Promoção de Ano Novo: ATÉ 87 % DESCONTO

+ domínio GRÁTIS por 1 ano

A promoção acaba em:

06 :

23 :

13 :

25

O Que é Marketing de Afiliados e Como Pode Começar

o que é marketing de afiliados

Muitos de nós sonhamos em ter um rendimento passivo como principal fonte de rendimento ou como rendimento extra de confiança. Para alguns, a maneira de realizar este sonho é através do marketing de afiliados.

Quando bem feito, o marketing de afiliados oferece um fluxo de receitas que pode configurar e deixar a trabalhar. Em vez de se levantar da cama todas as manhãs para o trabalho, pode descansar tranquilo, sabendo que o dinheiro está a entrar.

Dito isto, há trabalho e planeamento estratégico a fazer quando se embarca num negócio de marketing de afiliados. Muitos mercados de afiliados populares são altamente competitivos e é preciso fazer as jogadas certas se quisermos ser bem sucedidos.

Neste guia vamos apresentar-lhe os princípios básicos do marketing de afiliados, aconselhá-lo sobre como criar o seu negócio de afiliados e equipá-lo com as ferramentas necessárias para se tornar um afiliado de sucesso.

O que é marketing de afiliados e como funciona?

O marketing de afiliados é uma forma inteligente de ganhar dinheiro online. Por vezes, é também bastante rápido.

Na sua forma mais simples, o marketing de afiliados envolve um terceiro (o afiliado) que ganha uma comissão sobre as vendas de um retalhista online ou prestador de serviços (o vendedor).

Fazem-no enviando tráfego para o site do vendedor e retirando uma parte dos lucros se os visitantes se tornarem clientes.

O que significa ‘afiliado’?

O afiliado é o proprietário de um site ou promotor que promove os produtos ou serviços de outra pessoa.

Geralmente, um afiliado não tem uma loja online própria ou qualquer inventário para vender. Em vez disso, um afiliado utiliza a sua presença online para promover as lojas e serviços de outros em troca de uma comissão.

Qualquer pessoa pode ser um afiliado:

  • Um especialista numa determinada indústria oferecendo opiniões e conselhos aos seus visitantes.
  • Um promotor experiente que sabe como conseguir colocar os anúncios certos em frente das pessoas certas.
  • Apenas alguém com uma lista de emails ou uma audiência cativa que quer rentabilizar.

Como é que um afiliado de marketing ganha dinheiro?

o que é marketing de afiliados- transação online

Os afiliados irão colocar um “link de afiliação” como parte do conteúdo do seu site ou como um botão de ação (CTA). Estes são links únicos que levam os consumidores do site afiliado até ao vendedor e mostram que este utilizador foi enviado por esse afiliado.

Os afiliados que promovem com sucesso o site do vendedor e enviam tráfego são recompensados com uma comissão. Um programa de afiliados pode oferecer diferentes modelos de comissão, por isso é importante encontrar o modelo certo para si.

1. Pagamento por clique (PPC)

O PPC oferece frequentemente aos afiliados os maiores ganhos potenciais. Neste modelo, os vendedores pagam aos afiliados cada vez que um utilizador clica num dos seus links de afiliado para visitar o site do vendedor.

Embora o preço por ação seja provavelmente inferior ao de outros modelos, caso tenho um volume elevado este modelo será mais vantajoso.

A comissão será uma quantia de dinheiro fixa.

2. Pagamento por referência (PPL)

Este modelo exige um pouco mais do afiliado. Para além de clicar num link de afiliação, o utilizador deve também realizar uma ação definida antes de o afiliado ganhar a sua comissão.

Isto normalmente significa inscrever-se numa conta com o vendedor, preencher um inquérito, enviar um formulário de contacto, subscrever uma newsletter ou fazer o download algum software.

A comissão será uma quantia de dinheiro fixa.

3. Pagamento por venda (PPS)

Os afiliados que trabalham neste modelo necessitam que os utilizadores cliquem no seu link de afiliado e façam com sucesso a compra de um produto ou serviço antes do pagamento da comissão.

Enquanto este tende a ser o modelo com o menor volume, a comissão paga tende a ser a mais elevada.

A comissão será uma quantia fixa ou uma percentagem das receitas realizadas pelo vendedor.

Os benefícios de ser um afiliado 

Mulher sentada na cama com portátil

É óbvio a razão pela qual os vendedores são favoráveis a afiliados e a que estes assumam o trabalho árduo de promover os seus produtos e serviços, mas o que é que os afiliados ganham com isto?

Existem algumas boas razões para querer entrar no marketing de afiliados. Aqui estão apenas algumas:

Retorno do investimento

Dado que tudo o que precisa para começar a fazer marketing de afiliados é um site e algum tempo livre, os requisitos para entrar em termos de custos é bastante baixo.

É verdade que o rendimento que ganha com o marketing de afiliados é baseado no desempenho, por isso é um negócio que se adequa a alguém puxa por si mesmo. O retorno do investimento pode ser realmente elevado.

Desde que esteja disposto a trabalhar para isso, a comissão que pode fazer é teoricamente ilimitada e não precisa necessariamente de investir mais dinheiro no seu negócio para o tornar mais bem sucedido.

Algumas das empresas afiliadas mais rentáveis começaram com apenas um ou dois comerciantes a trabalhar arduamente nos seus links.

Sem inventário

Outra grande característica do marketing de afiliados é o facto de poder vender um produto ou serviço sem sequer ser proprietário ou ter de o enviar para o consumidor.

Através da afiliação, pode lucrar com as vendas sem ter que fazer qualquer gestão de inventário. O vendedor é o último responsável pelo fornecimento dos produtos e serviços e tudo o que precisa fazer é fazer uma conexão.

Essa é a magia do marketing de afiliados.

Rendimento passivo

Na atual era da Internet, a galinha dos ovos de ouro que muitas pessoas perseguem é a oportunidade de ter um rendimento fiável todos os meses sem ter de trabalhar para ele todos os dias. Isto é conhecido como rendimento passivo e é algo que o marketing de afiliados oferece.

Para muitos afiliados, ganhar dinheiro é tão simples como criar um site, estabelecer ligações, certificar-se de que está a atrair tráfego e depois esquecer-se disso. Enquanto o tráfego continuar a chegar, o mesmo deverá acontecer com o rendimento passivo.

Mas eis algumas palavras sábias: mesmo que não esteja a trabalhar todos os dias, fique de olho nos seus sites.

Certifique-se de que continua a promover os produtos certos para o seu público e mantenha-se atento às suas posições SEO.

Não trata de reclamações

Uma das áreas que consumo mais tempo e dinheiro num negócio é a gestão da comunicação e reclamações com os clientes.

Quer sejam pedidos de devolução, consultas antes de uma compra ou simplesmente clientes insatisfeitos, essas chamadas telefónicas, conversas e emails desaparecem.

Com o marketing de afiliados tudo isso é tratado pelo vendedor. Mesmo que um cliente desconfiado o contacte acerca de um produto ou serviço que promove, pode apenas direcionar esse cliente para a linha de apoio ao cliente do próprio vendedor.

Trabalhe quando e onde quiser

Porque o marketing afiliado é 100% online, está totalmente livre para trabalhar em qualquer lugar e em qualquer altura que queira.

Para criar um site, tudo o que precisa é de um portátil. Porque não está a tratar do inventário ou das reclamações dos clientes, não tem de ficar num único local ou estar disponível em qualquer altura específica.

Muitos afiliados optam por viajar pelo mundo e vender produtos e serviços online para financiar as suas viagens.

O que faz com a sua liberdade depende inteiramente de si.

É escalável

Trabalhar enquanto viaja pelo mundo pode parecer interessante para alguns mas, e se quiser levar mais a sério esta coisa das vendas de afiliados?

Embora a afiliação seja relativamente fácil de começar como iniciante, em comparação com outras formas de marketing online, as oportunidades de crescimento são quase ilimitadas.

Quer comece sozinho ou com a ajuda de uma ou duas pessoas, é possível fazer crescer a sua operação de afiliação para um grande negócio.

Pode contratar programadores e copywriters ou simplesmente utilizar freelancers e por ainda menos horas de trabalho no negócio.

Aprenda para o seu próprio negócio

Muitas pessoas que se envolvem na venda de produtos afiliados decidem mais tarde que querem vender eles próprios produtos e serviços. Se decidir que se quer tornar um vendedor, pode usar o que aprendeu ao ser um afiliado para se tornar num vendedor de sucesso.

A sua experiência como afiliado irá dar-lhe conhecimentos preciosos sobre que produtos e serviços são populares, que tipo de mensagens têm uma melhor conversão e como desenhar a sua loja.

Melhor ainda, ao criar os seus próprios programas de afiliados irá saber se uma rede de afiliados tem reputação e utilizará a sua experiência para obter a melhor relação de trabalho com os afiliados que promovem os seus produtos ou serviços.

Caso de estudo: O programa de afiliados do Zyro

Programa de afiliados do Zyro

Para compreender melhor como fazer marketing de afiliados na prática, vejamos o exemplo do próprio programa de marketing de afiliados do Zyro.

O Zyro é um construtor de sites e plataformas de eCommerce que ajuda os seus utilizadores a criar sites com um aspeto atraente, totalmente funcionais e otimizados para o SEO numa questão de minutos.

Quem são os afiliados do Zyro?

O construtor do site e plataformas eCommerce Zyro é excelente para as pequenas e médias empresas.

Por este motivo, os afiliados que o programa de marketing de afiliados do Zyro atrai tendem a ter uma audiência de pessoas que são proprietárias desses negócios ou que planeiam iniciar um.

A beleza do marketing de afiliados é que não importa realmente o tipo de canal através do qual tem a sua audiência. Se puder dirigir os utilizadores através de um link, pode começar a ganhar dinheiro com as suas subscrições.

Entre outras coisas, o Zyro trabalha com afiliados de marketing que:

  • Gerem blogs empresariais onde oferecem conselhos aos proprietários das empresas
  • Têm blogs que se destinam a pessoas que querem criar um site
  • Têm um grande número de seguidores nas redes sociais em plataformas como o Facebook e o Instagram
  • Têm um canal no YouTube onde fazem vlogs sobre temas relacionados

Qual é o modelo de comissões do Zyro?

O modelo padrão para os afiliados do Zyro é baseado numa comissão sobre a subscrição. A comissão é de 60%. Esta quota de receitas é calculada a partir do custo da primeira subscrição de um utilizador com o Zyro.

Isto significa que o afiliado irá manter 60% das receitas efetuadas quando um cliente se inscreve numa subscrição Zyro. Este é um acordo relativamente generoso de partilha de receitas entre programas de afiliados.

Com essa grande parte de receitas, pode facilmente ver porque é que muitas pessoas online estão a recorrer ao marketing de afiliados para obter algum dinheiro extra.

O processo funciona da seguinte maneira:

  1. Um afiliado inscreve-se para trabalhar com o programa de afiliados do Zyro.
  2. O Zyro fornece links exclusivos ao afiliado.
  3. O afiliado adiciona os links ao seu conteúdo convidando os visitantes a clicar e inscrever-se.
  4. Quando um utilizador clica no link, o Zyro sabe que este veio de um afiliado específico.
  5. Se o utilizador se inscrever para uma subscrição paga, 60% da receita é adicionada à conta do afiliado.
  6. Quando o afiliado atinge o limite da comissão, ele recebe um pagamento via TransferWise ou PayPal.

Como se tornar um afiliado

Mulher num portátil aprendendo marketing de afiliados

Está gostando do que leu até agora sobre o que é o marketing de afiliados? Está pronto para para se jogar de cabeça nesta área e começar a vender produtos e serviços de terceiros?

Aqui estão os passos que precisa dar para se tornar um afiliado de topo:

1. Escolha o seu nicho

O primeiro passo é provavelmente o mais desafiador: determinar em que indústria e nicho vai se concentrar.

Mais tarde, neste guia, vamos partilhar algumas das principais tendências de marketing de afiliados de 2021. Mas por agora, deixe-nos oferecer-lhe alguns conselhos para escolher o foco das suas atividades de marketing.

Ao escolher o seu nicho deve:

  • Certificar-se que compreende a indústria e o nicho. Se tem experiência e conhecimento na área, melhor ainda. Se não, não se preocupe – não deixe de ler tudo o que puder.
  • Encontrar um nicho com um público suficientemente grande para que tenha sempre clientes. Pense em produtos que são populares e de alto volume.
  • Escolher um nicho sem muita concorrência. Embora seja sempre possível ter sucesso entrando tarde num mercado, quanto mais competição houver, mais trabalho terá à sua frente.
  • Ter a certeza de que é capaz de criar conteúdo valioso o suficiente sobre o assunto para que as pessoas continuem voltando. Se os visitantes apenas passam uma vez pelo seu site não será capaz de construir um negócio sustentável.

2. Escolha o seu canal de marketing

Encontre um meio de se conectar com seu público-alvo de uma maneira que seja económica, não muito demorada e que ajude-o a obter valor com o seu tráfego.

Considere canais de marketing como o seu próprio blog, sites de críticas, redes sociais, YouTube, Twitch ou qualquer outro local onde possa encontrar o seu mercado-alvo..

Ao escolher o seu canal de marketing deve:

  • Identificar um local onde o seu público-alvo seja mais provável de ser encontrado. Se as pessoas que provavelmente compram produtos em seu nicho não assistem a vídeos no YouTube, usar o YouTube como canal de marketing não é uma boa ideia.
  • Pense nos meios em que se sente mais confortável. Não é um escritor inspirador? O blog pode não ser para si.
  • Veja onde é que a sua concorrência procura o seu tráfego. Há algum canal inexplorado? Pode criar um conteúdo melhor dentro de um canal já existente? Faça o que faz sentido.

3. Construir um site

Se decidir que o canal que quer usar precisa de um site, como um blog ou site de críticas, então precisa de configurá-lo nesta fase (o Zyro pode ajudar).

No entanto, mesmo se promover através do YouTube, redes sociais ou outro canal e não usar diretamente um site para os seus esforços de marketing de afiliados, ainda pode ser útil ter um.

Todos os afiliados devem considerar a possibilidade de ter um site porque:

  • Este pode ajudar a fazer o seu negócio parecer mais legítimo e profissional. Isto torna-o mais confiável entre clientes e parceiros.
  • Pode ser encontrado por novos parceiros, partilhar os seus dados de contacto e, em geral, melhorar o alcance.
  • Pode ajudá-lo a assumir o controlo da experiência do utilizador. Canalizar o tráfego através do seu próprio site pode ajudar os clientes de topo a finalizarem uma compra.

4. Aumente o seu tráfego

Antes de poder oferecer valor aos vendedores, terá de ter tráfego para os seus próprios canais. Só depois poderá encaminhar para os seus parceiros.

Nesta fase deve colocar a maior parte da sua energia para garantir um tráfego constante. Isto pode vir através da otimização para motores de pesquisa (SEO), através do crescimento dos seus seguidores nas redes sociais ou da obtenção de links de outros sites respeitáveis.

Como o seu tráfego é efetivamente o produto que está vendendo, precisa ter certeza de que este é de alta qualidade, relevante e em grande volume.

5. Escolha os seus parceiros

Decidir com quem trabalhar é tão importante como qualquer outra etapa no processo de criação do seu negócio de afiliados.

Em muitos aspetos isso ditará o sucesso da sua operação de afiliação.

Para escolher seus primeiros parceiros, deve fazer o seguinte:

  • Identificar marcas com programas de afiliados que sejam relevantes para o seu nicho.
  • Descobrir o máximo que puder sobre os seus programas de afiliação. Que tipo de comissão está disponível? Sob que termos será pago? Certifique-se de que sabe tudo.
  • Veja que outros afiliados já estão trabalhando com as marcas. Isto irá informá-lo sobre a sua concorrência e a qualidade das marcas.
  • Verifique a experiência do utilizador com as marcas por si mesmo. Se eles não o convidarem a converter podem não ser um parceiro rentável.

6. Concorde com o seu acordo de comissão

Só porque um programa de afiliados oferece um certo acordo de comissão isso não significa que seja o único disponível.

Afiliados Savvy sabem quanto vale o seu tráfego e pedem-no. Se está planeando negociar um acordo de comissão melhor, certifique-se que:

  • Pode dizer ao vendedor quanto tráfego espera
  • Sabe de onde vem o seu tráfego geográfica e demograficamente
  • É capaz de demonstrar que há valor no seu tráfego
  • Pode justificar porque é que o seu tráfego é mais valioso do que outros afiliados.

7. Enviar tráfego

Este é o passo mais simples. Depois de tudo o resto estar preparado, basta adicionar um link de afiliação ao seu conteúdo e começar a enviar tráfego para os seus parceiros.

Pode começar a ganhar dinheiro imediatamente.

8. Otimizar

Associados de nível superior nunca estão satisfeitos com os seus rendimentos atuais. Estão sempre à procura de novas formas de aumentar o seu tráfego e as suas conversões.

Se está sério sobre entrar no marketing de afiliados, então esta é a abordagem que deve seguir.

Para começar a otimizar o seu negócio de afiliados pode:

  • Usar ferramentas de análise como o Google Analytics para entender de onde seu tráfego vem e o que os utilizadores acham interessante no seu site e como melhorar o desempenho nos motores de pesquisa.
  • Aumentar a sua presença nas redes sociais utilizando anúncios pagos ou campanhas agressivas de divulgação.
  • Negociar novos acordos com parceiros de vendas existentes com base no desempenho do seu tráfego. Quanto maior for a qualidade do seu tráfego, melhor será o acordo que vai conseguir.
  • Procurar novos vendedores com quem estabelecer parcerias. Pode experimentar dividir o seu tráfego entre vários vendedores e ver qual tem melhor desempenho. Pode então enviar mais tráfego para otimizar o valor que recebe.
  • Promover novos produtos ou serviços relacionados com o seu nicho.  Encontre o que o seu tráfego quer e dê-lhes o que estão à procura.

As maiores tendências do marketing de afiliados em 2021

Tendências num ecrã

Como em todas as formas de marketing online, o marketing de afiliados passa por tendências.

Novas técnicas de marketing, produtos, plataformas, programas de afiliação e tecnologias estão sempre a aparecer e as formas existentes de fazer as coisas rapidamente se tornam obsoletas.

Com isso em mente, compilamos uma lista das tendências mais importantes das quais os aspirantes afiliados de marketing devem estar cientes antes de começarem.

1. Os influencers são cada vez mais influentes

Há alguns anos, muitos comerciantes viam o influencer marketing influente como uma bolha prestes a rebentar. O crescimento da indústria mostra que este não vai ser o caso.

Os influencers individuais não vão enviar os mesmos volumes volumes de tráfego que os grandes afiliados estabelecidas.

Contudo, uma vez que o seu público tende a ser muito específico, o tráfego que enviam tende a ter uma maior intenção de compra sendo, por conseguinte, mais valioso.

2. Vendedores diversificados são uma aposta mais segura

Antigamente, alguns afiliados trabalhavam apenas com um ou dois vendedores e obtinham todos os seus rendimentos de apenas algumas relações.

No entanto, hoje o mercado online é mais dinâmico, mais lotado e mais competitivo. Isto significa que, confiando numa única ou em poucas fontes de rendimento, se essas empresas não conseguirem obter um bom desempenho, terá poucos rendimentos.

É muito mais sensato para os afiliados modernos diversificarem a sua oferta comercial. Trabalhe com tantos vendedores quantos fizerem sentido. Se um não conseguir cumprir as suas obrigações, terá muito em que se apoiar.

3. Existem novos serviços e produtos no jogo

Uma das melhores formas de ser um afiliado de sucesso é ser o primeira a preencher um determinado nicho. Tendo isso em mente, é importante que esteja sempre atento às últimas tendências dos vendedores e explorá-las através do marketing de afiliados.

Entre os novos mercados mais quentes do marketing de afiliados em 2021, estão coisas como:

  • eSports – AKA videojogos sobre desporto, o mercado de equipamentos de jogos, merchandising e apostas em jogos tem vindo a crescer nos últimos dois anos.
  • Aconselhamento e terapia online – cada vez mais pessoas estão a recorrer a aplicações e serviços web para cuidados de saúde mental. Acredite ou não, isso deixa a porta bem aberta para que os afiliados possam capitalizar este mercado.
  • Produtos de vaping – publicitado como uma alternativa mais saudável ao tabaco, o vaping tornou-se enorme nos últimos anos e há milhões de pessoas à procura dos melhores produtos online. É possível ganhar dinheiro conectando-os.
  • Biohacking – isto pode parecer assustador mas na realidade trata-se apenas de pessoas que utilizam produtos farmacêuticos e tecnologia para melhorar o seu desempenho físico e mental. É um negócio cada vez maior.

4. Alguns nichos estão sempre em alta

Embora encontrar um novo nicho seja ótimo, não há vergonha em confiar num mercado estabelecido.

Entre os serviços e produtos que parecem ser sempre populares entre a audiência de afiliados estão:

  • Beleza e cuidados com a pele – maquilhagem, hidratantes e cosméticos de todos os tipos não mostram sinais de se tornarem menos populares online. 
  • Viagens – conhece uma forma inteligente de ligar os consumidores a voos baratos? Isso pode fazer com que faça milhões como afiliado.
  • Namoro online – os solteiros estão sempre à procura de novas formas de conhecer pessoas e as aplicações de encontros estão sempre à procura de novos clientes.
  • Jogos e apostas – embora representem o mercado de afiliados mais competitivo, os jogos e apostas online são extremamente lucrativos.
  • Perda de peso – este é bastante simples; há sempre alguém que quer perder peso.
  • Decoração da casa – seja a pessoa que liga um cliente à almofada que ele nunca irá deitar fora.

5. Críticas de confiança

À medida que os consumidores vão adquirindo mais experiência online, querem cada vez mais informação sobre os produtos ou serviços que promove e não apenas anúncios publicitários.

É aqui que conhecer o seu nicho de mercado por dentro e por fora torna-se vantajoso.

Se é capaz de oferecer análises aprofundadas e aconselhamento ao consumidor, não só está a acrescentar valor como afiliado mas também a aumentar as suas hipóteses de fazer uma venda.

Lembre-se que escrever uma crítica convincente que é lida por 3 visitantes que se tornam clientes é melhor do que mostrar um anúncio a 100 visitantes que simplesmente o ignoram.

Perguntas frequentes sobre marketing de afiliados

Pés junto a um portátil em casa

Como é que se torna um afiliado de marketing?

Com um site e vontade de ter sucesso, pode começar hoje mesmo como um afiliado de marketing. 

Neste guia já abordamos os passos para responder às perguntas “o que é marketing de afiliados” e “como se tornar um afiliado de marketing” mas aqui está um breve resumo para lembrar.

O marketing de afiliados é uma forma de marketing online onde você (o afiliado) pode ganhar dinheiro (comissão) com a venda de produtos ou serviços de um retalhista (o vendedor). Para o fazer, precisa de:

  1. Escolher o seu nicho
  2. Escolha o seu canal de marketing
  3. Aumentar o seu tráfego
  4. Escolher os seus parceiros
  5. Concordar com o seu acordo de comissões
  6. Enviar tráfego
  7. Otimizar

Quanto dinheiro pode ganhar como afiliado de marketing?

Infelizmente, esta é uma pergunta quase impossível de responder aqui pois a resposta depende muito da indústria em que trabalha, da dimensão da sua operação de afiliação e dos negócios que consegue finalizar com os seus parceiros vendedores.

Basta dizer que um afiliado de sucesso moderado, trabalhando por conta própria, pode esperar ganhar o suficiente para se sustentar confortavelmente.

De uma forma geral, o potencial de ganhos de um negócio de afiliados cresce de acordo com a dimensão da operação. Dito isto, sabe-se que os comerciantes individual são conhecidos por se tornarem afiliados milionários.

Qual é o melhor programa de afiliados?

Como existem milhares de programas de afiliados diferentes para diferentes empresas, indústrias e nichos, não há uma resposta sobre qual é o melhor programa.

Ao procurar um programa para trabalhar, deve simplesmente procurando sinais de que este se adapta às suas necessidades e que será rentável.

1. Relevante para o seu nicho

A primeira coisa que precisa procurar é um programa de afiliados que se adapta ao seu tráfego.

Se se inscrever num programa com um foco totalmente diferente do seu nicho, não importa quantos utilizadores envie. Não vai ganhar dinheiro.

Ao fazer a pesquisa, procure marcas, empresas e programas que tenham um foco semelhante ao seu conteúdo, onde os seus visitantes irão encontrar o que procuram.

2. Modelo de comissão generoso e justo

Lembre-se, os seus rendimentos dependem do valor da comissão que recebe num programa.

Não só um acordo generoso de comissão significa que vai receber mais dinheiro, mas também indica que um vendedor ou programa é geralmente um parceiro justo.

3. Taxa de conversão decente

Embora seja bom ter uma taxa de comissão elevada, a não ser que também tenha uma taxa de conversão elevada isto não serve de muito.

Não terá uma ideia adequada da taxa de conversão de um programa de afiliados até começar a trabalhar com este.

No entanto, pode verificar a experiência do utilizador do site do vendedor antes de se inscrever para ver como estes encorajam os utilizadores a se inscrever e a pagar.

4. Boas críticas

É provável que não seja o primeiro afiliado a aderir a um programa de afiliados. Aprenda com as experiências dos outros procurando críticas  sobre o programa antes de se inscrever.

Há muitos lugares online onde os afiliados oferecem críticas sobre os programas e pode também contatar pessoas que já estão promovendo o site do vendedor para obter um feedback individual.

Que produtos ou serviços pode vender através do marketing de afiliados?

Teoricamente, tudo o que pode ser vendido na internet pode ser vendido com a ajuda do marketing de afiliados. À medida que os consumidores fazem mais pesquisas online antes de tomarem decisões de compra, os afiliados podem intervir para orientar as suas escolhas.

Dito isto, há algumas indústrias onde este estilo de marketing tem um melhor desempenho, há também tendências no que é popular no marketing de afiliados e há certas indústrias com ecossistemas de afiliados mais estabelecidos do que outras.

Em 2021, alguns dos nichos de afiliados mais populares e rentáveis incluem:

  • Beleza e cuidados com a pele
  • eSports
  • Aconselhamento e terapia online
  • Produtos de vaping
  • Biohacking 
  • Viagens
  • Namoro online
  • Jogos e apostas
  • Perda de peso
  • Decoração do lar

O que são redes de afiliados?

Outro elemento do marketing de afiliados que poderá deparar-se são as redes de afiliados.

Estas são únicas na medida em que não atuam como vendedor nem como afiliado mas sim como intermediário que liga os dois.

  • As redes de afiliados vão chegar aos vendedores, negociar acordos de comissões e criar uma conta de afiliado. Irão então contactar o afiliado, fornecer-lhe as ligações de afiliado e irão receber uma parte da comissão.
  • Os afiliados podem optar por trabalhar com uma rede de afiliados porque é necessário muito trabalho para encontrar os vendedores relevantes para enviar o seu tráfego. Podem também obter um melhor negócio de comissões do que se estivessem sozinhos.
  • Os afiliados trabalham com redes de afiliados uma vez que estes tendem a conseguir atrair maiores volumes de tráfego, têm fontes de tráfego variadas e tornam mais simples o pagamento de comissões a múltiplos afiliados.

Se está apenas começar no marketing de afiliados, trabalhar com uma rede de afiliados pode ajudá-lo com algumas das partes mais complicadas do trabalho.

Quais são os riscos de se tornar um afiliado?

Embora não tenha de manter o seu próprio inventário e diversificar as suas receitas, existem ainda alguns riscos e inconvenientes no marketing de afiliados.

Para ter a certeza que está pronto para ser parceiro com as melhores empresas tenha em conta os seguintes riscos:

1. Falta de tráfego

O valor de um negócio afiliado advém do seu sucesso em conduzir o tráfego para as lojas online dos seus parceiros ou sites de serviços. Sem tráfego no seu site não poderá promover nenhuma venda ou ter nenhuma receita.

Claramente, existem soluções para esta questão. Tem de ter um plano claro de como vai conseguir que os utilizadores visitem o seu site. Isto pode incluir uma estratégia SEO eficaz ou simplesmente uma extensa campanha de marketing.

2. Baixa taxa de conversão

Pode ser o melhor a conduzir tráfego para os sites que está a promover e não fazer qualquer comissão se esse tráfego não estiver a converter-se em clientes ou utilizadores pagos.

Isto significa que o tráfego que está a enviar não é relevante para o produto ou serviço ou que o site para o qual o está a enviar não é suficientemente atrativo para promover conversões.

De qualquer forma, será melhor mudar de parceiro ou certificar-se de que trabalha com um modelo de comissão paga por clique.

3. Links de afiliados inativos

Sabe que está a receber toneladas de tráfego no seu site mas  ninguém está a clicar nos seus links de afiliado?

Há uma boa hipótese do seu link de afiliado estar inativo, seja por um erro da sua parte ou no programa de afiliados com o qual está trabalhando.

Mesmo que trate o marketing de afiliados como um rendimento passivo, é aconselhável verificar sempre se os seus links estão a funcionar. Se não estiverem, corre o risco de enviar tráfego gratuito para os parceiros ou de ter erros 404 no seu site, o que irá prejudicar o seu SEO.

4. Parceiros desonestos

Como em todos os estilos de vida, no marketing de afiliados, por vezes também depara-se com pessoas desonestas.

Este pode ser um retalhista que não paga o montante certo de comissão ou um prestador de serviços que não comunica todas as conversões ou vendas de afiliados que fornece.

Em certa medida isto é inevitável mas é aconselhável estar atento a todas as suas métricas para ver se há alguma anormalidade. Conheça bem o seu tráfego para que possa detetar quando algo parecer errado.

5. Concorrência feroz

Se acha que rendimentos passivos soa bem, não se surpreenderá que muitas outras pessoas tenham considerem o marketing de afiliados uma forma atrativa de ganhar dinheiro.

Seja realista quanto ao tipo de concorrência que enfrenta e tente o melhor que puder para encontrar um nicho de mercado não explorado. Quanto mais exclusiva e de maior qualidade for a sua oferta, melhor será a sua capacidade de se afastar da concorrência.

6. Marketing dispendioso

Agora sabe como começar a fazer marketing de afiliação mas  pode ainda não ter percebido que existem alguns custos de inicialização que não podem ser evitados se quiser ser bem sucedido.

Um grande desperdício de recursos financeiros e de tempo pode ser o seu próprio esforço de marketing. Se quiser posicionar-se bem nos motores de pesquisa ou mostrar os seus anúncios no Google e nas redes sociais, há um custo associado.

Tenha muito cuidado para se certificar de que o seu tráfego traz sempre mais comissão do que o que lhe custa e só gasta aquilo que pode no marketing.

Escrito por

Avatar do autor

carlosquintal

Junte-se à conversa

O seu endereço de email não será publicado. Todos os campos são necessários.