Apenas por Tempo Limitado - Poupe até 69 %

02

:

dias

03

:

horas

46

:

minutos

15

segundos

blog Zyro

Todos os tópicos
eCommerce Essenciais Ideias para Negócios Inspiração Marketing

22 Ideias Para Negócios Online de Sucesso

Melhores ideias de negócios online

Está à procura de uma ideia para um negócio online de sucesso com baixo investimento, de relativamente baixo risco e rápido para lançar?

Embora não lhe possamos prometer que criar e gerir um negócio online será a coisa mais fácil que alguma vez irá fazer, podemos dar-lhe ideias que têm grandes probabilidades de sucesso.

Embora venha com pressões e obstáculos únicos, a versatilidade da internet significa que não há quase nenhum limite para as ideias de negócios online que pode experimentar.

É apenas uma questão de escolher o caminho certo para si.

Ao iniciar um negócio online, terá de considerar os seus próprios interesses e competências, a procura do mercado, o seu orçamento e as limitações de tempo.

Se precisar de alguma inspiração para iniciar o seu negócio online, basta verificar algumas das nossas ideias abaixo.

Dividimos 22 grandes ideias para negócios online de sucesso em 5 secções: Seja criativo, Venda coisas, Venda as suas competências, Mergulhe na tecnologia, e Venda a sua personalidade.

Basta escolher a secção que achar mais adequada às suas capacidades e depois explorar as ideias de negócio online dentro desta.

Seja criativo

Os negócios online não têm de ser sempre tudo sobre negócios.

Se tiver uma paixão, pode ser relativamente fácil transformá-la na sua carreira utilizando a magia da internet para iniciar um negócio.

Assim, este primeiro grupo de ideias de negócios online de sucesso centra-se nas formas como pode transformar a sua forma favorita de criatividade num fluxo de receitas.

1. Comece um blog (e monetize-o)

Pessoa a escrever em blog no portátil

Ganhar dinheiro com as suas palavras é possível, basta pedir. Nomadic Matt, Nerd Fitness, Lifehacker e até o Huffington Post.

O mercado do blogging está bastante saturado mas por boas razões. Há muitas formas de rentabilizar um blog ou site, desde a exibição de anúncios no Google e a venda de mercadoria até ao arrendamento de espaço publicitário e à escrita de posts patrocinados.

No entanto, ganhar um rendimento estável a partir do blogging requer dedicação e trabalho árduo. A chave é a consistência do conteúdo; a frequência por si só não é suficiente e a qualidade do seu conteúdo também importa.

Não só a publicação consistente de conteúdo envolvente de uma forma atempada mostra dedicação, como também irá resultar num melhor SEO.

Tem de decidir sobre uma linha temporal que pode manter, descobrir o estilo, tom e voz que representa o seu projeto e determinar o calendário de publicação que funciona melhor para o seu site.

Com o construtor de sites Zyro, pode criar o blog dos seus sonhos num instante. É gratuito, repleto de templates fantásticos, fácil de usar e, o mais importante, otimizado para os motores de pesquisa.

2. Escreva um eBook

Página inicial do Kindle publishing

Escrever eBooks não só é uma excelente forma de estabelecer a autoridade de um marca num assunto, como também se pode ganhar dinheiro com esta ideia de negócio online.

Os eBooks têm o potencial de serem descobertos por um público vasto, uma vez que não existem limitações físicas. Por outras palavras, não tem de confiar nas pessoas que visitam uma livraria para lerem o seu material.

Existem plataformas que lhe permitem a auto-publicar de forma gratuita. No entanto, algumas plataformas cobram taxas de direitos de autor pelo seu serviço.

Não tem a certeza de como começar a escrever o seu livro?

  1. Apresente um conceito único. Encontre um tópico ou ideia central sobre a qual quer escrever. Se ganhar dinheiro é a sua principal prioridade, talvez queira seguir as tendências para melhorar as probabilidades de vender o seu trabalho.
  2. Defina um esboço e um prazo. Depois de encontrar o melhor tópico ou ideia sobre a qual escrever, elabore um esboço e estabeleça um prazo. Certifique-se de dedicar pelo menos alguns minutos por dia para trabalhar no seu livro e continue mesmo que esteja bloqueado.
  3. Rever, editar e escrever. Uma vez terminado o seu eBook, a última coisa a fazer é poli-lo. Não se apresse e assegure-se de que está tudo como pretende antes de publicar.

3. Vender fotos

Homem a tirar fotos

Se for um fotógrafo, pode vender as suas fotografias online licenciando-as através de bibliotecas de fotografias de terceiros ou criando os seus próprios pacotes de stock para venda.

Há muitos tipos de fotografias com as quais pode lucrar tais como fotografias de stock, fotografias comerciais, fotografias de comida ou fotografias de viagem.

A venda de fotografias online é rentável. Como qualquer outro negócio online, a internet torna este empreendimento relativamente pouco dispendioso para começar.

Também é conveniente. Os seus clientes podem navegar e comprar as suas obras de forma mais fácil e rápida. Terá a vantagem de ser capaz de visar uma vasta gama de mercados.

A internet é fortemente dependente do conteúdo gráfico, pelo que irá encontrar sempre um mercado disposto a comprar as suas fotografias.

Vender coisas

Ter uma loja online é muito menos dispendioso em comparação com uma loja blocos e cimento pois não existe uma localização física para alugar e manter.

É possível alcançar um público mais vasto utilizando práticas de SEO e branding eficazes. Não se esqueça, 87% dos compradores iniciam a sua pesquisa de produtos online.

4. Vender cursos online

Pessoa sentada na secretária com portátil

Estudos de mercado projetam que a indústria da aprendizagem online irá crescer para 325 mil milhões de dólares até 2025.

Um curso online de sucesso pode gerar mais de $75.000 de acordo com o Teachable. Além disso, encoraja-o a melhorar as suas competências e perícia ao mesmo tempo que se estabelece como uma autoridade sobre um tópico.

Para o fazer, tem primeiro de determinar questões comuns com que os seus potenciais alunos se debatem e estabelecer como a sua perícia os pode ajudar.

  • Realize um inquérito. Se já tiver uma lista de emails ou um seguimento nas redes sociais, pode pedir aos seus seguidores que preencham um inquérito sobre os temas que têm interesse em aprender.
  • Avalie o interesse do público. Pode fazê-lo utilizando ferramentas analíticas como o Buzzsumo ou o Ahrefs para obter conhecimentos sobre os temas procurados pelas pessoas mais frequentemente.
  • Valide a sua ideia. Uma vez identificado um nicho promissor que possa ensinar, teste as águas para ver como o público reage.
  • Mantenha o estudo envolvente. Evite informações desnecessárias e crie cursos com um design a pensar na progressão natural, um passo de cada vez.

Tudo o que tem de fazer é criar um site onde pode alojar o seu curso, torná-lo apelativo e promover o seu curso online junto do seu público-alvo. Em seguida, sente-se e veja as inscrições chegarem.

5. Vender produtos impressos em 3D 

Impressora 3D com vários produtos e portátil.

Há poucos anos atrás, a impressão em 3D era acessível apenas a grandes empresas e a nerds dedicados com demasiado tempo e dinheiro.

Hoje em dia, é possível adquirir uma impressora profissional 3D por apenas alguns milhares de dólares e beneficiar do software simplificado que está agora disponível no mercado.

Uma vez que a indústria global de impressão 3D deverá valer mais de 35 mil milhões de dólares dentro da próxima década, este é um nicho de serviços à prova de futuro para se conseguir entrar.

Com o custo de arranque e produção em declínio, as margens de lucro nesta indústria estão a aumentar constantemente.

Dentro do nicho de impressão 3D, as ideias de negócios online incluem:

  • Vender os seus próprios designs artísticos
  • Imprimir designs enviados pelos clientes
  • Criar peças especializadas
  • Imprimir digitalizações de pessoas, animais de estimação ou objetos

6. Tente o dropshipping 

Homem com tshirt branca

Se está preocupado que investir no mundo do eCommerce signifique gastar enormes quantidades de dinheiro em stock e armazenamento, espere até ouvir falar do dropshipping.

Em vez de assumir o fardo de comprar e armazenar mercadorias antes de fazer uma venda, o dropshipping permite-lhe vender aos clientes e depois enviar artigos individuais diretamente dos fornecedores para o cliente final.

Na maioria dos casos, os artigos não passam por si.

O dropshipping pode ser feito com basicamente qualquer produto em qualquer nicho. Portanto, se tiver um interesse particular ou se tiver identificado uma lacuna no mercado que pensa poder ser rentável para si, encontre um fornecedor.

Começar com o dropshipping é tão simples como isto:

  1. Escolher o(s) seu(s) produto(s)
  2. Conectar-se com um fornecedor
  3. Montar a sua loja de eCommerce
  4. Marketing para o seu público-alvo
  5. Fazer vendas que serão enviadas diretamente aos clientes

7. Venda os seus produtos feitos à mão 

Cerâmica artesanal

Esta é uma ideia de negócio que junta a criatividade e o eCommerce.

É bom a coser camisas e vestidos? Os seus quadros estão simplesmente fantásticos? Os seus bolos fazem as pessoas sorrir?

Embora os grandes negócios possam ter assegurado que a maioria das transações online envolvem produtos produzidos em massa, existe um enorme mercado para produtos de nicho, artesanais e caseiros.

Plataformas como o Etsy popularizaram a ideia de vender produtos caseiros e artesanais online mas não há razão para não poder criar a sua própria loja online para oferecer o mesmo tipo de produtos.

Por exemplo, falámos com a Lapsa – uma marca de bolsas ecológicas que começou a vender em Etsy mas depois tomou o assunto nas suas próprias mãos.

O processo para começar a vender produtos feitos à mão é o mesmo com quaisquer outros produtos mas, neste caso, tem simplesmente de se dar tempo para criar o produto de antemão ou quando os clientes os encomendam.

Este tipo de pequeno negócio depende da sua capacidade de transmitir a mensagem da qualidade extra e do valor ético das pessoas que compram produtos artesanais em vez de produtos fabricados em fábrica.

8. Vender impressões e t-shirts

Bolsa com frase Behave Badly

Claro, há literalmente milhares de pessoas a vender produtos impressos e t-shirts online. Há uma boa razão para isso.

Esta ideia de negócio online está sempre em alta e, se conseguir um design bem sucedido, pode tornar-se uma grande fonte de rendimento.

Embora a t-shirt básica e artigos como malas de viagem e canecas possam não ser artigos de luxo, os clientes estão mais do que dispostos a pagar mais se houver um design impresso atrativo incluído.

Pode comprar estes artigos à unidade ou a granel para serem revendidos… As oportunidades são literalmente ilimitadas.

Pode começar por pensar em algumas ideias de design com que pode começar ou pode decidir permitir que os clientes carreguem os seus próprios designs para que possa imprimir por eles. Outro opção seria contratar um freelancer para lhe apresentar alguns designs.

Se não estiver preparado para investir em montes de inventário para a sua empresa de t-shirts, não se preocupe. Há muitos fornecedores que irão imprimir artigos a pedido para si e muitas vezes enviam diretamente aos clientes.

Venda os seus conhecimentos 

As mercadorias não são a única coisa que se pode vender online. Vender serviços é uma forma incrivelmente rápida e barata de iniciar um negócio online.

Uma das melhores coisas sobre vender as suas competências como serviço é que tudo o que precisa é de um portátil e uma ligação à internet e pode fazer o seu trabalho a partir de qualquer lugar – sempre que quiser.

Pode tirar partido da sua liberdade e viajar ou simplesmente ficar em casa e encontrar um equilíbrio muito bom entre trabalho e vida pessoal.

Infelizmente, ao contrário de outras ideias desta lista, vender as suas competências normalmente não abre a oportunidade de ter um rendimento passivo. Terá de trabalhar ativamente pelo seu dinheiro.

9. Torne-se um designer gráfico

Pessoa com caneta digital

Se tem olho para o design e sabe mexer no Photoshop ou outro software de edição de imagem, há uma boa hipótese de estar preparado para iniciar um negócio que ofereça serviços de design gráfico.

Se passar 5 minutos na internet, irá aperceber-se de que os elementos visuais são essenciais. As empresas estão sempre a precisar de pessoas com capacidades de design para criar logotipos, banners, elementos para sites e outros elementos visuais.

Obviamente, ser um designer gráfico requer alguma formação. Para além do Photoshop, Illustrator e Dreamweaver, também se deve provavelmente ter uma compreensão de como funciona o HTML, o Javascript e o CSS.

A maioria dos designers gráficos utiliza fortemente as redes sociais para angariar novos negócios. No entanto, também dependem muito de um site de portfolio com um aspeto fantástico para atrair novos clientes.

10. Venda os seus conhecimentos de SEO ou de publicidade

Blocos com a palavra SEO

Conhece o seu SEO, o seu PPC e sabe o segredo de como duplicar o tráfego numa questão de dias? Bem, empresas e indivíduos gostariam de aplicar as suas competências às suas necessidades de marketing digital.

Otimização para Sistemas de Pesquisa (SEO) é a chave do sucesso para a maioria das empresas que fazem negócios online e as competências de marketing em áreas como pagar-por-clique (PPC), marketing de conteúdos ou email marketing são sempre muito procuradas.

Se tiver os conhecimentos certos ou experiência, é fácil comercializar as suas competências ao melhor licitador.

Estas competências são também aplicáveis a praticamente todas as ideias de negócio online desta lista e são especialmente úteis para coisas como o marketing de afiliados.

Assim, familiarizar-se com elas é útil, qualquer que seja o negócio que decida iniciar.

11. Gerir as redes sociais outras pessoas

Redes sociais - facebook

Aqui está um pequeno segredo: a maioria das celebridades e empresas não gerem as suas próprias contas nas redes sociais.

Porque não têm tempo ou capacidades para o fazer com sucesso, há muitas pessoas dispostas a entregar as suas credenciais de login no Twitter, Facebook ou Instagram a pessoas que sabem o que estão a fazer.

A gestão das redes sociais não se limita a tirar fotos bonitas de refeições e cafés. Requer também alguém com pensamento estratégico e competências em fotografia e copywriting.

Parece-lhe o trabalho perfeito para si? Então, pode começar a ganhar dinheiro desta forma com relativa facilidade.

Primeiro, precisa de certificar-se que as suas próprias redes sociais estão à altura, depois criar um site profissional e começar a contactar as pessoas que pensa que possam estar interessadas nos seus serviços.

12. Torne-se um tradutor

Criança a escrever em vários idiomas

Consegue falar duas ou mais línguas fluentemente? Que sorte a sua.

Porque não colocar essas competências em uso e ganhar dinheiro como tradutor?

Existe um limite até onde o Google Translate o pode levar e as empresas estão sempre à procura de pessoas que possam ajudá-los a transmitir a sua mensagem em diferentes línguas.

Há diferentes formas de colocar as suas capacidades de tradução em uso no mundo online:

  • Tradução simultânea. Isto pode envolver numa chamada Zoom com duas ou mais pessoas que não falam uma língua comum. Deverá traduzir a conversa de modo que todas as partes compreendam..
  • Tradução de textos. Isto significa simplesmente que pegaria num  texto numa língua e o converteria noutra língua.
  • Localização. Isto implica verificar a presença geral online de uma empresa e mudar os elementos necessários para tornar a empresa mais local através da alteração de elementos culturais e linguísticos específicos para o local pretendido. 

13. Tornar-se um copywriter

Closeup de homem a escrever em papel

Se gosta de escrever mas não precisa do incómodo de gerir um blog,  copywriting é uma forma de fazer dinheiro online que vale a pena considerar.

Copywriting, no sentido mais convencional, é o ato de escrever para fazer publicidade. Muitas vezes sobrepõe-se à escrita de conteúdo que tem como principal objetivo informar.

Independentemente do contexto específico, copywriting implica trabalhar com conteúdo escrito, para o qual existe imensa procura. Enquanto precisarmos de comunicar por escrito, um copywriter nunca ficará sem trabalho.

O conteúdo pode variar desde posts para blogs, emails, relatórios da indústria, white papers, legendas para as redes sociais e, claro, textos de marketing.

Outras regalias de um copywriter incluem um horário de trabalho flexível, oportunidades de aprender coisas novas, oportunidade de ser criativo e, o mais importante, qualquer pessoa pode-o fazer.

14. Torne-se um assistente virtual

Homem a trabalhar no PC e a afagar o cão

Um assistente virtual é um freelancer que oferece serviços à distância a uma empresa ou a um indivíduo.

Os assistentes virtuais são sempre procurados pelas empresas, uma vez que as podem fazer poupar até 78% em custos operacionais anuais, de acordo com a OutsourceWorkers.

É mais barato do que contratar um funcionário a tempo inteiro, uma vez que os assistentes virtuais só são pagos com base no número de horas de trabalho. Além disso, a natureza contratual deste trabalho significa que eles só são contratados quando necessário.

Tipicamente, os assistentes virtuais têm experiência em posições de secretariado, embora seja possível ser um assistente virtual mesmo sem essa qualificação.

Desde que seja bom com a tecnologia, capaz de realizar tarefas administrativas básicas como a utilização de processadores de texto e tenha algum conhecimento em marketing e design gráfico, pode candidatar-se ao cargo.

Foi reportado que em 2018 o valor dos serviços subcontratados valia 85,6 mil milhões de dólares, com a sua taxa de crescimento anual composta prevista a atingir 4,4% entre 2018-2022.

Mergulhe na tecnologia

Embora não seja para todos, entrar num campo mais técnico é ideal para aqueles que podem programar ou sabem uma ou duas coisas sobre web design.

Talvez tenha esteja cheio de inspiração e queira lançar o próximo grande produto tecnológico ou simplesmente queira vender melhores versões de produtos existentes.

Seja o que for, há uma série de maneiras que as suas capacidades tecnológicas podem ajudá-lo a começar com um negócio online.

Uma das melhores coisas sobre começar um negócio de tecnologia é que, se tiver sucesso, é relativamente fácil escalar um pequeno negócio para um muito maior ao longo do tempo.

Quer começar mas faltam-lhe ideias de negócios online? Não se preocupe.

Abaixo encontrará uma série de ideias de negócios de tecnologia em que pode começar imediatamente.

15. Junte-se a um programa de afiliados

Figuras de brinquedos a apertar as mãos

Os programas de afiliados permitem-lhe promover um produto, serviço ou comerciante em troca de comissões sobre inscrições ou vendas.

Em geral, existem três modelos:

  • Pago por venda. O programa de afiliação mais comum. É pago de acordo com o número de vendas obtidas para um negócio.
  • Pago por lead. O dinheiro que ganha com este formato é baseado em quantas conversões pode gerar a partir de leads. Os leads em marketing são basicamente potenciais compradores.
  • Pago por clique. Como o nome indica, será pago pelo número de cliques (visitantes) que conduz ao site do comerciante.

O marketing de afiliação é um negócio lucrativo; as despesas da indústria irão atingir os 8,2 mil milhões de dólares até 2022. O Google Trends mostra que a palavra-chave “marketing de afiliação” também está a crescer em popularidade.

Esta ideia de negócio online é flexível e conveniente para os afiliados. Podem fazê-lo em qualquer altura, em qualquer lugar e não precisam de ter conhecimentos especiais. Em geral, é uma ótima forma de obter um rendimento extra passivo.

Interessado em tornar-se um afiliado? Considere juntar-se a um dos programas populares como o ShareASale, Amazon Associates, Shopify Affiliate Program, eBay Partners, Rakuten Marketing Affiliates ou Zyro Affiliates.

16. Crie uma aplicação

Aplicação tik-tok em vários dispositivos

Tem uma ideia para uma aplicação que resolva um problema que até agora ninguém mais foi capaz de ultrapassar?

Esta é uma das melhores ideias de negócio online que tem o potencial de lhe dar uma fortuna – parabéns.

As aplicações são a forma perfeita de transformar grandes ideias de negócios online em realidade, uma vez que são relativamente rápidas de fazer e podem trazer enormes retornos.

De todas as ideias desta lista, construir a sua aplicação pode revelar-se a mais rentável. Uma vez que a indústria global de aplicações móveis vale mais de 106 mil milhões de dólares anuais, há certamente espaço no mercado para começar.

Apesar de ser um dos negócios online mais potencialmente lucrativos, o desenvolvimento de aplicações custa uma boa quantia de dinheiro se precisar de contratar programadores. Ou, se tentar fazê-lo sozinho, irá consumir uma grande parte do seu tempo e recursos.

Se planeia ganhar dinheiro com uma aplicação, irá precisar também de investir tempo e dinheiro na otimização de loja de aplicação (ASO) e outros esforços de marketing. Num mercado tão competitivo, isto pode revelar-se um desafio.

Mas se adora o desenvolvimento de aplicações e sempre admirou os proprietários de empresas em fase de arranque, porque não dar-lhe uma oportunidade?

17. Comercialize domínios 

Extensão de domínio .com em teclado azul

Sim, pode realmente ganhar dinheiro comprando e vendendo nomes de domínio para sites.

No que toca a ideais de negócios online, esta é uma ideia arriscada.

Envolve bastante investimento em tempo e dinheiro para encontrar domínios que pensa serem desejáveis e corre sempre o risco de perder dinheiro se não conseguir vender os seus domínios novamente.

Há duas abordagens principais no comércio de domínios:

  • Comprar nomes de domínio que pensa que muitas pessoas poderão querer. Estes tendem a ser domínios de uma palavra que se podem aplicar a várias empresas ou indivíduos diferentes. O seu valor vem da concorrência.
  • Comprar domínios mais longos ou mais específicos em que apenas uma ou duas empresas ou indivíduos possam estar interessados. Depois,mantém o domínio e faz uma oferta a uma marca que possa estar interessada..

Se é um indivíduo criativo que e tem jeito para combinar palavras-chave, assim como em prever tendências futuras e uma intuição decente, este pode ser o negócio certo para si.

Caso esteja interessado em comprar o seu primeiro domínio, pode pesquisar e comprar domínios no Zyro.

18. Criar SaaS

Monitor de computador com diversas aplicações

O software como serviço (ou SaaS) são algumas das ferramentas essenciais que usamos todos os dias. Desde ferramentas de gestão de projetos como o Asana ou o Monday a ferramentas para escritório como o Google Docs, Sheets e Slides. Provavelmente já usou vários produtos SaaS hoje.

Este é outro negócio em que definitivamente precisa de ser um programador ou ter os recursos para contratar programadores para poder transformar a sua ideia em realidade.

Com os SaaS, os seus clientes podem ser tanto utilizadores finais como outros negócios. Os tipos comuns de SaaS incluem:

  • Ferramentas de gestão de clientes
  • Aplicações de email marketing
  • Serviços de armazenamento na cloud
  • Ferramentas de gestão de projetos
  • Serviços de escritório online

19. Crie um produto digital

Os produtos não têm de ser físicos e algumas das melhores ideias para negócios online de sucesso são sobre produtos digitais.

Se os seus clientes puderem simplesmente fazer o download dos seus produtos, as suas margens de lucro podem ser muito maiores do que se tiver de fabricar artigos reais.

Os produtos digitais estão entre as melhores ideias de negócios para aqueles que têm um produto valioso para partilhar e querem garantir um rendimento passivo.

Terá de colocar alguma criatividade e perícia nos seus produtos digitais mas isto é normalmente um esforço único.

Grandes exemplos de produtos digitais populares incluem:

  • Impressões de arte. Imagens que os clientes podem imprimir em casa.
  • Temas. Layouts bonitos para sites.
  • Templates. Que os clientes podem utilizar para emails, currículos ou qualquer outra coisa que precise de ser concebida.
  • Imprimíveis. Qualquer coisa desde livros de exercícios a calendários que possam ser impressos em casa.
  • Swipe files. Guias que partilham os seus conhecimentos.
  • Música de stock. Músicas que lhe permitem ganhar dinheiro com os direitos de autor.

Venda a sua personalidade 

Quando se pensa em ideias de negócios online, normalmente pensa-se em coisas para vender ou cursos online dos quais se poderia criar para gerar rendimentos passivos.

No entanto, quase ninguém pensa que pode criar um negócio online de sucesso vendendo… eles próprios.

Não, isto não são coisas para maiores de 18. Estamos a falar de se tornar num vendedor que irá vender coisas de outras pessoas ou de fazer algo como criar o seu próprio podcast.

Está pronto para vender a sua personalidade? É um negócio online altamente lucrativo.

20. Torne-se um influencer

Perfil de Instagram kylie jenner

Instagrammers e Youtubers servem como embaixadores de uma marca, promotores de conteúdos e produtos e muito mais.

Um influencer é alguém que tem influência dentro de um nicho ou de uma comunidade. Devido a isso, têm uma palavra a dizer e o poder para afetar as tendências e as decisões de compra de outras pessoas.

Um infográfico feito pela Invespcro mostra que 40% das pessoas compram produtos utilizados pelos influencers. Um espantoso 94% dos inquiridos afirmou que confia mais nos influencers do que nos seus amigos ou familiares quando efetuam uma compra.

Geralmente, os influencers podem ser divididos em quatro categorias:

  • Celebridades. Estas são pessoas no mundo dos espetáculos como modelos, atores ou músicos.
  • Especialistas da indústria. Este tipo de influencers tem uma importância ainda maior devido às suas qualificações profissionais e experiência na indústria.
  • Criadores de conteúdos. Os bloggers inserem-se nesta categoria. Quando são mais orientados para o nicho, podem sobrepor-se ao último tipo de influência.
  • Influencers de nicho. Estas pessoas são também conhecidas como micro-influencers. Estas, são as pessoas comuns que exercem influência dentro de um nicho específico devido ao seu conhecimento e perícia.

Para além dos ganhos monetários e dos bens gratuitos dos comerciantes, ser um influencer oferece a oportunidade de se conectar com a sua audiência de uma forma mais autêntica do que ao vender coisas diretamente.

21. Torne-se um YouTuber 

Jovem gravando vídeo para o Youtube

Sim, o vlogging pode parecer algo de 2005 mas é agora é uma ideia de negócio legítima.

As principais estrelas do YouTube ganham até 22 milhões de dólares por ano. Embora seja irrealista esperar que consiga chegar a esse tipo de números, milhares de pessoas ganham uma vida decente a partir da plataforma.

O segredo é encontrar um nicho que seja suficientemente específico para que o seu conteúdo tenha um tema claro mas suficientemente amplo para ter um apelo em massa a uma grande audiência.

Pode ganhar dinheiro no YouTube de várias maneiras:

  • Receitas provenientes dos anúncios que passam antes ou durante os seus vídeos
  • Subscrições para conteúdos premium
  • Vender mercadoria aos seus fãs
  • Aceitar acordos de patrocínio de empresas relacionadas
  • Recomendar outras empresas e receber uma comissão pelas vendas (marketing de afiliados)

Muitas vezes, as empresas terão um canal YouTube em adição ao seu negócio regular como um fluxo de receitas extra e como um canal de marketing.

22. Inicie um podcast

Até há relativamente pouco tempo, o podcasting não era levado muito a sério como profissão mas podcasts com apelo em massa como  o Serial e o The Joe Rogan Experience colocaram o podcasting no mapa.

Em 2021, espera-se que toda a indústria de podcasting chegue aos mil milhões de dólares.

Os modelos de rendimento são praticamente os mesmos que no YouTube mas, obviamente, é apenas um ficheiro áudio e não um vídeo.

A vantagem dos podcasts é que podem ser sobre praticamente tudo. Desde que tenha um público interessado pode falar de tudo, desde notícias e atualidades até à música, arte, televisão ou qualquer outra coisa que lhe vier à cabeça.

Por exemplo, falámos recentemente com um casal que dirige um podcast orientado para aspirantes a autores. Como dissemos, pode ser literalmente sobre tudo o que quiser.

Uma vez que existem montanhas de podcasts por aí, ajuda se tiver um foco muito específico e que muitas pessoas vão achar interessante.

Escrito por

Avatar do autor

André Quintal

Copywriter focado em trazer as melhores dicas e truques para todos os interessados em desenvolver um negócio online poderem alcançar o seu potencial. Para além da sua paixão pela escrita, André, passa o seu tempo a viajar e a descobrir novos países e culturas.

Junte-se à conversa

O seu endereço de email não será publicado. Todos os campos são necessários.