisa com ferramentas como o Google Analytics. Uma vez que a maioria dos motores de pesquisa utiliza o modelo preço por clique (PPC) para publicidade paga, preste atenção ao:

  • Escolher as palavras-chave certas. Deve visar palavras-chave  long-tail (palavras chaves usadas por visitantes perto do ponto de compra. Por ex.: bolsas de 13 polegadas para portáteis) em detrimento de termos de pesquisa mais genéricos (bolsas para portáteis). Obterá mais tráfego direcionado, o que não só converte melhor, como também mantém os seus custos globais de PPC mais baixos.
  • Compreender os fatores que compõem o preço global por clique. O seu anúncio deve ser relevante para a palavra-chave e de alta qualidade geral. A popularidade e a competição por palavras-chave específicas também influenciam o preço que irá pagar por cada clique. Ajuda a manter o custo do seu tráfego pago tão baixo quanto possível.

13. Otimize o fluxo do seu site

Silhueta de uma garrafa

Prestar atenção às páginas nas quais os seus visitantes passam muito tempo ou nas quais passam menos tempo, é outra forma de otimizar o seu fluxo de tráfego.

A utilização de ferramentas como o Hotjar para analisar mapas de calor das suas páginas pode ajudá-lo a compreender quais as páginas que os visitantes acham interessante e em quais não gastam tempo nenhum.

Pode ser que esteja a perder tráfego porque o seu processo de encomenda é demasiado longo ou complicado ou porque está a dar prioridade ao tipo de conteúdo errado.

Invista algum tempo a percorrer regularmente os fluxos principais do seu site. Um botão call-to-action mal colocado pode estar a cortar o seu tráfego por muito.

14. Faça parcerias com influencers

Pessoa a tirar uma selfie com uma parede rosas por trás

O marketing influencer é uma forma relativamente acessível de conseguir tráfego para o seu site.

Em resumo, o marketing influencer é uma estratégia de marketing em que as empresas têm um acordo de patrocínio com um influencer nas redes sociais. O influencer é normalmente pago por apresentar uma marca ou um produto no seu conteúdo e a marca recebe exposição e reconhecimento em troca.

Em comparação com os patrocínios com celebridades, as campanhas de marketing com influencers nas redes sociais podem ser até 4 vezes mais eficazes na criação de familiaridade com a marca dentro do público-alvo.

Isto porque muitos consumidores sentem que os influencers são mais próximos e de confiança do que as celebridades. Os influencers são tratados mais como amigos e é por isso que as suas palavras podem pesar muito quando se trata de comprar um produto.

Comece por:

  1. Identificar os tipos de influencers que melhor funcionam para o seu site e marca 
  2. Contacte agências relevantes e comece a discutir como podem trabalhar em conjunto
  3. Considere que tipo de conteúdo a sua marca ou produto se adequa melhor
  4. Partilhe um cupão único, voucher de desconto ou link de rastreio com os seus influencers

15. Envolva-se com a sua comunidade

Grupo de pessoas num concerto

Quanto mais envolvido estiver com o seu público e a sua comunidade online mais tráfego irá conduzir para o seu site.

Considere fazer o que o blog financeiro The Financial Diet faz: incentive os membros da comunidade a participar em guest posts enviando artigos para o seu blog.

Se gerir uma loja online, certifique-se de que está a responder às críticas dos produtos e responda rapidamente a quaisquer perguntas dos clientes.

Para aqueles com uma forte estratégia de marketing nas redes sociais, responda a comentários e mensagens diretas nas plataformas relevantes. Isto irá criar confiança junto do seu público e irá mostrar que é de facto uma pessoa real a gerir a sua marca.

É também uma ótima forma de sentir verdadeiramente a sua audiência. Quanto melhor compreender o que o seu produto ou marca faz bem e onde fica aquém das expectativas, mais fácil será melhorar.

É por isso que não se deve acanhar e ignorar os comentários negativos.

De facto, uma crítica ou comentário negativo  pode ser a sua oportunidade de mostrar que se preocupa com os seus clientes. Ofereça-lhes um desconto ou aconselhe-os sobre como tirar o máximo partido do seu produto.

Afinal de contas você é o especialista, certo?

16. Produza vídeos

Claquete sendo usada no exterior

Nunca houve melhor altura para criar grandes conteúdos em formato de vídeo para aumentar o seu tráfego.

A Cisco prevê que em 2022, os vídeos irão representar mais de 80% de todo o tráfego. Portanto, quanto mais cedo começar, melhor preparado irá estar para o futuro.

Os vídeos funcionam como maravilhas na publicidade paga e orgânica nas redes sociais por isso introduza vídeos nas suas contas do Facebook, YouTube e Instagram.

Organize eventos ao vivo nos bastidores ou responda a perguntas sobre a sua marca e produtos. Mais tarde, poderá incluir os vídeos num post sobre o evento ou produto.

Lembre-se de adicionar as palavras-chave relevantes ao título e descrição do seu vídeo e use tags e categorias quando possível para ter ainda mais hipóteses de conduzir o tráfego para o seu site.

17. Otimize para pesquisas de voz

Dispositivo controlado por voz

Altifalantes inteligentes e assistentes de voz como a Alexa e o Google Home estão a tornar-se cada vez mais populares.

A otimização do seu conteúdo para pesquisa de voz é uma forma infalível de se antecipar à concorrência.

A PwC descobriu que mais de metade das pessoas com idades compreendidas entre 25-49 anos utilizam a pesquisa de voz pelo menos uma vez por dia. E não admira, uma vez que o mercado vale 11.9 milhões de dólares a nível mundial.

Especialmente se o seu site tiver muito conteúdo informativo ou guias de como fazer, a criação de conteúdo pesquisável por voz pode trazer-lhe muito tráfego novo.

Faça algumas pesquisas sobre os tipos de perguntas mais comuns que as pessoas perguntam aos seus assistentes de voz e veja se consegue gerar conteúdo em torno desses tópicos em particular.

Por exemplo, se gerir uma loja online que vende utensílios de cozinha, poderá criar conteúdos baseados em receitas. E poderá ser que da próxima vez que alguém perguntar à sua página inicial do Google como fazer ovos mexidos, o seu artigo será referido.

18. Obter cobertura dos mídia (RP)

Pessoa sentada no banco a ler o jornal

Outra excelente forma de conduzir o tráfego para o seu site é chamar a atenção dos mídia.

Ser discutido aos olhos do público pelos principais meios de comunicação social dá à sua empresa ou site uma exposição imediata.

Também dá à sua marca validação externa, o que é ótimo para construir confiança com potenciais clientes.

Dependendo do seu mercado, pode já estar a criar comunicados de imprensa para novos lançamentos de produtos ou resultados de pesquisa.

Manter uma secção para notícias relacionadas com a imprensa no seu site facilita aos representantes dos meios de comunicação social encontrar toda a informação de que necessitam num único local. Publique uma nova atualização sempre que tenha atravessado um novo marco ou esteja a lançar um novo projeto ou produto.

Poderá também incluir entrevistas com as pessoas-chave por detrás do seu site ou marca. Certifique-se de que o seu conteúdo de imprensa é fácil de compreender e tem algumas boas citações que os meios de comunicação social podem utilizar.

Pode considerar a criação de uma newsletter com comunicados de imprensa para apoiar os novos conteúdos que publica. Os meios de comunicação social estão ocupados, por isso alimente-os com conteúdo digno de notícia e eles terão todo o prazer em publicar.

Expando o networking. Aborde os meios de comunicação social que são relevantes para o seu campo e pergunte-lhes se estão interessados numa demonstração ou em anúncios gratuitos. Utilize sites como o LinkedIn para encontrar conexões relevantes com os meios de comunicação e participe ativamente em conversas.

Desta forma, não só se estabelecerá como um líder de pensamento, como também poderá chegar a pessoas que não estão diretamente ligadas a si. Pode ser que enquanto o João do Diário de Notícias não quer saber do seu produto, este conhece alguém de outro jornal que irá adorar publicar uma história sobre si.

Comece agora a gerar tráfego para o seu site

Carros na estrada durante o pôr do sol

Conduzir tráfego de alta qualidade e de alta conversão para o seu site pode parecer uma tarefa assustadora.

Mas, não tem de ser difícil. Basta seguir as nossas dicas:

  1. Esteja atento aos resultados do tráfego pago e orgânico. Decida se vale a pena pagar por um anúncio ou se é mais importante melhorar organicamente a sua classificação.
  2. Aplique SEO ao seu conteúdo e tire partido de ferramentas que o ajudarão ainda mais. Atualize o conteúdo do seu blog antigo e publique frequentemente.
  3. Mantenha os seus subscritores informados com o email marketing. Lembre-se sempre de pedir permissão para utilizar o email de alguém.
  4. Tire partido do marketing nas redes sociais. Descubra que plataformas pode utilizar para atingir o seu público-alvo. Tente realizar campanhas com ofertas.
  5. Domine o guest posting. Apresente os seus conhecimentos a plataformas de blogging estabelecidas. Por sua vez, convide escritores e bloggers a escreverem um guest post no seu site.
  6. Tenha em mente o seu público ao conceber o layout do seu site. Certifique-se de que o seu design funciona bem em smartphones e tablets, assim como no desktop.

Finalmente, uma vez que existem muitas maneiras de conduzir o tráfego para o seu site, é importante lembrar porque é que as pessoas vêm visitar o seu site em primeiro lugar e amplificar isso.

Se os seus visitantes adoram o conteúdo do seu blog ou se oferece apenas o produto para resolver os seus problemas, certifique-se de que coloca o que tem de especial no centro do seu site.

Escrito por

Avatar do autor

André Quintal

Copywriter focado em trazer as melhores dicas e truques para todos os interessados em desenvolver um negócio online poderem alcançar o seu potencial. Para além da sua paixão pela escrita, André, passa o seu tempo a viajar e a descobrir novos países e culturas.

Junte-se à conversa

O seu endereço de email não será publicado. Todos os campos são necessários.